Portal Expressiva

EVENTOS

Blogs e sites Parceiros

Lançada campanha de[...]

Previsão do Tempo - Epagri/Ciram

Lançada campanha de conscientização sobre lei que proíbe o consumo de bebidas alcoólicas nas ruas

  • 19-10-2018
  • Foi realizado nesta quinta-feira, 18/10, às 14 horas, na ACIL, o lançamento da campanha “Não consuma bebidas alcoólicas nas ruas”, promovido pelo Núcleo de Eventos. A campanha tem o objetivo de conscientizar a população sobre a Lei nº 4080/2015, que proíbe o consumo de bebidas alcoólicas em vias públicas. Estiveram presentes ao lançamento o vereador Lucas Neves; o 2º Tenente Valdir Cristóvão de Oliveira, representando o Tenente Coronel Alfredo Nogueira; Silviane Manrich, representando a deputada Carmen Zanotto; e o deputado eleito Marcius Machado, que foi o autor da lei.

    O coordenador do núcleo, Roberto Willemann, explicou que a grande de jovens que ficam em frente aos bares bebendo preocupa muito os empresários do setor. “Essa cultura de beber em frente aos bares causa muitos transtornos como a perturbação do sossego das pessoas que moram próximo devido a música alta, o acúmulo de lixo, o cheiro de urina. O consumo de álcool também pode levar as pessoas a terem um comportamento agressivo, um exemplo disso foi o que ocorreu com os sócios da casa noturna Zafira”, falou ele. “Além de conscientizar as pessoas sobre os transtornos e perigos, queremos que os jovens sintam-se a vontade para frequentar os nossos bares e para incentivá-los estamos lançando junto com a campanha uma promoção de 20% de desconto em produtos pré-determinados, em todos os bares que participam do núcleo”, completou Larissa Sandri, vice coordenadora do núcleo.

    O autor da lei, Marcius Machado, explicou que ela surgiu a partir de reuniões dos Conselhos de Segurança Comunitária (Conseg’s), onde pediram que fosse feita uma lei para proibir o consumo de bebidas alcoólicas nas ruas pelos mesmos motivos apresentados pelo núcleo. O Tenente Cristóvão informou que a polícia militar iniciará nesta sexta-feira (20) a Operação Silêncio que tem o objetivo de fiscalizar o cumprimento desta lei. O vereador Lucas Neves destacou a importância de equilibrar os interesses dos empresários que empregam tantas famílias, do poder público que arrecada com isso e da vizinhança dos estabelecimentos.

    A campanha que recebeu total apoio dos presentes, será divulgada por meio das redes sociais, meios de comunicação e através de folders e cartazes. “Precisamos do apoio da sociedade nesta ação, para conseguirmos alcançar esse apoio precisamos da ajuda de todos vocês na divulgação. Acreditamos que com a divulgação massiva possamos alcançar resultados bastante positivos”, finalizou Willemann. 

    Sheila Rosa

  • Comentários
  • Seminário discutiu a cadeia produtiva da ovinocultura em Palmeira

  • 19-10-2018
  • Valorizar e melhorar a cadeia produtiva da ovinocultura, oferecer aos criadores oportunidades de renda na propriedade e estimular a permanência do homem no campo. São alguns dos objetivos do 2° Seminário Intermunicipal de Ovinocultura de Palmeira, que aconteceu na manhã desta quinta-feira (18), no Parque de Exposições do município.

    Organizado pela Epagri em parceria com a Associação de Criadores de Ovinos de Palmeira – Acop e prefeitura, o evento mobilizou criadores e pessoas com atividade ligada a agropecuária. Palestras, trocas de informações e uma mesa redonda composta por técnicos e criadores contribuiu para os debates do seminário que terminou com almoço de confraternização com arroz carreteiro e carne de cordeiro.

    O que enfatizou a prefeita Fernanda Córdova é a importância das parcerias entre os produtores e o poder público. “Aqui os produtores não ficam esperando só pelo poder público, mas tem atitude e buscam melhorar a renda na propriedade. A prefeitura dá todo amparo possível nesta parceria e estamos nos tornando referência também na criação de ovinos de qualidade”, admitiu Fernanda Córdova.

    O gerente regional da Epagri Olmar Neuwald elogiou o apoio da prefeita Fernanda Córdova ao projeto da ovinocultura e disse que a carne de cordeiro é um produto nobre e tem mercado totalmente aberto. “A coisa mais segura para a Epagri dizer hoje aos produtores é vender ovinos. Esse mercado é garantido”, afirmou.

    A primeira palestra foi do engenheiro agrônomo da Epagri Clayrton da Silveira, que falou sobre os Desafios do Projeto de Ovinocultura de Palmeira. Depois foi a vez do presidente da Acop, Elmison Ramos que abordou sobre as atividades da associação. Aldo Martins Neto, falou sobre Turismo e Mercado para Criação de Ovinos, discorrendo sobre experiências da família que tem criação de ovinos na Coxilha Rica.

    Para fechar as palestras, a assessora de turismo da Amures Ana Vieira abordou sobre Turismo de Eventos Alinhados à Ovinocultura. Antes do almoço foi feito convite ao público para jantar a base de carne de cordeiro dia 17 de novembro na fazenda dos Lourenços e Sítio da Vô Noêmia, que será promovido pela Acop.

    Outro evento agendado em Palmeira é o 2° Festival de Carnes será realizado dia 9 de dezembro, com destaque para os pratos à base de cordeiro. Estas ações em parceria entre criadores, Epagri e prefeitura é que tem projetado o município como o mais organizado na Serra Catarinense para produção de cordeiros voltado à agregação de valor da cadeia produtiva.


    Oneris Lopes 

  • Comentários
  • Mulheres realizam mobilização para cobrar aprovação da Lei de Carmen Zanotto contra o câncer

  • 19-10-2018
  • A deputada federal Carmen Zanotto (PPS-SC) participou da mobilização promovida por mulheres sobreviventes do câncer de mama que lutam pela aprovação do projeto (PL 275/2015), de sua autoria, que determina o prazo de 30 dias para a realização de exames para diagnóstico do câncer no SUS.

    O evento  que aconteceu ontem no Salão Verde da Câmara dos Deputados, foi promovido pela Associação de Mulheres Mastectomizadas de Brasília (Recomeçar) e contou com o apoio da Frente Parlamentar de Prevenção, Diagnóstico e Tratamento do Câncer, que é presidida por Carmen.

    “Vamos aproveitar a Campanha do Outubro Rosa para aprovar este projeto, que é muito importante para o diagnóstico do câncer. Esta é uma luta da Frente e das entidades de apoio aos pacientes. É preciso estabelecer um prazo de no máximo de 30 dias para que os pacientes que tenham suspeita possam fazer os exames que detectam a doença”, disse a parlamentar.

    Para Joana Jeker, presidente da Recomeçar, a aprovação da iniciativa de Carmen Zanotto é fundamental para reduzir a mortalidade no Brasil. “É importante que os parlamentares se sensibilizem por esta pauta que salva vidas”, afirmou.

    A proposta já foi aprovada pela Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara e no momento aguarda parecer da deputada Keiko Ota (PSB-SP), na Comissão de Finanças e Tributação, junto com outros projetos que tratam sobre o mesmo tema.

    Na próxima terça-feira (23), Carmen Zanotto vai pedir ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que o projeto dos “30 Dias” seja separado dos demais e levado rapidamente à apreciação do plenário.

    Fotos: Cleia Viana/Câmara do Deputados

  • Comentários
  • Livro Você é meu farol será lançado neste sábado, no Sesc

  • 19-10-2018
  • A segunda obra escrita por Érico Lang será apresentada ao público neste sábado (20) em evento no teatro do Serviço Social do Comércio (Sesc), às 19h, com entrada franca. O romance “Você é meu farol” conta uma história de erros e recomeço.  Uma das personagens foi inspirada num caso julgado no Fórum Nereu Ramos, onde Érico atua como estagiário. A outra, a principal, faz reverência a autora de uma música que tem como nome o mesmo título do livro.

    Estudante do curo de Direito, Érico já trouxe um tema jurídico na sua primeira obra. Em “ Me espera” abordou a questão da adoção de uma criança. Nesta segunda fala de uma jovem que deixou de ter atenção da família e amigos depois de cometer  alguns erros. Levada para uma ilha onde a família tem uma casa, ela encontra um rapaz e redescobre o valor da amizade e confiança. Ele é um fugitivo da justiça.

    O jovem escritor faz parte da Associação Lageana de Escritores. Ele tem muita facilidade na criação de suas obras. “ Levei um mês para desenvolver a ideia e uma semana para escrever o livro”, destaca. Ele reúne duas paixões em seu trabalho: a escrita e o direto.  

  • Comentários
  • Escolinha da PM ensina futuros cidadãos para o trânsito

  • 11-10-2018
  • Ensinar para as crianças desde cedo as regras do trânsito é uma questão de cidadania e segurança. O pequeno Victor Rafael Lima, de 10 anos, sabe bem as regras para pedestres e, no futuro, acredita que será um motorista bem consciente. “É só ficar atento à sinalização, respeitar os limites de velocidade. Os pedestres devem sempre atravessar na faixa”, explica.

    Essas informações Victor aprendeu junto com outros 25 estudantes do quarto ano da Escola de Educação Básica Zulmira Auta da Silva na Escolinha de Trânsito do 6º Batalhão de Polícia Militar, em Lages, reativada recentemente. A ideia é trabalhar a educação das crianças para o trânsito de maneira lúdica.

    A escolinha se tornou realidade por meio de um projeto apresentado pelo 6º BPM ao Fundo da Infância e Adolescência (FIA) na cidade. O chefe do setor de trânsito, sargento Jhonatan Branco, conta que com a verba recebida foi possível montar uma pista móvel com cones, placas de sinalização e carrinhos. Além disso, o comandante da 2ª Região, tenente-coronel Moacir Gomes Ribeiro, intermediou com uma empresa de Brusque a doação de cinco carrinhos que serão utilizados na simulação de uma via urbana.

    A partir de agora, uma vez por semana, crianças com idade entre 10 e 11 anos, de escolas públicas e particulares de Lages, terão a oportunidade de passar uma tarde no batalhão aprendendo como devem se comportar no trânsito. O comandante do 6º BPM, tenente-coronel Alfredo Nogueira, destaca que a questões relacionadas ao trânsito devem ser trabalhadas com as crianças desde pequenas.

    “A Polícia Militar desempenha inúmeras atividades de prevenção com crianças e adolescentes. A Escolinha de Trânsito será o primeiro contato desses alunos com a PM. No ano que vem, quando estiverem no 5º ano, eles vão participar do Proerd e a interação com os policiais será mais natural”.

    Entre os países com maior número de mortes por acidentes de trânsito

    Dados do Ministério da Saúde mostram que o trânsito é a principal causa de óbitos de crianças por acidentes, no Brasil. A maioria, 38%, morre vítima de atropelamento. O país ocupa o 5º lugar no ranking mundial de mortes por acidentes de trânsito da Organização Mundial de Saúde.

    Por Catarinas Comunicação texto e fotos

  • Comentários
  • Fecam e associações de municípios padronizarão a Lei de Acesso à Informação

  • 18-10-2018
  • Seguindo recomendações do Ministério Público – MPSC, a Federação Catarinense de Municípios – Fecam e as Associações de Municípios iniciaram na terça-feira (16) desta semana, um trabalho que resultará na padronização dos portais dos municípios. Tendo por base a Lei de Acesso à Informação (Lei n. 12.527/2011), o MP produziu um check list com 62 itens a serem uniformizados.

    A reunião de planejamento em Florianópolis se estendeu até esta quarta-feira e a ideia é apresentar um modelo de Portal de Acesso à Informação respeitando as características dos municípios. A proposta foi debatida pelo grupo de Transparência da Fecam, formado por colaboradores das associações de municípios e equipe interna da federação de municípios.

    Após vencida esta etapa, a Fecam levará ao Ministério Público, a proposta padrão de cumprimento das normas estabelecidas na Lei. Da Amures participaram da reunião nesses dois dias, o assessor de informática Anderson Bendik do Amarante e o assessor de Movimento Econômico Adilsom Branco.

    Na terça-feira a pauta da reunião foi sobre a Lei de Acesso à Informação – LAI, abordando assuntos diversos como as publicações. Nesta quarta-feira foi tratado sobre a composição de diretoria do Colegiado de Tecnologia e Inovação, novidades sobre os Portais, e-mails e o designer do novo portal de turismo.  

    Capacitações aos gestores de portais

    A adequação às normas do Ministério Público levará os gestores de portais dos municípios a participar de capacitações. Cinco ações já estão previstas para outubro. A primeira aconteceu na região da Associação dos Municípios do Nordeste de Santa Catarina – AMUNESC, na segunda-feira (15).

    Na sequência é a vez dos Municípios da Região da Grande Florianópolis – GRANFPOLIS receber a capacitação, nesta quinta-feira (18). A Associação dos Municípios da Região Serrana – AMURES realiza a capacitação no dia 29, no auditório da Amures.

    Em seguida será a vez da região sul, a Associação dos Municípios da Região de Laguna – AMUREL, no dia 30 e fechando os treinamentos a Associação dos Municípios do Extremo Sul de Santa Catarina – AMESC, dia 31.

    As capacitações ocorrerão das 9h às 17h30 e abordarão os serviços de Portal Municipal, novo Portal de Turismo Municipal, portal e-Sic (Lei de Acesso a Informação - LAI) e gerenciador de E-mails.


    Oneris Lopes 

  • Comentários
  • Ministro entrega a Bom Retiro o Selo Prodetur + Turismo

  • 18-10-2018
  • Depois de Urupema e Lages receberem o Selo Prodetur + Turismo, Bom Retiro confirmou nesta terça-feira (17), o documento que passou por análise prévia do Ministério do Turismo e credenciou o município como prioritário de tramitação junto aos bancos contratados para operações de crédito voltadas ao fomento do turismo.

    Para tanto, o prefeito Vilmar Neckel foi a Brasília especialmente para receber das mãos do ministro do Turismo Vinicius Lummertz, o documento que representa uma conquista para o desenvolvimento do turismo de Bom Retiro.

    O encontro no gabinete do ministro, foi prestigiado também pelo prefeito de Correia Pinto Celso Rogério Alves Ribeiro e o deputado federal Edinho Benz. O engenheiro de Correia Pinto Edézio Alves Júlio acompanhou os prefeitos.

    O Selo Prodetur + Turismo é o passaporte para o município acessar o Fundo Geral do Turismo – Fungetur, que este ano promoveu investidos R$ 38 milhões e para 2019, tem previstos R$ 166 milhões para custeio à pequenos e médios empresários do setor. Lummertz disse aos prefeitos que, o setor turístico está ávido por investimento e não há mais como falar em desenvolvimento econômico e social sem passar pela indústria do turismo e demais segmentos do mercado de viagens.

    Para o prefeito Vilmar Neckel, o Selo Prodetur + Turismo representa um marco no desenvolvimento da atividade em Bom Retiro. “Acabamos de mapear e georreferenciar todos os atrativos turísticos numa parceria com a Amures. Ganhamos um bloco inteiro de divulgação em âmbito internacional da Rede Globo, através do Globo Repórter. Estamos com a sinalização turística sendo implantada e agora a consagração com este documento que abre as portas para possíveis investimentos públicos e privados”, comemorou o prefeito.

    Ele agradeceu ao ministro e a equipe que analisou de forma criteriosa a documentação que resultou no cadastro de Bom Retiro para obter o Selo. Vilmar Neckel reiterou que o Selo, atesta que o Plano de Turismo do município está de acordo com as diretrizes da política nacional de Turismo e com os critérios do Prodetur, o que em outras palavras significa que, o poder público está fazendo os deveres de casa no tocante ao turismo. 

    Prefeitos “garimpam” recursos em Brasília 

    Nove dos 18 prefeitos da Amures estão em Brasília na terça-feira e quarta-feira (17), percorrendo gabinetes de deputados federais, de senadores e ministérios tentando carimbar recursos para o próximo ano. A deliberação para a viagem em grupo, saiu da última assembleia dos prefeitos em setembro. Os prefeitos que não puderam acompanhar a viagem mandaram pelos demais, propostas e projetos para ser protocoladas nas repartições federais.

    A mobilização é liderada pelo presidente da Amures, prefeito de Urubici Antônio Zilli e conta com a presença dos prefeitos de Bocaina do Sul Luiz Carlos Schmuler, Bom Jardim da Serra Serginho Rodrigues de Oliveira, Bom Retiro Vilmar Neckel, Campo Belo do Sul José Tadeu de Oliveira, Correia Pinto Celso Rogério Ribeiro, Palmeira Fernanda Cordova e Rio Rufino Thiago Costa. Integram a comitiva o secretário executivo da Amures Selênio Sartori, o assessor de Projetos e Convênios da Amures Sérgio Gomes, Orli Mosselin, da Câmara de Vereadores de Campo Belo do Sul e o engenheiro de Correia Pinto, Edézio Alves Julio.

    Apesar de permanecer apenas dois dias em Brasília, os prefeitos tentarão protocolar o máximo possível de propostas às emendas parlamentares. É que o prazo para deputados e senadores apresentarem emendas à proposta orçamentária de 2019 encerra dia 20 de outubro.

    Cada parlamentar pode propor até R$ 15,4 milhões em emendas individuais. Metade da dotação é direcionada, obrigatoriamente, para ações e serviços públicos de saúde, por força da Constituição. As emendas individuais são impositivas, ou seja, o governo é obrigado a executá-las. Elas são destinadas, em geral, para as demandas como as que estão sendo apresentadas pelos prefeitos da Amures. 


    Oneris Lopes 

  • Comentários
  • Lombadas físicas implantadas na avenida Santa Catarina

  • 18-10-2018
  • Nesta semana, duas lombadas físicas foram implantadas sobre as pistas de rolamento da avenida Santa Catarina, pela Secretaria de Planejamento e Obras. Para a construção de cada uma delas foram utilizadas 10 toneladas de massa asfáltica, ou seja, uma carga de caminhão, praticamente, no total.

    Placas indicativas sinalizam a existência das novas lombadas, desde a 50 metros de distância. Além disso, faixas amarelas, reflexivas, pintadas sobre estes dispositivos, facilitam a visualização, por parte dos motoristas.

    “Neste ponto da avenida, registra-se grande movimentação de veículos, não sendo expressiva a passagem de pedestres pelo local. Desta forma, a escolha foi pelas lombadas, em vez de travessias elevadas”, explica o engenheiro Franco Mendes.

    Franco disse que devido a não renovação do contrato de funcionamento das lombadas eletrônicas, que provavelmente ocorrerá somente em 2019, a alternativa para conter a velocidade dos veículos automotores, de acordo com os padrões urbanos, são as lombadas e travessias elevadas.

    Fotos: Marcelo Pakinha

  • Comentários