Portal Expressiva

EVENTOS

Blogs e sites Parceiros

Serra Catarinense será[...]

Boletim previsão do tempo para[...]

Fonte natural de proteínas a carne da truta torna-se essencial ao consumo

  • 30-01-2017
  • A partir do momento em que a carne da truta passou a ser processada industrialmente, em fábrica instalada em Lages, na Serra Catarinense, em julho de 2015, o comportamento de quem gosta de peixe de água doce começou a mudar. A observação não ocorre somente na Serra Catarinense, mas nos três estados do Sul, e na capital paulista onde o produto está se disseminando cada vez mais. Há inclusive, a perspectiva da exportação. Notoriamente, a qualidade apresentada pela Belo Peixes, é o que tem atraído atenção dos grandes centros comerciais, mas, principalmente, a importante descoberta pelos consumidores que, ao aderirem à carne da truta, não encontraram somente mais um alimento, e sim, grandes benefícios à saúde. A carne do peixe contém uma verdadeira fonte natural de proteínas, vitaminas, sais minerais e ácidos graxos, entre eles, o ômega-3.

    Enquanto o consumo e a abertura de novos mercados compradores só aumentam, a preocupação é manter a produção em alta, e avançar no campo da matéria-prima, concentrada prioritariamente na Região Serrana, especialmente em Lages, Urubici, Bocaina do Sul, e Painel. No entanto, a estatística produtiva está igualmente em crescimento junto aos membros da Associação Catarinense dos Criadores de Truta (Acatruta). Nessa mesma escalada, há também, a proposta de contar com a adesão de produtores da Agricultura Familiar, a partir de estímulo da Secretaria Municipal da Agricultura e da Pesca, de Lages. Um esforço que poderá levar à mesa das crianças através da merenda escolar, a polpa industrializada da truta, enriquecendo ainda mais a lista dos alimentos.

    O aumento do consumo tem acontecido naturalmente, conforme explica o presidente da Acatruta, Vilso Isidoro, que é também o proprietário da indústria Belo Peixes. Isso ocorre também pelo conceito do produto a partir da qualidade na produção. O diferencial está na forma em que tem chegado ao mercado, ou seja, em filés sem peles e congelados a vácuo, e principalmente, dentro dos padrões exigidos de certificação. “A rigidez no controle da qualidade é o que torna o produto atraente aos olhos dos comerciantes, e obviamente, também de parte dos consumidores”, ressalta Isidoro.

     

     

    Assessoria de Imprensa

  • Comentários
  • Presidente da Amures integra o Conselho Fiscal da Fecam

  • 28-01-2017
  • Vários prefeitos da Serra Catarinense acompanharam na tarde desta sexta-feira (27), no auditório da Associação de Municípios da Grande Florianópolis – Granfpolis, a eleição da nova diretoria da Federação Catarinense de Municípios – Fecam. A prefeita reeleita de São José, Adeliana Dal Pont, do PSD, foi conduzida ao cargo de presidente e terá como 1º vice, o prefeito de Itajaí Volnei Morastoni e 2° vice-presidente, a prefeita reeleita de São Cristóvão do Sul, Sisi Blind.

    O presidente da Amures, prefeito de Rio Rufino Thiago Costa representou os prefeitos ausentes da Serra Catarinense e observou o movimento municipalista tem de estar fortalecido para os pleitos tanto na esfera federal quanto estadual. “A Fecam e as suas afiliadas, as associações de municípios são elos que representam os anseios da população. Por isso temos de estar unidos e articulados”, declarou Thiago Costa.

    Eleito para o Conselho Fiscal da Fecam, Thiago Costa defendeu à princípio a recondução da prefeita Sisi Blind, mas como é respeitado um rodizio entre partidos, o PSD acabou beneficiado pelo cargo da presidência. A posse aconteceu na sequência da eleição. O novo Conselho Executivo da Fecam, tem ainda, o prefeito de Caçador, Saulo Sperotto, como 3º vice-presidente, o prefeito reeleito de Rodeio, Paulo Roberto Weiss, como 1º secretário e o prefeito de Itapoá, Marlon Roberto Neuber, como 2º secretário.

    Além do presidente da Amures, prestigiaram a solenidade os prefeitos de Urubici Antônio Zili, de Anita Garibaldi João Sidinei da Silva, de Ponte Alta Luiz Paulo Farias, de Otacílio Costa Luiz Carlos Xavier, de Urupema Evandro Frigo, de Bom Jardim da Serra Pedro Ostetto e de Capão Alto Tito Freitas.

  • Comentários
  • Vida nova no Tanque

  • 28-01-2017
  • Um dos principais pontos turísticos da cidade, o Parque Jonas Ramos, recebeu na manhã desta sexta-feira (27), mais de 250 carpas, das espécies húngara, capim, pintada e cabeçuda. Considerado um peixe filtrador, os peixes vão ajudar no trabalho de limpeza e clareamento da água. 

    De acordo com o diretor de Pesca da Secretaria de Agricultura, Nelson Beretta, a falta desses alevinos contribui para o acúmulo do plancton, um alimento natural dos peixes e que causa a coloração “esverdeada” da água. 

    “Fazer o processo de esgotamento e limpeza do Tanque Jonas Ramos seria moroso e implicaria na perda de muitos peixes ornamentais. Por isso acatamos a sugestão de biólogos da Secretaria da Agricultura para fazer o povoamento de algumas espécies de carpas, que resultarão no clareamento da água”, explica o secretário interino de Meio Ambiente, Euclides Mecabô.

  • Comentários
  • Surge mais uma dívida que ficou fora do balanço da transição

  • 28-01-2017
  • O Secretário de Administração e Finanças, Antônio Arruda foi surpreendido na manhã desta sexta-feira (27) ao tomar conhecimento de nova dívida, e que não constava no relatório de transição, no valor de R$ 264 mil. A informação foi repassada pelo próprio credor. Trata-se de um Termo Administrativo de Desapropriação Amigável, de um terreno localizado no bairro da Penha, assinado pelo então prefeito Elizeu Mattos, em setembro de 2016. O imóvel tem como finalidade, a construção de um Centro de Educação Infantil Municipal (CEIM), contemplando o loteamento Nadir.

    Conforme o Secretário, desta vez, não se trata da falta de pagamento. O preço total ajustado no Termo foi de R$ 316 mil, a serem pagos em 25 parcelas, sendo 24 delas de R$ 13 mil, e a última, no valor de R$ 4 mil, com vencimento no dia 20 de cada mês. Os primeiros quatro depósitos, devidamente empenhados, foram pagos no ano que passou. O problema mesmo foi a não constatação dessa dívida no período de transição,e que deveria ter sido notificada à nova gestão. Diante disso, houve atraso na parcela deste mês de janeiro. No entanto, em conversação com o credor ficou ajustado o pagamento com pequeno atraso nos próximos dias. A providência se dá também com a emissão de empenho de 12 parcelas para o corrente ano. “Todos os dias surgem casos assim. Seria tudo mais fácil se tivéssemos os dados concretos de todo o balanço da dívida”, ponderou Arruda.

  • Comentários
  • Previsão do Tempo

  • 28-01-2017
  • Domingo (29/01): Tempo: sol na maior parte do Estado com chuva no decorrer do dia. O Litoral Norte e Planalto Norte fica mais fechado e com chuva ao longo do dia. Temperatura: em elevação. Vento: nordeste, fraco a moderado com rajadas no Litoral. Sistema: sistema de baixa pressão no oceano, favorecendo a entrada de umidade no Litoral e Norte do Estado.

    Segunda, terça e quarta-feira (30 e 31/01 e 01/02): Tempo: sol entre nuvens em SC, com pancadas de chuva a qualquer hora do dia na maioria das regiões. Risco de temporal isolado. Temperatura: elevada. Vento: nordeste a leste, fraco a moderado. 

    TENDÊNCIA de 03 a 12/02 de 2017

    Fevereiro começa quente e com condições favoráveis à pancadas de chuva no período da tarde e noite, com maior fluxo de umidade do norte do Brasil direcionado a SC. Especialmente em torno do dia 03 e 07/02, pancadas de chuva mais generalizadas em todas as regiões, devido à passagem de frentes frias.

     

    Marcelo Martins – Meteorologista

  • Comentários
  • Patinar é um ótimo exercício para o corpo, causa sensação de bem estar e liberdade

  • 28-01-2017
  • Para quem pensa que essa atividade é só brincadeira de criança, se engana. A patinação vem conquistando e reconquistando cada vez mais adultos. Famílias inteiras se divertem ao deslizar sobre as rodinhas que causam uma enorme sensação de bem estar e liberdade, além de proporcionar inúmeros benefícios à saúde.
     
    Uma hora patinando com intensidade é possível queimar até 600 calorias. Assim como a corrida, andar de patins dá mais força aos músculos dos membros inferiores e ainda causa menos impacto. A atividade trabalha bem o abdome e os glúteos e, por isso, tem virado febre.
     
    Febre em Lages
     
    Em Lages, pelos menos 130 pessoas fazem parte do Rolers Lages. Grupo que se organizou para patinar pela cidade e a cada dia conquista novos adeptos em toda Serra Catarinense.
     
    A estudante Gabriela Líbano Alves Lock, de 12 anos, patina desde os sete. Agora, ensina os primeiros passos para a irmã Emily Líbano Alves Lock, de seis anos. Elas participam da ação Rodinhas no Garden, evento realizado todas as quartas-feiras à noite no estacionamento do Lages Garden Shopping.
     
    Toda semana os pais saem da cidade vizinha de Otacílio Costa. Viajam cerca de 45 quilômetros só para ver a felicidade das filhas. “Nós amamos patinar. Na rua é difícil, tem muita pedra e é perigoso por causa dos carros. Aqui não, patinamos tranquilas”, conta a irmã mais velha.
     
    Hora de aprender a patinar
     
    Quem coordena o grupo é Cristina Hermle. Patinadora desde os 18 anos, agora ela ensina o filho adolescente e quem mais esteja disposto a iniciar a atividade. “O grupo surgiu de amigos que queriam patinar e foi tomando uma grande proporção. Estávamos com problemas de local para praticar e surgiu a oportunidade de virmos para o shopping, um excelente lugar porque tem piso e espaço adequados para a patinação”.
     
    Para participar não é necessário saber patinar e nem pagar nada. Quem deseja aprender, pode procurar o grupo toda quarta-feira no estacionamento do shopping. A atividade inicia às 20h e encerra às 22h. O local ainda está disponível para quem gosta de andar de skate, patinete, bicicleta, motoca e qualquer outra atividade que se utilize de rodinhas.

  • Comentários
  • Acic elege diretoria para biênio 2017/2018

  • 27-01-2017
  • A Associação Empresarial de Caçador (Acic) realizou dia 26 de janeiro Assembleia para eleição da Diretoria e do Conselho Fiscal. O empresário Moacir José Salamoni foi eleito presidente para o biênio 2017/2018. A solenidade de posse da nova Diretoria será realizada em março.

    A frente da Acic, Moacir destacou o compromisso de continuar trabalhando em prol dos associados e do desenvolvimento de Caçador. “Sei muito bem a importância da Acic na historia de caçador, como força para auxiliar as causas de interesse comum da nossa sociedade. Estou assumindo com tranquilidade e confiança nos companheiros que estão na Diretoria comigo. Vamos continuar as ações para os associados, na área da saúde com o Hospital Maicé, na questão do Aeroporto e todas as demandas que venha a surgir”, salienta.

    O empresário Henrique Basso, presidente da Acic por dois mandatos, afirma ter sido um período de muito trabalho e de aprendizado. “Para mim foi fantástico. Tive a oportunidade de, junto com a diretoria, representar e defender a classe empresarial, colaborando com a sociedade caçadorense. Estou muito orgulhoso”, comenta.

    Henrique vai continuar participando da Acic como integrante do Conselho Fiscal. Na sua gestão, a Acic passou por uma reestruturação administrativa e também com melhorias na parte física do prédio localizado na Avenida Barão do Rio Branco. Outra ação destacada por ele é o aumento significativo no número de associados e nos serviços prestados.

    A atual social da Acic também foi destaque. “Na parte social, a Acic atua para ajudar o Hospital Maicé, com o Conselho Consultivo, um trabalho de muito sucesso, que contou com a participação de toda a sociedade. No Aeroporto também estamos tendo uma participação muito ativa, além de diversas outras atividades. Foi um trabalho exemplar, fortalecendo ainda mais a história desta grande entidade”, ressalta.

     

    A nova Diretoria 

    Nome: Moacir José Salamoni Cargo: Presidente 

    Nome: Jose Carlos Tombini Cargo: Vice Presidente da Indústria 

    Nome: Carlos Alberto Luhrs Cargo: Vice Presidente do Comércio 

    Nome: Leandro Seleme Cargo: Diretor Secretário 

    Nome: João Machiavelli Cargo: Vice Diretor Secretário  

    Nome: Claudinei Bertotto Cargo: Diretor Financeiro

    Nome: Gilberto Seleme Cargo: Vice Diretor Financeiro 

    Nome: Neoberto Geraldo Balestrin Cargo: Diretor Social 

    Nome: Ilton Paschoal Rotta Cargo: Vice-Diretor Social

     

    CONSELHO FISCAL

    José Adami Neto

    Henrique Luis Basso

    Leonir Antonio Tesser 

    SUPLENTES

    Jovelci Domingos Gomes

    Auri Marcel Baú

    Eduardo Seleme

     

    Angela Cardoso/ Assessora de Imprensa

  • Comentários
  • Anuário Estatístico de Santa Catarina

  • 27-01-2017
  • A partir de hoje a Associação Catarinense de Empresas Florestais (ACR) disponibiliza no site da entidade o download do segundo volume do Anuário Estatístico de Base Florestal para o Estado de Santa Catarina. A edição concentra informações detalhadas de área plantada; área protegida, mercado; importância das florestas plantadas; e os destaques do Brasil e de Santa Catarina no setor.

    O documento de 108 páginas foi publicado ano passado com uma tiragem de 1.000 exemplares. “Foram disponibilizados para os associados, universidades e outras instituições diretamente ligadas ao setor de base florestal”, explica o diretor executivo da ACR, Mauro Murara Jr.

    Agora qualquer pessoa pode ter acesso ao conteúdo no formato digital. Para fazer o download, basta ir à biblioteca digital, dentro do site da ACR e salvar o arquivo em pdf.  

     

    Estações Comunicação/Assessoria de Comunicação ACR

  • Comentários