Portal Expressiva

EVENTOS

Blogs e sites Parceiros

Estradas municipais estão[...]

Boletim previsão do tempo para[...]

Audiência Pública para debater Parque Nacional São Joaquim será realizada em Brasília

  • 16-03-2017
  • A comissão mista que analisa a MP 756/2016, que trata da demarcação de parques nacionais, aprovou nesta quarta-feira (15) requerimento de autoria da deputada federal Carmen Zanotto (PPS-SC) para a realização de uma audiência pública, em Brasília, para debater a emenda que prevê a correção do traçado do Parque Nacional São Joaquim, em Santa Catarina.
     
    A Lei 13.271/2016, que demarcou a área, vem sendo questionada pelas populações situadas no entorno da área de preservação. A polêmica foi criada porque há uma discrepância entre o traçado que prevê a legislação e o que defendem as comunidades envolvidas.
     
    O Parque Nacional São Joaquim está localizado nas regiões serrana e sul do Estado. O seu território, de mais de 480m2, está distribuído em cinco municípios.
     
    A proposta é subscrita por todos os parlamentares da bancada catarinense na Câmara e no Senado Federal.
     
    Durante a audiência, a parlamentar fez o relato do descontentamento que foi criado depois da sanção da lei. Ela também falou das negociações que estão sendo promovidas pelo Fórum Catarinense com o Ministério do Meio Ambiente e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICmBio).
     
    O debate contará com a presença de representantes do Ministério do Meio Ambiente, do ICMBio, da Ministério Público Federal, do governo estadual, dos prefeitos e vereadores dos municípios de Bom Jardim da Serra, de Lauro Müller, Orleans, Urubici, Grã-Pará, do eco Museu e das associações dos atingidos pela demarcação e do entorno (AMI).
     
    Conhecimento da população
     
    Ficou decidido também que será realizada outra audiência pública na Assembleia Legislativa. Dessa vez, a oitiva será promovida pelo Fórum Catarinense. “É importante que os moradores participem desse debate. A presença da população dará transparência e legitimará as decisões que forem tomadas no âmbito dessa comissão”, afirmou Carmen Zanotto.
     
     
    Fonte: Portal PPS

  • Comentários
  • Governador Raimundo Colombo decide que Lages continua com Central de Regulação do Samu

  • 16-03-2017
  • O governador Raimundo Colombo garantiu no fim da tarde desta quarta-feira, dia 15, a permanência da Central de Regulação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em Lages.

    O Governo do Estado deve reduzir a quantidade de Centrais em Santa Catarina a fim de promover a redução de gastos. A transferência de Lages para Chapecó chegou a ser estudada, mas a hipótese foi totalmente descartada pelo governador durante conversa por telefone com o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR), João Alberto Duarte.

    “O governador determinou que a Central de Regulação do Samu na Serra Catarinense continuará em Lages. A decisão é definitiva, e não há nenhum risco de mudanças”, diz o secretário João Alberto Duarte.

  • Comentários
  • Projeto Leoas da Serra é apresentado ao prefeito

  • 16-03-2017
  • O prefeito Antonio Ceron, acompanhado do superintendente da Fundação Municipal de Esportes (FME), Nilson Cruz, recebeu em seu Gabinete na tarde desta quarta-feira (15), alguns diretores e parte da equipe campeã do futsal feminino de Lages. Um relato resumido sobre o projeto Leoas da Serra foi apresentado na ocasião, e terá o suporte do município para a manutenção, principalmente no que tange à questão social que a proposta representa. Todas as 28 atletas atuam como monitoras em escolinhas gratuitas de futsal feminino. Inclusive, nove delas, fazem parte da Seleção Brasileira. São mais de 400 meninas entre 6 e 12 anos praticando em escolinhas espalhadas pela cidade. O propósito é chegar a 700.

       O que mais chamou atenção do prefeito Ceron é a atividade social que acompanha o projeto. Pois, nas escolinhas, além do futsal, as alunas recebem atendimento médico e noções de cidadania. Além disso, contribui para combater a violência doméstica contra a mulher e também a evasão escolar. Tanto, que para suprir as necessidades, o Ministério do Esporte aprovou o Projeto Escola de Leoas que agora pode buscar recursos através da captação pela Lei Federal de Incentivo ao Esporte. Pessoas físicas podem doar 6% do Imposto de Renda, e as empresas tributadas por Lucro Real, até 1%.

       Embora duas das atletas presentes na reunião estejam hoje entre as dez melhores do mundo, e que poderão ser premiadas entre as três, o prefeito reforçou o fato de que, se não forem criados novos “Pelés”, que construam então bons cidadãos a partir do trabalho que vem sendo executado nas escolinhas. Também, para que as crianças possam se espelhar no exemplo das atletas, e, quem sabe possam realizar seus sonhos no futuro, sem que a sociedade às exclua dessa oportunidade. “É muito relevante fazer com que um projeto nesse sentido chegue às pessoas, seja através do esporte ou da arte, mas que ele aconteça”, salientou Ceron.

       O prefeito ouviu o relato de que as Leoas, atletas do Futsal Feminino de Lages deixaram tudo para estarem aqui. E todas estão preocupadas em trabalhar com a responsabilidade social. A atleta e capitã da equipe, Greice Behm, ressaltou de que as jogadoras estão fazendo o que mais amam, e que se orgulham de serem referência às crianças. Para ela, é gratificante chegar à escola e ver a evolução das alunas. “Eu vejo nosso trabalho como sendo de muito futuro, e a gente agradece o apoio da Prefeitura, que é peça fundamental para a vivência do projeto no dia a dia”, especificou.

     

    Ascom PML / Fotos Greik Pacheco

  • Comentários
  • Previsão do Tempo

  • 16-03-2017
  • Quinta-feira (16/03): Tempo: instável com muitas nuvens e chuva pela manhã nas regiões próximas ao RS, do Oeste ao Planalto Sul. As demais regiões sol e calor, aumento de nuvens com pancadas de chuva e trovoadas entre a tarde e noite. Risco de temporais localizados. Temperatura: amena ao amanhecer, elevada à tarde e mais alta na Grande Florianópolis e norte.Vento: noroeste passando a sudoeste a partir da tarde, fraco a moderado com rajadas. Sistema: frente fria avançando por SC.

    Sexta-feira (17/03): Tempo: encoberto com chuva ocasional na madrugada e manhã, melhorando no decorrer da tarde, com aberturas de sol do Oeste ao Litoral Sul. Na Grande Florianópolis, Vale do Itajaí, Planalto Norte e Litoral Norte, mais encoberto com chuva por alguns momentos durante o dia, devido à instabilidade deixada pela passagem da frente fria por SC. Temperatura: elevada e em declínio a partir da tarde, com o avanço de uma massa de ar frio pelo Sul do Brasil. Vento: sul a sudeste, moderado com rajadas.

    Sábado (18/03): Tempo: formação de nevoeiros ao amanhecer e mais nuvens pela manhã, especialmente no Planalto Norte e Litoral Norte chance de chuva fraca. Na maior parte do dia sol e poucas nuvens em SC. Temperatura: baixa no Planalto Sul e amena nas outras regiões. No decorrer do dia a temperatura fica agradável em relação aos dias anteriores. Vento: sul e sudeste, fraco a moderado com rajadas no Planalto e Litoral.

    Domingo (19/03): Tempo: mais nuvens e chuvisco especialmente no início e fim do dia na faixa litorânea. Na maior parte de SC nevoeiros ao amanhecer, sol e calor no decorrer do dia com pancadas isoladas de chuva, entre a tarde e noite. Temperatura: amena pela manhã e em elevação, especialmente no Oeste. Vento: sudeste passando a nordeste, fraco a moderado.

     

    Marilene de Lima – Meteorologista

  • Comentários
  • Lageanos estão na liderança do Campeonato Catarinense de Parapente Entrada x

  • 16-03-2017
  • No último final de semana, os pilotos lageanos do Clube Serrano de Voo Livre estiveram representando a cidade de Lages na 2ª Etapa do Campeonato Catarinense de Parapente, que aconteceu na cidade de Jaraguá do Sul. 

     

    Os pilotos Rafael Scos e Maycon Santos estão na liderança do campeonato, em primeiro e segundo lugares respectivamente, e a Exemplo da 1ª etapa que ocorreu em Pomerode no mês passado, mais uma vez voltaram trazendo troféus para Lages.

    Os mesmos pilotos já foram campeões do XC Catarina no Ano passado, campeonato estadual de voo em distância, e esse ano buscam esse feito inédito, de trazer para Lages a taça de campeão estadual, e também a chance de uma vaga para disputar o campeonato brasileiro de parapente. 

     

    Apesar da interdição da rampa de voo em Lages, impossibilitando os pilotos de treinarem para os eventos, ainda estamos fortes na busca pelo título, comenta o campeão da primeira etapa, Rafael Scos

     

    Desde o início de Fevereiro, a rampa de voo livre do Morro da cruz em Lages segue interditada a pedido de uma ordem emitida pela Agencia Nacional de Aviação Civil (ANAC), que recebeu a denuncia por parte dos pilotos do aeroporto de Lages, sobre o tráfego de aeronaves nas proximidades da cabeceira de decolagem, ordem essa que está sendo discutida pelo fato dessas aeronaves serem na verdade paramotores ao invés de parapentes, e os mesmos não fazerem parte do mesmo clube. 

     

    Após a interdição o Clube Serrano de Voo Livre já deu entrada às medidas cabíveis para a liberação da mesma, solicitando o Notam junto à ANAC e o reconhecimento do esporte junto à Fundação Municipal de esportes, sendo que está segunda já deu parecer positivo, dependendo agora então apenas da liberação da ANAC, como explicou o piloto Guilherme Kozow.

  • Comentários
  • Município irá firmar parceria para Educação de Jovens e Adultos

  • 16-03-2017
  • A Secretaria Municipal da Educação irá firmar nos próximos dias um convênio com o Serviço Social da Indústria (Sesi) de Lages, para a oferta da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Esta modalidade de ensino, para estas pessoas que não tiveram a oportunidade de frequentar os bancos escolares na faixa etária regular da educação básica e de nível médio, já era oferecida em anos anteriores pela rede municipal em sete unidades escolares para 208 alunos.

       A Educação de Jovens e Adultos, na rede municipal, é executada através de projetos especiais. “No final do ano passado não foi previsto a realização do processo seletivo para a contratação destes professores que deveriam atuar nos núcleos da Educação de Jovens e Adultos, e as novas diretrizes impostas pela Lei do Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil foram alguns dos fatores que ocasionaram o atraso no início das aulas. Sabendo desta situação o prefeito Antonio Ceron nos determinou e deu total autonomia de buscar alternativas para este impasse”, explica a secretária municipal da Educação Valdirene Vieira.

       As aulas da Educação de Jovens e Adultos são realizadas no período da noite e toda a estrutura funcional de uma unidade escolar como: merendeiras, segurança, entre outros serviços ficam disponíveis para o andamento dos trabalhos pedagógicos. “Este é um investimento significativo e que não será interrompido pela rede municipal. O nosso grupo técnico buscou alternativas para reaver esta modalidade de ensino”, salienta a secretária.

     

    Parceria com o Sesi

     

       Há mais de 20 anos o Sesi oferece a Educação de Jovens e Adultos. A qualidade no ensino e a busca pela excelência são marcas conhecidas da instituição.

       De acordo com a secretária Valdirene Vieira, o convênio está sendo estudado pela Procuradoria Geral do Município (Progem) e assessoria jurídica do Sesi. Após assinatura, de ambas as partes, quem passa a ministrar as aulas com todo plano pedagógico é a equipe técnica do Sesi. “Vamos entrar em contato com os nossos 208 alunos para informar das readequações. Após este processo efetivamos o convênio para que se iniciem imediatamente as aulas”, exemplifica Valdirene.

  • Comentários
  • Empresário Saul Brandalise realiza palestra em Lages

  • 16-03-2017
  • O empresário Saul Brandalise realiza nesta quinta-feira, 16, palestra gratuita com o tema: "As cinco leis para alcançar a riqueza". O evento que é organizado pela Associação da Prosperidade da Seicho-No-Ie de Lages acontece às 20 horas no Map Hotel - Salão Veneza.

    Esta será a segunda palestra do ciclo de eventos sobre a prosperidade que estão acontecendo em Lages. A primeira palesta foi realizada na semana passada e contou com a presença do presidente Nacional da Associação da Prosperidade da Seicho-No-Ie do Brasil, Douglas Eduardo Botelho. Cerca de 200 pessoas estiverem presentes.

    As palestras tem como objetivo auxiliar os empresários e empreendedores da cidade e região a conquistarem prosperidade e sucesso seguindo os ensinamentos da Seicho-No-Ie.

    Mais informações pelos telefones: 9969-0505, 9914-5486 e pelo e-mail prosperidadelages@gmail.com.

  • Comentários
  • Emenda de Carmen mantém aposentadoria especial para trabalhador em área de risco

  • 15-03-2017
  • A deputada Carmen Zanotto (PPS-SC) apresentou, na comissão especial que analisa a Reforma da Previdência (PEC 287/2016), uma emenda que garante a manutenção da aposentadoria especial de 25 anos por tempo de serviço para os trabalhadores cujas atividades são exercidas sob condições prejudiciais à saúde, como exposição a agentes químicos, físicos e biológicos, locais insalubres, entre outros.

     
    A emenda de autoria da parlamentar recebeu o apoio de 179 parlamentares. Oito a mais do que as 171 necessárias para a apresentação de propostas que alteram o texto constitucional.
     
    A iniciativa beneficia também os profissionais da área de enfermagem: enfermeiros, técnicos, auxiliares de enfermagem e obstetrizes. A aposentadoria especial é tipificada pela Lei 8.213/91, que dispõe sobre o Plano de Benefícios da Previdência Social.
     
    Os profissionais da área de enfermagem representam um total de 1.948.083 trabalhadores brasileiros, de acordo com a Federação Nacional dos Enfermeiros.
     
    Na justificativa da emenda, Carmen argumenta que a enfermagem é exercida por 85,1% de mulheres. Esses profissionais, geralmente, são submetidos à dupla ou tripla jornada de trabalho. A deputada lembra ainda 24,7% destes mantêm carga horária de trabalho entre 41 e 60 horas semanais.
     
    “Essa emenda faz justiça a esses trabalhadores , que são expostos a riscos biológicos, físicos, químicos, ergonômicos e psicológicos. Eles exercem a função em ambiente insalubre e, muitas vezes, de alta periculosidade”, reforça parlamentar.
     
    Para ter direito à aposentadoria especial, é necessário que o segurado comprove, por meio de laudo técnico, o tempo de trabalho permanente, não ocasional nem intermitente, em condições especiais que prejudiquem a saúde ou a integridade física, como exposição a agentes nocivos químicos e biológicos, entre outros.
     
    A proposta de Carmen Zanotto garante que o benefício corresponda a 100% da média dos salários de contribuição e das remunerações utilizadas com base nas contribuições do segurado.
     
     
    Fonte: Portal PPS
    Foto: Agência Câmara

  • Comentários