Portal Expressiva

EVENTOS

Blogs e sites Parceiros

Estradas municipais estão[...]

Boletim previsão do tempo para[...]

A Bela e a Fera estreia no Lages Garden a meia noite desta quinta-feira

  • 14-03-2017
  • Sucesso de crítica, a nova adaptação do conto de fadas clássico da Disney que marcou a infância de muita gente chega ao Cinemark do Lages Garden Shopping a meia noite da desta quinta-feira (16). E nesta semana ainda ocorrem ações como o Rodinhas Garden e Palco Aberto Garden. Além disso, é a última semana da piscina de bolinhas.
     
    O novo filme tem muitos momentos engraçados e revela um pouco mais do que já se sabia sobre a Bela e a Fera. Questões complicadas na infância fizeram com que o personagem principal, a Fera, torna-se um homem arrogante e, consequentemente, fosse amaldiçoado pela feiticeira. A Bela, como conta a estória, não tem mãe foi criada pelo pai. No entanto, o motivo só é explicado na nova versão do longa.
     
    Lançada em 1991, a versão de a “Bela e a Fera” foi a primeira animação da história do cinema a ser nomeada ao Oscar na categoria Melhor Filme. A produção ainda recebeu mais duas indicações de estatuetas - Melhor Edição de Som e Melhor Trilha Sonora Original, tendo ganho esta última. E agora, a nova adaptação tem grandes chances de ser um dos maiores sucessos de bilheteria.
     
    Para quem gosta da telona tem Barato de cinema
     
    Não tem desculpa para não assistir as maiores estreias do cinema. No Cinemark do Lages Garden Shopping a diversão ficou mais barata. De segunda a quarta-feira os ingressos são disponibilizados a preços que cabem no bolso R$6 o 2D e R$8 o 3D.
     
    Rodinhas Garden conquista cada vez mais adeptos do esporte sobre rodas
    De patins, bicicleta, skate, patinete, não importa, o que vale mesmo é a diversão para uma galera que tem encontro marcado toda quarta-feira, a partir das 20h, no estacionamento do shopping.
     
    E nesta quarta-feira (15) não será diferente. O convite do grupo Rodinhas Garden é para que todos participem. Até mesmo quem nunca praticou nenhuma atividade sobre rodas pode fazer parte do grupo e aprender. Na patinação, praticantes experientes estão lá para dar dicas e ajudar.
     
    Domingo (19) é o último dia da piscina de bolinhas
     
    Quem já foi garante que vale a pena e, inclusive, a maioria repetiu a experiência. Quem ainda não aproveitou para mergulhar na mega piscina com meio milhão de bolinhas ainda tem chance. A brincadeira segue instalada no mall até o domingo (19) e todos podem aproveitar, crianças, jovens, adultos. 
     
     

    Texto: Catarinas/Imagem: Divulgação

  • Comentários
  • Meio ambiente construirá novo bloco de gavetas no cemitério da Penha

  • 14-03-2017
  • Ainda não terminou a primeira quinzena do mês de março e a capacidade de sepultamentos em gavetas públicas, no Cemitério Municipal Nossa Senhora da Penha, em Lages, está praticamente esgotada. A situação é preocupante e emergencial, levando-se em conta que no verão, neste cemitério, são sepultadas, uma média mensal, de 45 pessoas.

       O coordenador do Cemitério da Penha, Jeferson Antonio de Souza, disse que esse número de sepultamentos aumenta no inverno, principalmente de pessoas idosas, mais suscetíveis aos rigores do frio.

       Diante disto, a Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente determinou o prazo de até 15 de março para que os familiares de pessoas sepultadas há mais de 5 anos, em gavetas públicas, regularizem a concessão de translado. Essa concessão segue o disposto no artigo 161 do Código de Posturas do município de Lages. No mês de fevereiro deste ano, foram identificadas 25 gavetas com o prazo de utilização já vencido.

       Nestes casos, não havendo o devido requerimento da concessão de translado, seja para outro cemitério ou então para um lote ou gaveta adquirido no próprio cemitério, situado no bairro da Penha, os restos mortais terão como destino final o ossário. Nesse caso, a desocupação das gavetas é efetuada por servidores públicos lotados no cemitério municipal. Trata-se de medida necessária e de acordo com o que determina o Código de Posturas do Município, tendo em vista a demanda natural de novos sepultamentos públicos.

       Segundo o secretário do Meio Ambiente, Euclides Mecabô (Tchá-Tchá), está sendo planejada a construção de novas gavetas públicas. “Espaço para isso existe e a saída é a construção de um novo bloco de gavetas e de acordo com o que determina a legislação”, afirma Euclides Mecabô (Tchá-Tchá).

     

    Proibido sepultamento subterrâneo

     

       A partir de 2004, deu-se o início de construção de blocos de gavetas, no Cemitério da Penha, sendo que desde então seis deles já foram construídos naquele cemitério. Na década de 2000 foi aprovada lei proibindo os sepultamentos subterrâneos, devido a questões ambientais. Só é permitido sepultamentos em gavetas aéreas. Já a permissão compreende a construção de jazigos com altura limite de até quatro gavetas acima da superfície. A determinação é que se construa esse sistema de gavetas aéreas, mesmo para as famílias que já possuam um jazigo neste cemitério.

       Conforme dados de recadastramento efetuado nestes primeiros meses de 2017, existem no Cemitério da Penha 13.099 pessoas sepultadas, enquanto que o número de jazigos e capelas soma 8.752, incluindo os blocos de carneiras públicas. Estes dados tem por base o sistema informatizado implantado no cemitério em 1990, o qual possibilita a digitalização de informações e imagens, especialmente os mapas de identificação das quadras e filas dos lotes existentes. No Cemitério Municipal Cruz das Almas, localizado no bairro Triângulo, esse sistema também registra o números dos lotes das sepulturas existentes.

       A prefeitura de Lages, através da Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente disponibiliza, às famílias carentes, o caixão e o translado do féretro com a pessoa falecida até o cemitério público.

    Procedimentos - Para efetivar um sepultamento é necessário que haja comunicado à administração do cemitério em até 12 horas de antecedência, sendo necessário para isso, apresentação de declaração de óbito, emitida por um médico, além de certidão de óbito feita em cartório.

    Concessão Perpétua - Antigamente, as famílias possuíam uma escritura do jazigo e com o tempo isso mudou. Agora, o documento oficial que garante a posse de um jazigo se chama concessão perpétua.

     

    Cemitério Cruz das Almas

     

       A situação no Cruz das Almas é diferente. Ali não existem gavetas públicas. Todos os sepultamentos são feitos em jazigos já adquiridos previamente. Neste cemitério, as famílias que possuem concessão perpétua têm condições financeiras para arcarem com todos os custos dos sepultamentos, não necessitando de quaisquer ajuda da prefeitura.

       No entanto, a administração do cemitério é feita pela Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente, a qual se encarrega da guarda e da manutenção do Cruz das Almas.

        O recadastramento das sepulturas também está sendo realizado neste cemitério e segundo a agente administrativo, Isabel Cristina Stanck de Oliveira, a proibição de sepultamentos subterrâneos, assim como ocorre no Cemitério da Penha, também vale para o Cemitério Cruz das Almas. “Determinados casos em que os jazigos já tenham sido construídos com gavetas subterrâneas, e não apresentem riscos ambientais, são devidamente analisados para liberação ou não dos sepultamentos. Mas a determinação geral é para que as famílias façam a construção de gavetas aéreas, de acordo com o que determina a legislação”, pondera Cristina. 

     

    Texto: Iran Rosa de Moraes / Fotos: Ary Barbosa de Jesus Filho

  • Comentários
  • Aprovado Relatório Final da CPI dos Medicamentos Falsificados

  • 14-03-2017
  • Foi aprovado hoje o Relatório Final da CPI dos Medicamentos Falsificados, que trabalhou, fundamentalmente, as questões de ordem institucional e pôde verificar como é falho o sistema de controle e fiscalização de medicamentos no país. "Talvez a principal conclusão que esta Comissão Parlamentar de Inquérito possa apontar seja a seguinte: o Brasil não tem capacidade de garantir aos seus cidadãos a utilização de medicamentos de uma forma segura", resumiu o relator, deputado Fernando Coruja.

  • Comentários
  • Governo de SC investe na ampliação da Casa de Apoio Colibri

  • 14-03-2017
  • Pacientes que procuram o Hospital Tereza Ramos (HTR), em Lages, para fazer tratamento contra o câncer, contam com uma estrutura paralela que auxilia na recuperação. Fundada há 14 anos, a Casa de Apoio Colibri é uma entidade beneficente que atende gratuitamente pessoas de várias regiões do Estado. E para melhorar ainda mais os serviços, o local acaba de passar por uma ampliação com investimentos de R$ 394 mil do Governo do Estado.

    Localizada na Avenida Belizário Ramos (Carahá), no bairro Copacabana, a Casa Colibrioferece assistência às pessoas que necessitam de quimioterapia e hemodiálise e não têm recursos financeiros para pagar as despesas de hospedagem e alimentação nos períodos em que não estão no hospital. No local, o paciente tem direito a um acompanhante, recebe cinco refeições por dia e, nos casos mais graves, um carro fica à disposição para o transporte até o HTR.

     

    Investimento do Governo do Estado proporciona mais espaço e conforto

     

    A ampliação custeada pelo Governo do Estado contemplou a construção do terceiro piso, dez novos leitos, uma sala de lazer e três banheiros. Com as obras, o espaço ficou mais amplo e confortável, podendo hospedar até 35 pessoas ao mesmo tempo.

    A fundadora e presidente da Casa Colibri, Neuza Maria Lopes de Oliveira, destaca que a entidade ajuda muito as pessoas que estão em tratamento não apenas com as hospedagens e alimentações, mas também pelo trabalho voluntário de profissionais de saúde e outras áreas.

    “Muitos pacientes procuram Lages para se tratar ao saber que contam com um lugar para ficar e não precisam se deslocar para as suas casas durante o tratamento, enfrentando os riscos e o cansaço das viagens. Eles ficam até mais animados, e isso ajuda na recuperação”, diz Neuza.

    “Eu gosto de ficar na Casa de Apoio Colibri, pois aqui sou bem tratado e não preciso ficar me deslocando para a minha cidade”, completa Pedro Miiller, de 58 anos e morador de Presidente Getúlio, cidade do Vale do Itajaí distante 160 quilômetros de Lages.

  • Comentários
  • EMEB Prof. Eduardo Pedro Amaral terá cobertura reformada

  • 14-03-2017
  • A secretária municipal da Educação, Valdirene Vieira, confirmou que no segundo semestre deste ano a obra para a reforma de toda a cobertura (troca do telhado) da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Professor Eduardo Pedro Amaral, no bairro São Francisco, será licitada.

    Esta é uma antiga reivindicação da comunidade daquele bairro. No ano passado havia um projeto para estes serviços que seria lançado no mês de novembro, porém acabou sendo cancelado. “Quando assumimos a Secretaria, em janeiro, por determinação do prefeito Ceron, retomamos este importante projeto. Solicitamos aos técnicos da Defesa Civil um laudo sobre as reais condições da estrutura e nos foi comunicado que a situação não era de extrema urgência, já que a unidade escolar ainda recebe os alunos”, diz.

     

    Obra de construção de muro no CEIM Noé José dos Santos será licitada

     

    Outra importante obra que fornece mais segurança para a comunidade escolar é o novo muro do Centro de Educação Infantil Municipal (CEIM) Noé José dos Santos, no bairro Santa Rita. Ali a antiga estrutura que fazia a divisa com o terreno dos vizinhos estava caindo e colocava em risco uma residência.

    A Secretaria Municipal da Educação tomou todas as medidas cabíveis ao caso. Foi feito um muro de contenção, conforme orientação da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil e da Secretaria de Planejamento e Obras.

    A construção de um novo muro, de forma definitiva, será após a licitação dos serviços, e a empresa vencedora terá trinta dias para a execução da obra.

     

    Fotos: Marcelo Pakinha

  • Comentários
  • Unifacvest oferece assistência jurídica gratuita à população

  • 14-03-2017
  • O Centro Universitário Unifacvest vem realizando várias ações para promover o desenvolvimento social da Serra Catarinense. A Casa da Cidadania, por exemplo, oferece diversos serviços gratuitos à população. Ela agrega um núcleo jurídico que presta assistência civil, criminal e trabalhista a pessoas com renda inferior a dois salários mínimos.

    Os atendimentos são feitos por acadêmicos de Direito, e supervisionados pela coordenação do curso. “A estrutura auxilia as pessoas que não têm condições de pagar um advogado, e aproxima os acadêmicos da prática do mercado de trabalho”, diz a coordenadora do curso, Caroline Ribeiro Bianchini.

    O núcleo de assistência jurídica atende de segunda a sexta-feira, das 13h30 às 17h, por ordem de chegada, no campus universitário da avenida Marechal Floriano. “Esse aprendizado prático é importante, pois ensina a lidar com diferentes situações”, diz o acadêmico da 8ª fase, Isaías de Liz.

     

     

    Rede de Ensino Univest/Assessoria de Comunicação

  • Comentários
  • Polícia Militar Ambiental solicita ajuda de Carmen Zanotto para o controle dos javalis

  • 14-03-2017
  • A deputada federal Carmen Zanotto (PPS) esteve na sede da Polícia Militar Ambiental de Lages (PMA), na segunda-feira (13), a convite do major e comandante Adair Alexandre Pimentel. O objetivo da visita foi apresentar para a parlamentar o trabalho que está sendo desenvolvido pela PMA para o manejo e controle populacional dos javalis.

    De acordo com Pimentel os primeiros ataques de javalis nas lavouras de Santa Catarina aconteceram em 2010. No ano passado os prejuízos chegaram a R$ 2 milhões e os principais ataques aconteceram na Serra Catarinense e no Meio Oeste. Desta forma, a PMA vem realizando diversas atividades para diminuir a população destes animais.

    Em 2016, foram realizadas 697 permissões para abate, colação de armadilhas e ações de educação ambiental nas escolas. Neste ano já foram abatidos 103 animais.

    Para agilizar o trabalho da PMA, o comandante pediu para a deputada Carmen que ela solicite ao Exército Brasileiro, o reconhecimento das permissões de abate de javalis emitidos pela PMA para fins de emissão de guia de tráfego. “Com este reconhecimento podemos dar continuidade ao nosso trabalho com mais eficiência e ajuda da deputada é muito importante”, destacou o comandante. A parlamentar se colocou à disposição da PMA para a nível federal contribuir com as ações realizadas pela corporação.

  • Comentários
  • Senador Paulo Bauer visita São Joaquim

  • 14-03-2017
  • Na manhã de sábado, 11 de março, esteve visitando São Joaquim, o Senador Paulo Bauer (PSDB). Acompanhado do Prefeito de São Joaquim, Giovani Nunes e do candidato a prefeito de Lages, Diretor do SCC, Roberto Amaral, Bauer esteve na Prefeitura, onde conversou com Secretários Municipais e companheiros de partido e depois, fez visita ao packing house da empresa Schio, que está instalada no município, conhecendo todo o processo da maçã, desde a chegada dos pomares, processamento até o armazenamento nas câmaras frigoríficas.

    “São Joaquim é uma referência para Santa Catarina. Estamos à disposição em Brasília para atender as demandas da Serra Catarinense. Já recepcionamos o Prefeito Giovani com algumas solicitações e queremos dar andamento aos pedidos com a maior brevidade possível”, salientou o Senador.

     

    Paulo Bauer fez visita às rádios Difusora AM e Nevasca FM e na continuidade participou de um almoço na Vinícola Leone Di Venezia, conhecendo um pouco mais da vitivinicultura de altitude, através da degustação de alguns rótulos. A vinícola está com programação especial durante a 4ª Vindima de Altitude que acontece de 03 a 26 de março, em São Joaquim e em outros municípios do meio-oeste, que possuem empresas associadas à Vinho de Altitude, associação que congrega os produtores de vinhos finos de altitude de Santa Catarina.

  • Comentários