Portal Expressiva

EVENTOS

Blogs e sites Parceiros

Viva Lages é neste sábado

Semana típica de verão com chuva[...]

Teste rápido toxicológico vai reduzir em 40% as perícias no Estado de Santa Catarina

  • 11-01-2019
  • Santa Catarina passa a ser o primeiro Estado brasileiro a disponibilizar em delegacias e bases operacionais testes rápidos toxicológicos à disposição dos policiais em pequenas apreensões de drogas. O convênio de colaboração que tem o objetivo de desburocratizar e dar mais celeridade a investigação de crimes foi assinado na tarde desta quinta-feira (10/1) pelo presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), desembargador Rodrigo Collaço, pelo chefe do Ministério Público (MPSC), procurador-geral de Justiça Sandro José Neis, e pelo governador Carlos Moisés.

    Segundo o diretor do Instituto Geral de Perícias (IGP), perito Giovani Adriano, a iniciativa já vem sendo testada no município de Itajaí, mas deve ser ampliada para o Estado nas próximas semanas. O projeto vai reduzir custos, força de trabalho e pode ser ampliada para todo o território nacional, já que pelo TJSC ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ). "O custo que o IGP tem com a realização de perícias de um cigarro de maconha ou de pequena quantidade de cocaína é significativo, mas é uma perícia que não tem utilidade. Vamos reduzir custos e força de trabalho, porque 40% das perícias feitas hoje deixarão de ser realizadas. Quando a droga é apreendida atualmente, ela é encaminhada ao IGP que faz um laudo provisório e depois um definitivo, que demora meses. Quando o laudo definitivo ficava pronto a situação já foi resolvida, com medidas cautelares ou arquivamento. E isso é um trabalho que custa dinheiro, tempo dos servidores e não acrescenta em nada. Estamos eliminando essa inutilidade", disse o presidente do TJSC.

    A principal mudança é de que o IGP vai deixar de produzir os laudos definitivos. Esse laudo deveria levar 10 dias para ficar pronto, mas com a demanda de 18 mil exames realizados em 2018, por exemplo, atualmente os documentos são disponibilizados em prazo superior a 30 dias. Os policiais também passarão por um treinamento de oito horas com peritos do IGP para o manuseio do teste rápido.

    Para o governador Carlos Moisés, o convênio reúne entidades e instituições para a solução dos problemas da sociedade. "Estamos dando um passo muito importante, porque precisamos entregar eficiência para o cidadão que não quer saber se o problema é de uma ou outra instituição. O Estado pode se despir das suas vaidades corporativas e, com isso, mudaremos paradigmas para potencializar cada instituição. O agente de segurança tem a competência e legitimidade para representar o Estado com autoridade", afirma o governador.

    Segundo a legislação, o teste rápido pode ser realizado por pessoa idônea, maior de idade e com curso superior. A base do kit é o reagente tiocianato de cobalto, que adquire a cor azul em presença de cocaína e crack. Em caso negativo, a reagente permanece com a cor rosa. Já as pequenas apreensões de drogas sintéticas precisarão ser enviadas ao IGP para a realização do laudo definitivo, assim como as grandes apreensões de drogas, que darão origem a inquéritos policiais.

    Opinião:

    "Um ponto muito importante é a segurança. Não estamos atropelando nada e não estamos ferindo o direito de ninguém. Ninguém será preso ou condenado com base em processo falho ou com prova falha, porque se houver a necessidade vamos solicitar a realização de um laudo definitivo". Chefe do MPSC, procurador-geral de Justiça Sandro José Neis.

    "Os chefes dos dois poderes demonstraram como pequenas modificações tem um peso gigantesco na qualidade no serviço prestado à sociedade. As mudanças que fazem a diferença impactam o cidadão na ponta. Seguimos à risca a diretriz de integração, que reduz recursos e aumento a celeridade dos serviços prestados". Secretário de Segurança Pública e Comandante geral da PM, coronel Araújo Gomes.

    "As forças policiais ganharão celeridade na constatação de substâncias entorpecentes nos crimes de menor potencial ofensivo. Assim, o policial não vai precisar se deslocar até o IGP para fazer o auto de constatação por um perito oficial. Isso vai proporcionar mais celeridade ao procedimento e melhoria no serviço prestado, com o ganho de produtividade". Delegado geral da Polícia Civil, Paulo Koerich.

    "Com a mudança, os nossos servidores terão mais tempo de trabalhar em casos mais complexos, com mais conhecimento científico, e quem ganha é a sociedade. Isso porque 80% crimes de menor potencial ofensivo terminam em termos circunstanciados e, por isso, não há necessidade do laudo definitivo. Além da mão de obra, os reagentes também custam caro para o Estado". Diretor do IGP, perito Giovani Eduardo Adriano.

    “A celebração desse convênio é um grande avanço para todo o sistema de justiça, segurança pública e população, pois no momento da prisão em flagrante já se terá a prova da materialidade do delito, que atualmente depende da realização de exame toxicológico pelo Instituto Geral de Perícias. Assim, agilizará os processos envolvendo uso e tráfico de entorpecentes, garantindo que nenhum cidadão será preso indevidamente quando não estiver portando drogas ilícitas. A comarca de Lages possui grande número de prisões em flagrante por crime de tráfico de entorpecentes e esse convênio possibilitará uma tramitação mais ágil dessas ações penais”. Magistrado titular da 2ª Vara Criminal da Comarca de Lages, Alexandre Takaschima

    Assessoria de Imprensa do TJSC 

    Fotos: TJSC e ALESC 

  • Comentários
  • Defesa Civil Municipal atua após chuva do início da tarde desta quinta-feira

  • 10-01-2019
  • O temporal do início da tarde desta quinta-feira (10 de janeiro) não havia passado e as equipes da Defesa Civil Municipal já estavam atuando no auxílio às famílias que sofreram algum tipo de dano em suas residências. A chuva, acompanhada de rajadas de vento, causou estragos em residências do bairro Habitação. Na rua conhecida como “Beco da Bracatinga” foram registradas quedas de árvores e destelhamentos de casas.

    O secretário executivo de Defesa Civil, Jean Felipe Silva de Souza, lembra que nesta época do ano os temporais de verão são frequentes e a população deve estar atenta aos possíveis estragos que podem ser causados. “Estamos monitorando toda a cidade para que os efeitos destas chuvas possam ser minimizados. Com isso, buscamos levar mais segurança para a comunidade. Quando necessário atuamos com o corte e retirada de árvores, distribuição de lonas, entre outros tipos de serviços”, diz.

    Em casos de emergência o telefone da Defesa Civil Municipal é 98406 – 4037 ou 199.  

    Texto: Ari Junior

    Fotos: Divulgação Defesa Civil   

     

  • Comentários
  • Ingressos para a Copa Brasil Masculina

  • 10-01-2019
  • Inicia nesta sexta-feira (11 de janeiro), para o público em geral, a venda dos ingressos para a fase final da Copa Brasil Masculina de Vôlei. O evento será realizado em Lages, no Ginásio Jones Minosso, nos dias 26 e 27 de janeiro. Os interessados podem adquirir suas entradas através do site: www.minhaentrada.com.br e, nos seguintes pontos físicos: Ótica Via Visão (Rua Hercílio Luz, 190), Lojas Ki Bola (Avenida Luís de Camões, 555 / R Correia Pinto, 171) e Marka Sports (Rua Aristiliano Ramos).

    No primeiro lote, os ingressos custam R$ 20 por dia, ou R$ 35 o passaporte que dará acesso aos dois dias de jogos. No segundo lote, os valores vão para R$ 25 por dia e R$ 40 o passaporte. A Copa Brasil envolve os oito primeiros classificados no primeiro turno da Superliga Cimed 18/19. A fase classificatória será disputada nos dias 10 e 16 de janeiro, com os duelos entre Sesi-SP x Copel Telecom Maringá Vôlei (PR); EMS Taubaté Funvic (SP) x Vôlei Renata (SP); Sesc RJ x Fiat/Minas (MG), e Sada Cruzeiro (MG) x Vôlei UM Itapetininga (SP).

    Os quatro vencedores desembarcam em Lages, onde as três partidas serão realizadas no ginásio Jones Minosso.

    Fonte: Site da Confederação Brasileira de Vôlei

    Foto: Karen Griz / CBV Divulgação

  • Comentários
  • Projeto Viva Lages leva esporte e lazer para a comunidade

  • 10-01-2019
  • Incentivar a prática esportiva e de lazer, além de promover a saúde e o bem-estar de todos. Com estes objetivos será realizado no sábado (19 de janeiro) a primeira edição do projeto Viva Lages. Uma ação da Prefeitura, através da Fundação Municipal de Esportes, Fundação Cultural e Assistência Social e Habitação. As atividades serão realizadas na área do entorno do Ginásio Jones Minosso, a partir das 14 horas.

    De acordo com o prefeito em exercício Juliano Polese, a ideia é que a comunidade se integre e participe das ações ao ar livre. As ruas que contornam o Ginásio Jones Minosso serão fechadas para o trânsito de veículos neste dia. “Estamos organizando algo que não seja apenas para o período de verão, mas sim o ano inteiro. Que este tipo de ação se transforme em algo permanente aos finais de semana”, diz.

    Até o momento as atividades confirmadas para o Viva Lages são: passeios de patins ou roler, vôlei de areia e oficina de BMX na pista de Bicicross. “Queremos também despertar o gosto pelas brincadeiras antigas. Isso é lazer é divertimento”, comenta o prefeito em exercício.

    Texto: Ari Junior/Foto: Greik Pacheco

  • Comentários
  • Primeiro prazo para pagamento do IPTU 2019 em cota única tem vencimento para 15 de março

  • 09-01-2019
  • Boletos de pagamento serão entregues via Correios

    Estão definidos os prazos para os pagamentos em conta única do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para o exercício do ano de 2019. Ao todo estão sendo emitidos 91.251 boletos. A entrega será realizada via Correios nos endereços dos imóveis cadastrados na Secretaria de Planejamento e Obras a partir do dia 31 de janeiro. Os contribuintes terão a opção de imprimir a guia de pagamento via internet no site da prefeitura, www.lages.sc.gov.br. A previsão é que este serviço esteja disponível até o final do mês de janeiro.

    Prazos para pagamento em cota única com descontos previstos na Lei Complementar nº 510, de 30 de novembro de 2017:

    Cota Única

    Desconto

    Data de Vencimento

    Primeira

    11%

    15/03/2019

    Segunda

    09%

    22/03/2019

    Terceira

    07%

    29/03/2019

     

    Parcelamento


    Os contribuintes terão também a opção de pagamento parcelado do IPTU 2019. Serão oito parcelas mensais e consecutivas:

    Parcela

    Datas de Vencimentos

    1ª Parcela

    29/03/2019

    2ª Parcela

    30/04/2019

    3ª Parcela

    31/05/2019

    4ª Parcela

    28/06/2019

    5ª Parcela

    31/07/2019

    6ª Parcela

    30/08/2019

    7ª Parcela

    30/09/2019

    8ª Parcela

    31/10/2019

    Texto: Ari Junior   -    Foto: Arquivo

  • Comentários
  • Movimento processual triplicado durante último recesso forense na comarca de Lages

  • 08-01-2019
  • A movimentação processual na comarca de Lages, durante o último recesso forense, triplicou se comparada ao mesmo período de 2017/2018. Naquela ocasião, ingressaram no regime de plantão 23 processos - 16 medidas protetivas de urgência amparadas na Lei Maria da Penha e mais sete autos de prisão em flagrante.

    Já neste último período de 2018/2019, a comarca registrou 70 ações. Destas, 22 eram medidas protetivas, acrescidas de 48 autos de prisão em flagrante. Em relação às audiências de custódia, houve ligeiro acréscimo: passou de 26 em 17/18 para 28 em 2018/2019. 

    Taina Borges – assessoria de imprensa do TJSC – Comarca de Lages 

  • Comentários
  • Banco da Família alcança marco de mil liberações de crédito para saneamento básico

  • 08-01-2019
  • O Banco da Família, em parceria com a ONG internacional Water.org, acaba de alcançar o marco de 1 mil liberações na linha de crédito exclusiva para saneamento básico. Ao todo, foram mais de R$3 milhões em crédito destinados à construção e/ou reforma de instalações sanitárias. Através da linha intitulada “BF Saneamento”, a instituição pretende alcançar 8,5 mil liberações em quatro anos.

    Para alcançar as metas e objetivos do projeto, que iniciou as operações em julho de 2017, o Banco da Família focou na capacitação de seus agentes de crédito, que são responsáveis por oferecer e vender os produtos da instituição. Além disso, promoveram ações de conscientização com agentes estratégicos da comunidade, como, por exemplo, na realização de uma parceria inédita entre Banco da Família e Prefeitura Municipal de Lages, onde cerca de 270 Agentes Comunitárias de Saúde participaram de uma capacitação em saneamento básico.

    Atualmente, a linha de crédito intitulada “BF Saneamento” tem, em média, 80 liberações por mês, com objetivo de chegar a 120 por mês no próximo ano. “Começamos devagar, nos primeiros meses nossos esforços se concentraram em treinar toda a equipe de agentes de crédito para que pudessem identificar a carência das instalações de saneamento e água”, explica Erica Comicholi, responsável pelo projeto.

    A linha de crédito  BF Saneamento é o resultado da primeira parceria no Brasil da ONG internacional Water.org, fundada pelo ator Matt Damon e o engenheiro Gary White, que através do projeto “Water Credit: microcrédito para o financiamento de água e saneamento” apoia soluções sustentáveis e inovadoras para a crise global de água e saneamento.

    De acordo com dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS, 2016), 35 milhões de brasileiros ainda não tem acesso à água e mais de 100 milhões de pessoas vivem sem coleta dos esgotos - sendo que, destes, somente 44% dos esgotos são tratados. Além disso, pesquisa publicada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef, na sigla em inglês), em 2017, mostrou que cerca de 4 milhões de pessoas no Brasil ainda sequer possuem um banheiro em casa.

    All Press Comunicação

  • Comentários
  • IFC oferece novo curso de Mestrado

  • 08-01-2019
  • Neste ano, o Instituto Federal Catarinense (IFC) oferece uma nova opção de curso de Mestrado Acadêmico, totalmente gratuito. A novidade é o Mestrado em Educação, que terá as aulas ministradas presencialmente no IFC Campus Camboriú a partir de maio.

    Ao todo serão ofertadas 20 vagas, distribuídas em duas linhas de pesquisa: a) Processos Formativos e Políticas Educacionais; e b) Processos Educativos e Inclusão.

    As inscrições para o processo seletivo serão recebidas entre 22 de janeiro e 10 de fevereiro pelo site https://sig.ifc.edu.br/sigaa/public/processo_seletivo/lista.jsf

    Processo seletivo para ingresso no Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Educação do IFC será realizado em três etapas, todas de caráter eliminatório e classificatório, sendo divididas em: Etapa 1 – análise de projeto de pesquisa; Etapa 2 – prova escrita; e Etapa 3 – arguição e análise do Currículo Lattes.

    Confira mais informações sobre as linhas de pesquisa:

    a) Processos Formativos e Políticas Educacionais: A linha estuda os processos formativos e as políticas educacionais, tendo por base os fundamentos epistemológicos do campo educacional, nos diferentes períodos, contextos sócio-históricos e práticas sociais. Discute as políticas educacionais, consideradas como forças sociais em disputa, bem como suas interfaces com os processos formativos e com a gestão educacional. Problematiza a educação em e para os direitos humanos, envolvendo questões, temas e problemas contemporâneos em contextos formais e não formais. Investiga os processos de formação de professores e demais profissionais da educação, considerando as especificidades dos processos, seus níveis e modalidades de ensino, em espaços formais e não formais.

    b) Processos educativos e inclusão: A linha Processos Educativos e Inclusão tem como objetos de estudo os processos educativos e as políticas de inclusão relacionados com os campos de interrogação epistemológica que problematizam a diferença, a diversidade, a desigualdade sociocultural e as formas históricas de manifestação do poder e dos contra-poderes. A educação, nesta perspectiva, é entendida como prática social comprometida com uma sociedade mais justa. Problematiza os processos que engendram a opressão e a exclusão, compreendendo a sociedade como espaço de disputas de poder que geram as desigualdades. Atua na perspectiva teórico-metodológica com diferentes temas do campo educacional, tais como: direitos humanos, movimentos sociais, inclusão digital e recursos tecnológicos na aprendizagem, educação especial, educação profissional e tecnológica, educação do campo, capital social e cultural, conceitos de classe, raça, etnia, povos indígenas e populações tradicionais no contexto brasileiro e latinoamericano.

    Edital do processo seletivo está disponível no site do IFC. (http://editais.ifc.edu.br/2018/12/21/edital-no-176-2018-processo-seletivo-de-discentes-do-programa-de-pos-graduacao-em-educacao-ppge-ifc/)

    Serviço

    Seleção para mestrado em Educação

    Inscrições: 22 de janeiro a 10 de fevereiro

    Inscreva-se somente pelo site https://sig.ifc.edu.br/sigaa/public/processo_seletivo/lista.jsf

  • Comentários