Portal Expressiva

EVENTOS

Blogs e sites Parceiros

Serra Catarinense será[...]

Boletim previsão do tempo para[...]

CDL Lages | Nota de Falecimento

  • 08-08-2018
  • CDL Lages | Nota de Falecimento

  • Comentários
  • Melhorias na sinalização

  • 08-08-2018
  • A Prefeitura de Lages contratou empresa especializada em pintura de sinalização horizontal (e vertical) de trânsito, sendo que para isso está investindo recursos da municipalidade e oriundos de arrecadação de multas por infrações de trânsito. As áreas que receberão as melhorias na sinalização são as centrais, bem como ruas e avenidas principais da cidade.

    A tinta utilizada para a pintura horizontal das pistas de rolamento de ruas e avenidas é termoplástica (à base de resina) e sai da máquina a uma temperatura de 220°C. “É uma tinta especial, de maior resistência e durabilidade, o que garante mais segurança no trânsito para pedestres e motoristas”, fala o secretário municipal de Planejamento e Obras, Claiton Bortoluzzi.

    A contratação da empresa é por um período de 60 dias, sendo que compete a ela também a implantação de placas de sinalização vertical às margens dos principais acessos viários de Lages.

    Os trabalhos iniciaram na terça-feira (7 de agosto) em trechos das ruas Frei Gabriel e Caetano Vieira da Costa, prosseguindo, nesta quarta-feira pela Caetano e via Gastronômica (Emiliano Ramos).

    Fotos: Marcelo Pakinha

  • Comentários
  • Prefeitura e Berneck agilizam licenças para a fábrica de Lages

  • 08-08-2018
  • Mais um importante passo foi dado na tarde desta terça-feira, dia 7 de agosto, com vistas à construção da fábrica da Berneck em Lages. Em audiência realizada em Florianópolis com o governador Eduardo Moreira e o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Adenilso Biasus, o prefeito Antonio Ceron e o empresário Gilson Berneck conseguiram a garantia de que o Centro Administrativo dará prioridade aos encaminhamentos que competem ao Estado para viabilizar o empreendimento.

    A principal conquista diz respeito aos prazos para as licenças. Inicialmente, a previsão era de que isso fosse possível em 90 dias. Mas na reunião desta terça-feira, o governador e o secretário se comprometeram em realizar todo o procedimento em até 60 dias, possibilitando um mês de agilidade ao processo.

    Ceron e Berneck passaram detalhes do investimento, que chegará a R$ 800 milhões e gerará 600 empregos diretos nos primeiros meses, possibilitando R$ 650 mil por mês de retorno do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) ao município.

    “A área está desapropriada, o projeto está pronto, e agora falta pouco para iniciarmos a construção da fábrica em Lages, o que é um antigo desejo da nossa empresa”, comentou Gilson Berneck.

    O prefeito Antonio Ceron lembrou que as negociações para a instalação da Berneck em Lages iniciaram em 2016 e ganharam mais força em fevereiro de 2017, quando ele e o ex-governador Raimundo Colombo estiveram na sede da empresa, em Curitiba (PR).

    Já em fevereiro deste ano, um protocolo de intenções assinado no Teatro Marajoara, em Lages, consolidou ainda mais o projeto, e com a recente imissão de posse do terreno às margens da BR-116 pela Justiça e a garantia do Governo do Estado quanto à rápida liberação das licenças, a expectativa é grande com o início das obras.

    “Trata-se de um investimento que possibilitará um enorme salto de desenvolvimento para Lages e região. Estamos muito felizes e otimistas”, disse o prefeito Ceron.

    “Historicamente, a Serra e o Sul foram as regiões que menos acompanharam o desenvolvimento de Santa Catarina. E agora, com essa grande empresa em Lages, isso deve mudar. Enquanto tivermos investidores como a Berneck, o nosso Estado vai longe. O Brasil tem jeito, e precisamos acreditar nos investidores”, concluiu o governador Eduardo Moreira.

    Fotos: Pablo Gomes

  • Comentários
  • Setor metalmecânico inova com evento de negócios

  • 07-08-2018
  • A experiência em reunir empresas da área metalmecânica durante um happy hour para prospectar negócios deu certo.  Cerca de 180 empresários tiveram a oportunidade de falar sobre suas demandas e atividades nesta segunda (6), na Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac). O encontro foi realizado pelo Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Lages (Simmmel), filiado à Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), com apoio do Sebrae e empresas do setor.

    A ideia com esse formato de evento é gerar o desenvolvimento das empresas de base. Para o presidente do Simmmel, Everaldo Canani Wiggers, é preciso buscar alternativas para o fortalecimento do associativismo. “Esse tipo contato entre as empresas facilita a compreensão do que cada uma oferece, as chances dos negócios ocorrerem e a competitividade aumentar é muito mais real”.

    Quem comprova isso é o presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Blumenau e Pomerode (Simmmeb), Dieter Claus Pfuetzenreiter, onde evento semelhante está na sexta edição. “Esse modelo é mais dinâmico, flexível e gera canais diretos de interesse, tanto que nossa pesquisa de satisfação mostra que 95% preferem esse formato”.

    Daquela região vieram 40 empresas. Outras que participaram do evento em Lages saíram de diversas partes do estado, do Rio Grande do Sul e Paraná. O gerente de desenvolvimento de negócios da INDT, Instituto de Ciência e Tecnologia com sede em Manaus, Jeferson Miranda, foi um dos participantes do Happy Hour de Negócios.  “Essa é a primeira vez que venho a Serra Catarinense. Acredito que existem muitas oportunidades de negócios por aqui. O primeiro passo, que é o de identificar os possíveis parceiros, foi dado”.

     

    texto e fotos: Catarinas Comunicação 

  • Comentários
  • Berneck de Lages será uma das maiores unidades do país em produção

  • 07-08-2018
  • A Berneck deverá investir em Lages cerca de R$ 800 milhões, além da estimativa de 600 empregos diretos nos primeiros meses

    O prefeito Antonio Ceron recebeu em seu gabinete na manhã desta terça-feira (7 de agosto), momentos antes da viagem a Florianópolis, o diretor presidente da  Berneck, Gilson Berneck e demais executivos da empresa. Na pauta do encontro alguns ajustes no projeto de instalação da fábrica em Lages.

    Na oportunidade, Gilson Berneck detalhou para o prefeito que será realizada uma ampliação do projeto original, com a instalação de uma segunda unidade de produção da linha de madeira em MDF e expansão da serraria. “Já estão contratadas as empresas responsáveis que farão a topografia e sondagem do terreno para a construção do nosso parque fabril”, afirma o empresário.

    Os executivos da Berneck afirmaram, ainda, que durante todo o processo de instalação e construção da unidade de Lages será dada preferência na contratação de empresas de mão de obra da cidade e da região, contribuindo ainda mais com o fomento da economia local. “A filial de Lages será uma das maiores que temos. Em números posso dizer que aqui nossa serraria irá produzir 30% a mais que a de Curitibanos e a linha de produção de madeira em MDF será 25% maior que a unidade da cidade vizinha”, compara Gilson Berneck.  

    “Neste processo de vinda da Berneck para Lages temos de enaltecer todo o trabalho realizado pelo ex-governador Raimundo Colombo. Foram inúmeras reuniões lideradas por Raimundo e o resultado disto foi a efetivação da empresa no nosso município”, enfatiza o prefeito Antonio Ceron. Acompanharam a reunião os secretários de Planejamento e Obras, Claiton Bortoluzzi; Desenvolvimento Econômico e Turismo, Mário Hoeller de Souza; da Semasa, Jurandi Agustini; procurador geral do Município, Agnelo Miranda, e alguns vereadores.

    Áreas destinadas à Berneck e investimentos em Lages

    São duas áreas localizadas na Fazenda Cruz de Malta, às margens da BR-116. Uma que pertencia à família Schroeder e outra da Seara Alimentos Ltda. A exemplo da unidade em funcionamento no município de Curitibanos, a Berneck deverá investir em Lages cerca de R$ 800 milhões, além da estimativa de 600 empregos diretos nos primeiros meses.

    A previsão é de R$ 650 mil por mês de retorno de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) com a movimentação de aproximadamente R$ 50 milhões em mercadorias. A Berneck será a terceira maior empresa arrecadadora de impostos em Lages, atrás apenas da Ambev e Klabin.

    Fotos: Greik Pacheco

  • Comentários
  • Os 50 anos de história da Amures

  • 07-08-2018
  • Uma das instituições municipalistas mais antigas de Santa Catarina, a Associação dos Municípios da Região Serrana – AMURES, completa no dia 10 de agosto 50 anos de fundação. Sua história está intimamente ligada a emancipação de vários municípios e ao desenvolvimento regional.

    Composta por equipe técnica altamente qualificada com mestre e doutor em seu quadro, a Associação dos Municípios da Serra Catarinense tem entre seus propósitos, o fortalecimento das administrações públicas, defender e reivindicar os interesses regionais e promover o estabelecimento de cooperação intermunicipal e intergovernamental da região.

    Mesmo vivendo uma linha tênue entre o público e o privado, a AMURES segue os princípios da Administração Pública, onde a legalidade, impessoalidade, moralidade administrativa, publicidade e eficiência, são preceitos incondicionais.

    No trabalho que presta e desenvolve com as prefeituras, a Amures foca seus atos no campo administrativo para que esteja sempre nos limites da lei, colocando, assim, a gestão pública mais perto da sociedade. E desta forma desenvolve inúmeras ações desde projetos até capacitações que a tornam uma das associações de municípios mais dinâmicas de Santa Catarina.

    Foi dentro da Amures que nasceram projetos pioneiros e modelo para o Estado como o Consórcio Intermunicipal de Saúde, o Consórcio Serra Catarinense – Cisama e a Agência de Desenvolvimento da Região dos Lagos – Adrel. Todas estas conquistas ao longo de cinco décadas, serão citadas e publicizadas a partir desta terça-feira (07), revelando a grande contribuição desta entidade para com a Serra Catarinense.


    Oneris Lopes 

  • Comentários
  • Trânsito na Carahá é interrompido para operação corte e poda de árvores

  • 07-08-2018
  • A Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente está fazendo o corte de árvores secas ou que estejam com o tronco já parcialmente apodrecido, além daquelas com pouco espaço para o crescimento das raízes ou que apresentem perigo de queda sobre as pistas de rolamento da movimentada avenida Belizário Ramos (Carahá). Ao todo são cerca de 40 árvores que precisam ser suprimidas da calha da avenida, ás margens do rio Carahá. Também está sendo feita a poda das demais espécimes ali plantadas.

    Em função disso, a interdição do trânsito é necessária. Na manhã desta segunda-feira (6 de agosto) por exemplo, a interdição ocorreu no trecho entre a ponte de acesso à rua Rio Grande do Norte até o cruzamento da Carahá com a avenida Presidente Vargas.

    Agentes da Diretran sinalizam com cones os locais onde a equipe de Serviços Públicos e Meio Ambiente está trabalhando. “Pedimos aos pedestres e motoristas que tenha paciência e cuidados ao transitarem por estes locais onde as árvores estão sendo cortadas”, alerta o secretário de Serviços Públicos e Meio Ambiente, Euclides Mecabô (Tchá-Tchá).

    “Essas árvores têm de ser cortadas por uma questão de segurança pública. Elas são serradas em toras e quem quiser levar para casa para usar como lenha, poderá solicitar a madeira, junto aos locais de trabalho”, fala Tchá-Tchá.

    O secretário disse também que todas as árvores suprimidas já estão sendo substituídas por mudas de árvores frutíferas. “Estamos plantando novas mudas de árvores em toda a extensão das avenida Carahá”, garante.

    Fotos: Marcelo Pakinha

  • Comentários
  • Convenção eleitoral do PPS reafirma força de Carmen Zanotto

  • 07-08-2018
  • O Partido Popular Socialista de Santa Catarina (PPS/SC) realizou ontem a sua convenção eleitoral. O evento aconteceu no Plenarinho da Assembleia Legislativa de Santa Catarina em Florianópolis. Lideranças, vice-prefeitos, vereadores e militantes lotaram o local durante a manhã de domingo e início da tarde.

    A deputada federal pelo PPS Carmen Zanotto irá disputar novo mandato parlamentar, com isso poderá manter a representatividade da mulher na Câmara Federal e fortalecer o trabalho que vem realizando, defendendo os interesses de Santa Catarina, principalmente na área da saúde.

    Também foi deliberada a coligação majoritária, sendo: Mauro Mariani, candidato ao Governo e Jorginho Mello, candidato ao Senado.

    A intenção do partido é manter a vaga na Câmara federal e conquistar pelo menos uma cadeira na Alesc.

    “O PPS quer fazer a diferença na vida de cada catarinense. Nosso trabalho continuará pautado pela ética, comprometimento e responsabilidade, atuando em prol das demandas da população catarinense”, destaca Carmen Zanotto.

     

    Fotos: PPS/SC divulgação

  • Comentários