Portal Expressiva

EDIÇÃO DE DEZEMBRO NAS BANCAS


EVENTOS

Blogs e sites Parceiros

[Ver Mais]

Você está em Meio Ambiente

[voltar]

PMA/SC faz parte do grupo de assessoramento técnico do Plano Nacional de Prevenção, Controle e Monitoramento do Javali

A Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina, por meio da 1ª Companhia do 2º Batalhão, localizado na Serra Catarinense, faz parte de um seleto grupo que será responsável pelo assessoramento técnico que fará o monitoramento das ações previstas no Plano Nacional de Prevenção, Controle e Monitoramento do Javali (Sus scrofa) no Brasil, publicado pelo Governo Federal no dia 08 de novembro. 

O Plano tem por finalidade conter a expansão territorial e demográfica do javali no país reduzindo o impacto ambiental, social e econômico. O grupo técnico tem a missão de revisar e elaborar procedimentos para controle da espécie, monitorar a sua distribuição geográfica e gerar conhecimento técnico-científico e sensibilizar a sociedade para os riscos que a espécie representa.

Em Santa Catarina, depois de inúmeras ações, a espécie está controlada. Para o comandante da PMA na Serra Catarinense, Adair Alexandre Pimentel, que tem contribuído para o avanço inúmeros estudos sobre o animal, feitos por diversas instituições no Brasil, a participação da entidade no desenvolvimento técnico do plano é uma grande conquista e significa o reconhecimento do trabalho realizado na prevenção, controle e monitoramento do javali no Estado. 

A entidade é, inclusive, com o apoio de outras instituições parceiras, pioneira no desenvolvimento de ferramentas tecnológicas inéditas que podem servir para todo o Brasil. “Minha responsabilidade no grupo técnico do Plano será avaliar a viabilidade do uso do aplicativo Ambiental SC em nível nacional e a integração do Sistema de Informação de Manejo de Fauna (Simaf) a esse aplicativo ou outros sistemas”, destaca. 

Para essa tarefa, o comandante contará com a ajuda do biólogo, mestre em Engenharia Florestal, soldado da PMA, Diego Kuster. Ele tem atuado como colaborador junto a vários outros pesquisadores do Brasil em trabalhos relacionados ao javali como, por exemplo, a elaboração de um relatório que diz respeito ao monitoramento da abundância, distribuição e condição sanitária das populações de javalis, seus impactos sócios-econômicos e ambientais e efetividades das atividades de prevenção e controle.

 

O javali

O javali é uma espécie exótica, natural da Europa e Canadá que chegou ao Brasil por volta dos anos 90, por meio de criadouros Grande do Sul e em São Paulo. Soltos no meio ambiente e sem predadores naturais no país, são encontrados em vida livre em 13 estados e no Distrito Federal.

A União Internacional para Conservação da Natureza considera o javali uma das cem piores espécies invasoras no mundo. Provoca prejuízos a lavouras de pequeno e médio porte, além de ameaçar a saúde e a segurança de pessoas e animais, silvestres e domésticos.

Elaboração do Plano

O Plano foi elaborado com a participação de representantes do MMA, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), do Ministério da Saúde, da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), de órgãos estaduais de Meio Ambiente (SP, PR e DF) e de Agricultura (RS, GO e SC), do meio acadêmico, de associações de tiro e caça, do Conselho Federal de Medicina Veterinária, do Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal, do Instituto Brasileiro para Medicina da Conservação (Tríade), da Confederação de Agricultura e Pecuária, da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos, da Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina e do Exército. 

Texto: Catarinas

Fotos: PMA

[Ver Mais Notícias]