Portal Expressiva

EDIÇÃO DE DEZEMBRO NAS BANCAS


EVENTOS

Blogs e sites Parceiros

[Ver Mais]

Você está em Educação

[voltar]

Estudantes do Senai em Lages estão entre os mais bem-preparados do estado

Ao conquistar quatro das seis melhores colocações nas competições de robótica e hóquei, os estudantes do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) de Lages despontam entre os mais bem-preparados nas áreas de mecatrônica e automação industrial em Santa Catarina. As equipes lageanas foram vencedoras do desafio Senai Challenge, recentemente, em Joinville. O evento reuniu representantes de todas as unidades da instituição no estado.

Os estudantes de cursos técnicos em Mecatrônica disputaram o Senai Challenge Robótica Móvel, nas modalidades de cross, na qual os robôs tinham de superar diversos obstáculos colocados em uma pista, e sumô, uma luta em que os robôs deveriam colocar o oponente fora do tatame. Neste desafio, a equipe de Lages noturno ficou na primeira colocação e a vespertino em terceiro.

Já os alunos de cursos técnicos em Automação Industrial desenvolveram dispositivos para disputa de air hóquei, com o objetivo e assinalar mais gols que os adversários. A equipe de Lages vespertino ficou em primeiro lugar e a de Lages noturno em segundo.

 

Envolvimento de toda unidade

Estar entre os melhores não é privilégio apenas dos vencedores dos desafios, mas de todos os envolvidos no processo de preparação. E aí se enquadram os professores e a equipe de profissionais da instituição.

A coordenadora do curso técnico de Automação Industrial, Vanessa Rech, destaca que todos abraçaram a causa, inclusive os outros cursos. “Tivemos a ajuda dos professores e alunos de Marcenaria, por exemplo. Eles construíram a mesa nas dimensões solicitadas. Sendo assim, o conhecimento e ensinamentos ultrapassaram a nossa área”.

Os projetos foram desenvolvidos ao longo do ano em aulas práticas e teóricas e em atividades extracurriculares. Todas as disciplinas dos cursos trabalharam algo relacionado aos projetos. “Nos últimos dias ficamos até duas da manhã. Teve vezes, que viemos no sábado, domingo e feriado. Os alunos estavam muito focados, comprometidos e motivados”, conta o coordenador de Mecatrônica, Dionatan de Liz.

 

Diferencial no mercado

Toda essa preparação fará a diferença na vida profissional dos alunos do Senai. É assim que pensa Guilherme Ribeiro, de 17 anos, concluindo de Automação Industrial e vencedor estadual da Olimpíada do Conhecimento. O jovem que adorava desmontar e construir novamente seus carrinhos, ingressou na instituição por meio do curso de aprendizagem aos 15 anos. Nesta fase, ele conseguiu emprego na área como eletricista de manutenção.

Atualmente é um dos bolsistas do Senai e vai representar Santa Catarina na etapa nacional da Olimpíada. “Ter a possibilidade de estudar e conhecer como a indústria como ela é, de fato, nos dá esse diferencial no mercado de trabalho e nos torna referência naquilo que fazemos”.

Aos 17 anos, Gabriela Merkle está concluindo o quarto e último módulo de Mecatrônica. Nas grandes indústrias, a área de eletrônica demanda muito profissionais do sexo feminino porque são detalhistas. Esse foi um dos motivos que ajudou a equipe de Lages estar entre os vencedores da disputa de robótica do Senai Challenge.

Um dos critérios de avaliação era a estética. “Nós, mulheres, temos uma visão diferente das coisas, somos detalhistas. Isso ajudou muito minha equipe. Vencer esse torneio me mostrou que somos capazes, basta aproveitar as oportunidades. Quando buscarmos uma colocação profissional não será diferente”. 

 

Catarinas Comunicação 

 

Foto: Assessoria de Imprensa Fiesc

[Ver Mais Notícias]