Portal Expressiva

EDIÇÃO DE DEZEMBRO NAS BANCAS


EVENTOS

Blogs e sites Parceiros

[Ver Mais]

Você está em Geral

[voltar]

Alesc concede título de Cidadão Catarinense ao presidente do TJ

A Assembleia Legislativa concedeu o título de Cidadão Catarinense ao presidente do Tribunal de Justiça, José Antônio Torres Marques, nascido no Rio Grande do Sul. A homenagem, na noite desta terça-feira (5), foi proposta pelo deputado Gabriel Ribeiro (PSD).

Torres Marques, um apaixonado por SC, começou a sua carreira de juiz pela Comarca de Lages na década de 1980. Depois, foi juiz em Trombudo Central, Orleans e São Miguel d’Oeste, antes de ser transferido para Florianópolis. Em seu discurso, ele destacou as semelhanças entre o Rio Grande do Sul e Lages, onde permaneceu por sete anos. Salientou a hospitalidade da região e disse que passar pelas comarcas do interior o ajudou a conhecer a multicidade cultural de Santa Catarina.

Gabriel Ribeiro ressaltou pontos históricos comuns nos dois Estados, como a República Juliana em 1839 (durante a Revolução Farroupilha), o tropeirismo desde o século 17, além de tradições musicais, os CTGs e a gastronomia. O deputado ainda enfatizou a gestão de Torres Marques à frente do TJ como participativa e pautada pela transparência.

Além de construir a carreira de magistrado em Santa Catarina, os filhos de José Torres Marques (Eduardo e Antônio) são catarinenses. Ele mora no Estado há 34 anos e na Capital há 24. “Não cabe a mínima hesitação de que aqui é o meu lar”, declarou o presidente do TJ logo após a entrega o título de Cidadão Catarinense pelo presidente da Alesc, Silvio Dreveck e por Gabriel Ribeiro.

José Torres Marques se formou em 1979, pela Pontifícia Universidade Católica de Porto Alegre. Foi aprovado e tomou posse como juiz substituto em Santa Catarina, em 2 de maio de 1983. Sempre atuou na área criminal. Ele foi promovido ao cargo de desembargador em 17 de maio de 2002, e comanda o TJ na gestão 2016/2018.

[Ver Mais Notícias]