Portal Expressiva

EDIÇÃO DE DEZEMBRO NAS BANCAS


EVENTOS

Blogs e sites Parceiros

[Ver Mais]

Você está em Política

[voltar]

Política de reajustes nos preços de combustíveis é inviável ao consumidor

Em discurso na Tribuna da Câmara terça-feira (5), o deputado federal Celso Maldaner manifestou apoio a FETRANCESC - Federação de Transportes de Cargas e Logísticas, sobre a política de reajustes nos preços de combustíveis. A Federação encaminhou ao parlamentar e a Petrobras, dados em que citam 303 dias corridos (de janeiro a outubro) com 102 oscilações, aumentando ou diminuindo os preços. A maior concentração de variações foi entre 1° de julho e 31 de outubro: sendo 96 mudanças em 123 dias, aproximadamente uma variação a cada um dia e meio. “Com esta política de reajuste adotada pela Petrobras, é praticamente impossível, principalmente para as empresas de transporte de cargas, manterem uma negociação com seus clientes e fornecedores, já que o aumento nos postos e distribuidoras é instantâneo para o transportador, mas a redução quando aplicada não é imediatamente repassada aos preços. Vou solicitar uma audiência com o presidente da estatal e saber mais detalhes acerca desta política implantada e também levar sugestões”, destacou o deputado.

A sugestão apresentada pela Federação é um reequilíbrio de preço a cada seis meses, ou quando o desequilíbrio apresentar um percentual acima de 5% - como uma espécie de gatilho – que a Petrobras faça o respectivo reajuste, aumentando ou reduzindo o preço conforme o caso.

 

[Ver Mais Notícias]