Portal Expressiva

EVENTOS

Blogs e sites Parceiros

[Ver Mais]

Você está em Geral

[voltar]

Defesa Civil aborda população de rua para prestar orientações sobre o funcionamento do Abrigo Temporário

Os trabalhos iniciam nesta segunda-feira (9) e possui previsão para ocorrer durante o período de inverno

Devido à chegada de uma massa polar em Santa Catarina nos próximos dias e consequentemente os possíveis registros das baixas temperaturas na região serrana, em parceria com a Secretaria de Assistência Social e Habitação de Lages, na noite desta segunda-feira (9 de julho), os profissionais da Defesa Civil Municipal iniciam os trabalhos de abordagem em determinados bairros do município para alertar a população de rua sobre o funcionamento do Serviço de Proteção em Situação de Emergência, conhecido como Abrigo Temporário.

Segundo o secretário executivo da Defesa Civil Municipal, Jean Felipe de Souza, essa operação possui previsão para ocorrer durante o período de inverno. “Serão destinados três veículos para este fim, e envolverá uma equipe de três pessoas. Assim que alguém for identificado será prestado informações sobre o Abrigo e caso o mesmo esteja em conformidade, tanto os nossos profissionais como os da equipe da Abordagem Social poderão efetuar o encaminhamento para o Serviço. As equipes estarão à disposição 24 horas para prestar todo o atendimento necessário. O telefone da Defesa Civil para contato é o (49) 3222-9661 ”, diz Jean.

Localizado na av. Papa João XXIII, nº 1352, bairro Ipiranga, no antigo Seminário Diocesano, o espaço dispõe de dois andares e com ambientes amplos, contendo diversos quartos, banheiros, cozinha, sala de estar e almoxarifados para armazenar alimentos e roupas.

Em atividade desde o dia 20 de junho, de acordo com a diretora do Serviço de Proteção Especial de Alta Complexidade da Secretaria de Assistência Social e Habitação de Lages, Jamile Araújo Yared, todas as noites são atendidas uma média de 35 pessoas. Alguns dos objetivos do Serviço são assegurar o acolhimento imediato em condições dignas e de segurança, manter alojamentos provisórios, identificar perdas e danos ocorridos, cadastrar as pessoas nesta situação, inseri-las no Cadastro Único (CadÚnico), articular a rede de políticas públicas e redes sociais de apoio para prover as necessidades detectadas, promover a inserção na rede socioassistencial e o acesso a benefícios eventuais.

Encontrou alguém dormindo na rua, ligue para o Serviço Especializado de Abordagem Social e informe o local. Os telefones úteis são o (49) 98406-2980 ou (49) 99921-1125.

[Ver Mais Notícias]