Portal Expressiva

EVENTOS

Blogs e sites Parceiros

[Ver Mais]

Você está em Geral

[voltar]

Acil Jovem busca pacto pelo desenvolvimento de Lages

“O poder público deve ser o indutor da geração de riquezas da cidade. E para isso precisa ser eficaz. As pessoas e a sociedade em si devem entender isso, pois um poder público eficaz poderá muito contribuir com o desenvolvimento econômico e humano de uma cidade”, Márcio da Silveira

“Desenvolvimento das Cidades” foi a palestra proferida pelo diretor de tecnologia da informação da Prefeitura de Jaraguá do Sul, Márcio da Silveira, ontem à noite, no Centro Serra, abrindo o Fórum de Desenvolvimento Econômico do Município de Lages, evento este organizado pelo Núcleo de Jovens Empreendedores (ACIL Jovem).

Em seguida, o palestrante, juntamente com o diretor do Banco da Família, Carlos Eduardo de Liz (Caco), desenvolveram o painel sobre economia, enquanto que o tema do segundo painel “Pensando a Cidade” ficou por conta dos arquitetos João Argon Preto e José Augusto Fornari de Souza. O mediador foi o empresário do ramo de tecnologia, Athos Branco.

Ao final, ocorreu um debate, no qual os participantes do Fórum puderam expor suas ideias, questionamentos ou sugestões pertinentes aos temas desenvolvidos (tempo limite de dois minutos por pessoa).

Segundo o presidente da ACIL Jovem, Thiago Mazuhy Andrade, o objetivo do Fórum foi gerar um pacto em torno do Plano de Desenvolvimento Econômico de Lages.

O prefeito Antonio Ceron e o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Mário Hoeller de Souza, participaram do evento, sendo que Márcio da Silveira em sua fala inicial se reportou várias vezes ao prefeito, especialmente no que diz respeito ao programa “Cidade Empreendedora”, uma criação do Sebrae e que vem sendo desenvolvido pela Prefeitura de Lages.

“O poder público deve ser o indutor da geração de riquezas da cidade. E para isso precisa ser eficaz. As pessoas e a sociedade em si devem entender isso, pois um poder público eficaz poderá muito contribuir com o desenvolvimento econômico e humano de uma cidade”, discorreu Márcio da Silveira.

Ele também disse que as lideranças de uma cidade devem ter todo o apoio e incentivo, em suas iniciativas empreendedoras, pois desta forma permanecerão na cidade, contribuindo com o desenvolvimento que se quer alcançar.

Ações já desenvolvidas em Cingapura (Tigre Asiático), em Portland (USA) e em Barcelona (Espanha), as quais são exemplos de desenvolvimento socioeconômico, foram a base da palestra proferida pelo servidor público municipal de Jaraguá do Sul. Márcio estudou em Barcelona, nas décadas de 1960/70 e atualmente faz um mestrado na área tecnológica.

Fotos: Marcelo Pakinha

[Ver Mais Notícias]