Portal Expressiva

NAS BANCAS EDIÇÃO DE DEZEMBRO


EVENTOS

Blogs e sites Parceiros

[Ver Mais]

Você está em Economia

[voltar]

Inicia marcação do terreno onde será instalada a Berneck

Uma etapa essencial, que antecede a elaboração do projeto de instalação da empresa Berneck em Lages. Foi iniciada nesta quinta-feira (20 de setembro), a medição e marcação do terreno, localizado às margens da BR-116. O prefeito Antonio Ceron fez questão de acompanhar in loco o início deste trabalho, além de conhecer de perto o local onde será implantada a unidade de uma das maiores empresas do ramo madeireiro do país.

O trabalho de medição e marcação, confrontando com terrenos vizinhos, está sendo realizado por dois topógrafos, sendo um deles representante da empresa e outro da família Schroeder, proprietária de parte do terreno. Também acompanha os trabalhos o engenheiro da Secretaria Municipal do Planejamento e Obras, Caetano Palma Neto.

De acordo com o supervisor de geoprocessamento da Berneck, Leonel Schunig, essa etapa deverá estar concluída em aproximadamente 15 dias, e depois será dado andamento na execução do projeto em si, com trabalhos de limpeza e sondagem do solo, e depois a terraplanagem.

A estimativa é que as obras de construção da unidade comecem efetivamente em janeiro. “Caminhando pelo terreno é que temos a dimensão do que vai ser. Será uma das maiores empresas da região, com empreendedores que acreditam no reflorestamento. O diretor presidente da empresa, Gilson Berneck, nos disse que, em 20 anos, um hectare de pinus plantado rende mais que a plantação de soja”, salienta o prefeito Ceron.

Pinus será matéria prima

O terreno conta com uma área total de 99,69 hectares. São duas áreas localizadas na Fazenda Cruz de Malta, às margens da BR-116. Uma que pertencia à família Schroeder e outra da Seara Alimentos Ltda.

Cerca de 80% da extensão está tomado por plantação de pinus, os quais foram adquiridos pela empresa por aproximadamente R$ 900 mil. Este valor será revertido à prefeitura, como forma de indenização pelas despesas com a aquisição do terreno e doação à empresa. “Os pinus irão servir de matéria prima para a empresa, e serão encaminhados à fábrica de Curitibanos. Uma parte ainda é de árvores jovens, com cerca de oito anos”, afirma o supervisor Leonel Schunig.

Também está sendo medida e avaliada uma área a mais, com cerca de oito hectares, que será comprada pela Berneck para complementar o terreno e adequá-lo conforme as necessidades de execução do projeto.

800 milhões de investimentos e 600 empregos

A exemplo da unidade em funcionamento no município de Curitibanos, a Berneck deverá investir em Lages cerca de R$ 800 milhões, além da estimativa de 600 empregos diretos nos primeiros meses.

A previsão é de R$ 650 mil por mês de retorno de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) com a movimentação de aproximadamente R$ 50 milhões em mercadorias. A Berneck será a terceira maior empresa arrecadadora de impostos em Lages, atrás apenas da Ambev e Klabin.

Fotos: Toninho Vieira

[Ver Mais Notícias]