Portal Expressiva

NAS BANCAS EDIÇÃO DE DEZEMBRO


EVENTOS

Blogs e sites Parceiros

[Ver Mais]

Você está em Economia

[voltar]

Campanha do Mês das Crianças da CDL busca a valorização dos pequenos

Além da tradicional campanha de incentivo às vendas para o segmento do comércio feita pela CDL Lages com o apoio da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina, buscando ampliar a divulgação da data que é a segunda mais importante do último trimestre do ano, FCDL/SC e CDLs lançam a campanha “Brinquedo com Abraço”.

A identidade visual e funcionamento da campanha foi apresentada na reunião de diretoria desta terça-feira, dia 02 de outubro, e os vice-presidentes, conselheiros e coordenadores aderiram à campanha, já solicitando os materiais de divulgação. São cartazes, identificação das caixas.

Assim, durante o mês de outubro a CDL promove arrecadação de brinquedos, estimulando a  ação voluntária de doação em diversos pontos, entre eles lojas e empresas associadas. As arrecadações serão destinadas uma instituição beneficente do município de Lages. Para participar como ponto de arrecadação basta contatar a CDL Lages.

“Todo o pouco que oferecemos a alguém pode ser muito e quando se trata de crianças então, esta é uma oportunidade de marcar a vida delas com um simples gesto. Precisamos mostrar a elas o melhor ”, reforça o presidente da entidade, Marcos Tortelli.

Ainda, durante a reunião diversos outros temas de interesse da entidade e inerentes aos produtos e serviços prestados pela CDL aos seus associados, assim como da representatividade e participação da entidade nos conselhos  e nos processos da cidade foram tratados.

 

Varejo de SC deve registrar aumento de vendas para o dia das crianças

Com tíquete médio de R$ 150, levantamento mostra otimismo dos lojistas

 

As vendas no varejo para o dia das crianças devem ser levemente maiores neste ano em Santa Catarina. De acordo com levantamento da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL/SC), 86,66% creem que haverá resultados positivos quando comparado com o mesmo período do ano anterior.

Há expectativa de crescimento de até 10% na avaliação de 66,66% dos entrevistados. Entre os itens que acreditam serem os mais procurados, os brinquedos aparecem com 30,67% da preferência, seguido do vestuário com 23,33%. Na opinião de 59,3%, o tíquete médio alcançará R$ 150.

Na avaliação de Ivan Roberto Tauffer, presidente da FCDL/SC, essa projeção positiva se deve principalmente em grande parte ao ciclo de corte de juros, iniciado pelo Banco Central e ao controle da inflação, que permanece dentro da meta. Outro fator determinante é a retomada do ritmo de consumo das famílias. A consulta foi realizada junto às empresas associadas com atuação no varejo nas 20 cidades catarinenses de maior índice de potencial de consumo.

[Ver Mais Notícias]