Leilões da Expolages 2022 encerram com faturamento acima R$ 4,7 milhões

Por Luiz Del Moura

A força da economia serrana foi comprovada mais uma vez com a realização da Expolages, finalizada na noite desta segunda-feira (17), com o último leilão no Pavilhão José Arruda Ramos, de Gado Geral. Todos os 382 animais, distribuídos em 51 lotes foram comercializados. Em pista, a oferta de bois, novilhas, vacas com cria, vacas prenhas, vacas servidas e vacas vazias. No final, as vendas fecharam com um faturamento de R$1.307,472. Na soma dos seis leilões de bovinos e equinos consecutivos, realizados durante a Feiral, o montante de R$4.734,792. O evento desta segunda marcou o encerramento oficial da Expolages 2022.

No decorrer do leilão de Gado Geral, um fato relevante ocorreu. No lote de número 22, ofertado pela empresa EJCG Agropecuária, a oferta de 22 bois Aberdeen Angus/Brangus, com peso médio de 287 quilos, entrou na pista. Foi o lote mais disputado e valorizado da noite, com o quilo médio ofertado, em R$12,92. Na mesma ocasião, o leiloeiro Delamar Macedo também esperou 22 segundos, algo nunca feito antes, para dar a última batida do martelo, para o lote especial. Cada animal foi comercializado ao preço de R$1.242,00.

O presidente da Associação e Sindicato Rural de Lages, Márcio Cícero Neves Pamplona, ressaltou que a venda de um lote diferenciado foi um momento em que o patriotismo ficou desenhado na prática, mostrando a união e a força do agronegócio. Disse ainda, que não se trata de ideologia, e sim, uma demonstração de defesa do setor, da família e da liberdade. Ressaltou que o fato serviu para evidenciar o posicionamento político, para a afinação das ideias, e para reforçar a convicção democrática ao público, em favor de um governo que defenda e esteja ao lado de quem produz alimentos. “Para 2023, já há planos para ampliar a Expolages, e no meio animal, com a participação de novas raças, entre outras novidades”, concluiu.

Médias:

Boi (R$ 11,11), Novilhas (R$10,73), Vacas c/cria (R$9,53) Vacas Prenhas (R$8,58), Vacas Servidas (R$8,26) e Vacas Vazias (R$7,71)

Crédito fotos: Paulo Chagas

Leia também

Deixe um comentário

dezenove − 1 =