Leoas da Serra sai atrás, busca a virada e sagra-se pentacampeã Estadual contra a rival Female

Por Luiz Del Moura

O Leoas da Serra sagrou-se pentacampeão da Série Ouro do Campeonato Catarinense. A equipe lageana venceu, de virada, a rival Female (Chapecó), por 3 a 2, ficou com título e garantiu vaga na Taça Brasil em 2023. Os gols lageanos foram marcados por Nessa, Giy e Nega no último minuto do confronto.

As equipes já se enfrentaram em seis finais de Estadual, Leoas levou a melhor em cinco oportunidades, enquanto a Female ficou com título em 2017. A partida deste domingo (4 de dezembro), no Jones Minosso, também marcou a despedida de Nega com a camisa do Leoas após três temporadas, o destino da camisa 11 será a Europa.

O Leoas da Serra encerra a temporada 2022 com quatro títulos em seis competições disputadas. A equipe sagrou-se campeã do Torneio de Início da Liga Feminina de Futsal (LFF), do Pan-americano Universitário, dos Jogos Abertos (Jasc) e do Campeonato Catarinense.

O Jogo

A final começou estudada pelas equipes, mas aos poucos a Female foi tomando conta da etapa inicial. Aos três minutos, Rafa fez fila na defesa do Leoas e encheu o pé, porém Rê estava atenta e espalmou para escanteio. No lance seguinte, a equipe de Chapecó não perdoou. Após bate-rebate, a bola sobrou para Poli que estufou as redes. Um minuto mais tarde, em cobrança de falta, Gi Portes rolou para Aninha fazer um golaço e ampliar o placar.

Leoas precisava correr atrás do prejuízo e se lançou ao ataque, arriscava chutes de meia distância, mas sem sucesso. Aos dez minutos, em um contra-ataque, a bola sobrou para Nega que tentou encobrir a goleira Giga, mas a defensora foi mais rápida e com um toque impediu o primeiro gol lageano.

Aos 17 minutos, Leoas diminuiu. Após passe errado de Índia, Nessa dominou a bola, viu a Giga adiantada, chutou do meio da quadra e marcou um golaço. No último minuto do primeiro tempo, Nega encontrou Nessa livre dentro da área, mas na hora do arremate a camisa 77 chutou para fora e levou a desvantagem para o vestiário.

Segundo tempo

Leoas começou a etapa final com uma postura diferente, a equipe lageana voltou do vestiário pressionando o adversário e quase empatou com Nessa e depois com Nega. Aos cinco minutos, a Female respondeu. Saiu no contra-ataque, a Gi Portes entrou na área fazendo fila e encontrou Índia livre de marcação, mas na hora de estufar as redes chutou para fora.

O jogo seguiu equilibrado, o Leoas buscava o empate, porém pecava no último passe. Já pelo lado da Female, Gi Portes, ex-Leoas, ditava o ritmo da partida e distribuía canetas.

Restando sete minutos, Leoas optou por jogar com goleira-linha e deu resultado. Giy Costa recebeu a bola da entrada da área e encheu o pé para marcar um golaço e deixar tudo igual na final.

O empate ainda dava o título a Female, então Leoas se lançou ao ataque para buscar a virada. Restando três minutos, Nega quase virou o jogo, a camisa 11 chutou rasteiro quase sem ângulo e a bola bateu na trave e saiu. No último minuto, Nessa encontrou Nega livre e dessa vez a pivô não desperdiçou, chutou rasteiro no canto sem chances para a goleira Giga.

Após sofrer a virada, foi a vez da Female entrar com goleira-linha, porém a equipe lageana foi efetiva na defesa, segurou o resultado e sagrou-se pentacampeã da Série Ouro do Campeonato Catarinense.

 

Texto: Lucia Chaves

Foto: Fom Conradi

Leia também

Deixe um comentário

12 − nove =