Aberta oficialmente em Santa Catarina a Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência

Por Luiz Del Moura

Foi aberta oficialmente na noite desta terça-feira, 23, a V Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência. O evento, promovido pela Secretaria de Estado da Assistência Social, Mulher e Família (SAS) e pelo Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conede/SC) reúne quase 400 pessoas entre delegados, acompanhantes, convidados e observadores.

A conferência terá como tema central Cenário atual e futuro na implementação dos Direitos da Pessoa com Deficiência – Construindo um Brasil mais inclusivo. O objetivo é debater políticas públicas e garantir oportunidades iguais para todos os 6,9% de catarinenses que possuem algum tipo de deficiência, conforme o censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2022.

A secretária adjunta da SAS, Luciane dos Passos, participou da abertura representando o governador Jorginho Mello e destacou o compromisso do Governo do Estado com as pessoas com deficiência e a importância do evento.  “A Conferência é um espaço de diálogo, onde as pessoas com deficiência, a sociedade e o poder público entendem, discutem e reivindicam ações diante de suas necessidades. É um momento muito importante para ouvirmos as demandas e juntos encontrarmos formas de consolidarmos direitos, integrando ações de toda a sociedade para garantir mais inclusão”, disse.

Ela comenta ainda que Santa Catarina foi o estado que mais realizou conferências municipais e regionais, 42 ao todo.

Até a quinta-feira, 25, os participantes vão tratar de assuntos como Estratégias para manter e aprimorar o controle social assegurando a participação das pessoas com deficiência; Garantia do acesso das pessoas com deficiência às políticas públicas e avaliação biopsicossocial unificada; Financiamento da promoção de direitos da pessoa com deficiência; Cidadania e Acessibilidade e Os desafios para a comunicação universal. A conferência nacional está prevista para julho, em Brasília.

Secretaria de Estado da Assistência Social, Mulher e Família

Leia também

Deixe um comentário

1 × 1 =