Academias da Saúde de Lages são aliadas para quem busca qualidade de vida

Por Luiz Del Moura

A Academia da Saúde faz parte de um programa do Ministério da Saúde (MS) que tem o objetivo de fortalecer as práticas de promoção e prevenção de saúde nos territórios e de acompanhamento de cuidado dos pacientes. Fortalece as ações de promoção da saúde em articulação com outros programas e ações da Atenção Básica, como a Estratégia da Saúde da Família (ESF), os Núcleos de Apoio à Saúde da Família (Nasfs) e a Vigilância em Saúde. Em Lages, a iniciativa ocorre em dois bairros: Santa Mônica e Guarujá.

De acordo com a gerente de Atenção Básica, da Secretaria de Saúde de Lages, Bruna Vaz, os locais são compostos por dois educadores físicos em cada um. “Além de trabalhar com grupos de atividades físicas, têm os grupos de caminhada e pedalada. Os exercícios são elaborados conforme as características das pessoas, se possuem hipertensão, diabetes ou se é apenas para manter a saúde em dia”, esclarece.

Os polos ficam localizados nos respectivos bairros, com infraestrutura e equipamentos necessários para a prática, ao lado da Unidade Básica de Saúde (UBS), mas podem atender a população de toda a região. “As inscrições são feitas através do contato direto conosco, educadores físicos nas academias”, frisa a educadora física da Academia do bairro Guarujá, Conceição Martins.

Para praticar as atividades, o aluno precisa apresentar um atestado de saúde e realizar uma avaliação física. “Através da dança, dos alongamentos e dos exercícios, queremos contribuir para as demais atividades do dia a dia. Que elas tragam fortalecimento muscular e mais flexibilidade para tarefas simples, como se abaixar ou esticar o braço para pegar algo”, explica o educador físico, também da Academia do bairro Guarujá, Flávio Rosa Liz.

Texto: Natasha Monteiro

Foto: Arquivo Coordenadoria de Comunicação Social da Prefeitura de Lages

Leia também

Deixe um comentário

3 × cinco =