Banco da Família realiza ação voluntária para reduzir impacto do frio em famílias de Lages

Por Luiz Del Moura

O projeto “Minha Casa Mais Bela” faz mutirão para realizar isolamento térmico de casas na Serra catarinense

A ação social “Minha Casa Mais Bela” será realizada no próximo sábado (20/05), das 8h às 12h, em Lages, na Serra de SC, por voluntários do Banco da Família (BF). Esta é a segunda edição do projeto, que iniciou em 2022. A casa a ser beneficiada desta vez receberá isolamento térmico, feito com caixas de leite, forro no telhado, pintura externa e cortinas. No local, mora uma família com dois adultos e duas crianças que estão em vulnerabilidade social. A ação é promovida pelo Banco da Família com parceria da empresa Bella Janela e Collor Tintas, além do apoio de Zago Casa e Construção e JZago Home Center.

Cerca de vinte pessoas devem participar do mutirão, que inicia fixando as caixas de leite na parede. Posteriormente, um tecido é colocado por cima do isolamento, para deixar o ambiente bonito. As janelas também recebem cortinas e a parte externa da casa é renovada com pintura. Através de uma doação, o forro da casa, que estava com goteiras, já foi trocado pela família. O imóvel escolhido foi uma indicação das agentes de crédito do BF, que percorrem a comunidade de Lages para entender as necessidades das famílias.

“Estamos exercendo nosso papel social como uma empresa de microfinanças e também ambiental, utilizando a reciclagem das caixas de leite. A região Sul do Brasil sofre muito com o impacto do frio e há muitas famílias em situação de vulnerabilidade na região serrana de SC. Queremos inspirar outras empresas a fazerem o mesmo em suas regiões” afirma Marcelo de Souza, supervisor de responsabilidade social do Banco da Família.

Outras duas edições do “Minha Casa Mais Bela” ocorrerão ainda neste ano e beneficiarão outras famílias da Serra catarinense.

Sobre o Banco da Família

Fundado em Lages há 24 anos, o Banco da Família tem cerca de 26.700 mil clientes ativos em 222 municípios de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), já concedeu mais de R$ 1,2 bilhão em crédito em mais de 400 mil operações. Segundo a Associação Brasileira de Entidades Operadoras de Microcrédito e Microfinanças (Abcred), o Banco da Família é a maior instituição de microfinanças do Sul do país, tendo impactado aproximadamente 1,5 milhão de pessoas, sendo classificado como o melhor do Brasil e terceiro do mundo no setor, segundo a Microrate.

Leia também

Deixe um comentário

cinco × 1 =