Carmen Zanotto considera um grande passo incorporação do Zolgensma pelo SUS

Por Luiz Del Moura

A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde, a CONITEC,  aprovou a incorporação do Zolgensma para o tratamento da AME, a Atrofia Muscular Espinhal, tipo 1, em pacientes com até seis meses de idade.

“É mais um passo na luta das famílias e dos pacientes portadores de Atrofia Muscular Espinhal. No entanto, não atende a expectativa de todos em função da faixa etária definida, mas é um grande passo”, disse a deputada Carmen Zanotto, que é presidente da Frente Parlamentar Mista da Saúde.

De acordo com a recomendação da CONITEC, o medicamento Zolgensma será disponibilizado em um prazo de 180 dias.

“Agora precisamos ampliar o acesso ao tratamento e dar agilidade para o diagnóstico precoce por meio do teste do pezinho”, complementou a parlamentar.

A atrofia muscular espinhal (AME) é uma doença genética rara, progressiva e muitas vezes letal, que afeta a capacidade de caminhar, comer e respirar. É considerada a principal causa genética de morte em bebês.

Gabinete Carmen Zanotto

Leia também

Deixe um comentário

sete + onze =