Escritório Modelo de Assistência Jurídica do curso de Direito da Uniplac é tema de sessão da Câmara

Por Luiz Del Moura

Uma sessão especial do Poder Legislativo Lageano vai apresentar o trabalho desenvolvido pelo Escritório Modelo de Assistência Jurídica José Maria Cassiano da Silva (Emaj), vinculado ao curso de Direito da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac). Proposto pela vereadora Suzana Duarte (Cidadania) e aprovado por unanimidade pelos legisladores através do requerimento 080/2023, o evento acontece nesta quinta-feira (25 de maio), a partir das 19 horas, no Plenário Nereu Ramos da Câmara de Lages.

Instalado em 11 de agosto de 1988, o Emaj completa 35 anos de atividades em 2023. A estrutura proporciona a experiência prática da profissão aos acadêmicos das últimas fases de Direito – do primeiro atendimento aos clientes até a efetiva prestação jurisdicional, como a elaboração de peças e acompanhamento dos processos. Além de servir como espaço pedagógico obrigatório e supervisionado do curso, a iniciativa fornece acesso gratuito à Justiça para a população hipossuficiente de Lages e região.

Ademais ao atendimento personalizado fornecido à população, através do Escritório Modelo são realizados projetos como “Universidade Vai ao Bairro”, “Direito e Medicina Realizando Perícias – Dimerp”, “Núcleo de Agentes Facilitadores do Emaj”, palestras de conscientização às comunidades sobre os direitos e deveres dos cidadãos, da Família, das Sucessões e do Trabalho, entre outros. O professor Gregory Palhano Guglielmin responde pela coordenação do Emaj e os contatos são pelo e-mail emaj@uniplaclages.edu.br e pelo fone (49) 3251-1016.

Entre os precursores do Emaj estão o primeiro chefe de departamento de Ciências Jurídicas, juiz Renato Melillo Filho, os professores orientadores Rogê Macedo Neves, José Samuel Nercolini, Silvia Capaverde de Quadros e José Maria Cassiano da Silva, a secretária Sandra Eble de Liz e a assistente social Adriana Daum Figueiredo. A audiência inicial ocorreu no dia 9 de setembro de 1988, na 2ª Vara Cível da Comarca de Lages, sendo uma separação consensual conduzida pela então estagiária Sumaya Dabbous.

Fotos: Divulgação Uniplac.

Everton Gregório – Jornalista | Câmara de Lages

Leia também

Deixe um comentário

11 + dezenove =