Equipes da Assistência Social realizam abordagens em pessoas de situação de rua

Por Luiz Del Moura

Na tarde de segunda-feira (24), a equipe do CREAS de São Joaquim, com o apoio da Polícia Militar, realizou Abordagem Social no centro da cidade com o objetivo de incluir na rede de serviços socioassistenciais e nas demais políticas públicas as pessoas em situação de rua.
O trabalho realizado compreende a verificação de vínculos familiares, o contato com estes, e a verificação de viabilidade de retorno à cidade de origem ou local mais próximo. É importante salientar que estas intervenções têm acontecido com frequência diária.
Os casos, em sua maioria, são de pessoas migrantes para trabalho na safra da maçã. Por este motivo, a maioria recusa atendimento do CREAS alegando que já possuem local de trabalho definido ou que estão aguardando os proprietários dos pomares irem buscá-los em locais de encontro definidos pelos empregadores (como as praças centrais ou a rodoviária).
A equipe do CREAS solicita que a população joaquinense, ao presenciar pessoas em situação de rua, encaminhe-a até o CREAS ou até a Secretaria Municipal de Assistência Social, para que esta pessoa seja devidamente atendida.
A título de informação, salienta-se que compete à assistência social do município apenas ofertar os benefícios eventuais existentes, que são passagem e hospedagem temporária (e que esta última não está sendo ofertada por falta de interessados em contratar com o município para este fim). A Lei que regulamenta os benefícios eventuais é a LEI 4.467/2017, disponível no site da Prefeitura Municipal de São Joaquim para consulta.
No ano de 2021, foram ofertados pela secretaria de assistência social e CREAS 450 atendimentos de benefícios eventuais de passagem, hospedagem temporária, aluguel social e alimentação.

Assessoria de Comunicação – Prefeitura Municipal de São Joaquim

Leia também

Deixe um comentário

um × três =