Defesa Civil de Lages atende população atingida por alagamentos após forte chuva desta segunda-feira

Até o momento 16 bairros foram afetados com alagamentos, atingindo também vários pontos do rio Carahá que em pouco tempo transbordou causando transtornos no trânsito em horário de pico e alagando casas que ficam às margens

Por Claudio Santos

Após a ocorrência de forte chuva em Lages nesta segunda-feira (30), a Defesa Civil Municipal segue atendendo às inúmeras solicitações de auxílio em vários pontos da cidade. O temporal teve início por volta 11h da manhã e se estendeu com grande intensidade até pouco mais do meio-dia, chovendo aproximadamente 33.2 milímetros em apenas 45 minutos.

Nas últimas 24h choveu o equivalente a 58,6 milímetros e o nível do rio Carahá chegou a 3,28 metros. A chuva vem perdendo intensidade e a enxurrada também diminui. A Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente está fazendo a limpeza das ruas afetadas para diminuir os impactos causados pela chuva. “Estamos trabalhando para trazer a normalidade para a cidade, pois após as enxurradas, muita lama e entulhos ficam depositados pelas ruas e avenidas, atrapalhando o fluxo”, ressalta o secretário Jean Felipe.

Até o momento 16 bairros foram afetados com alagamentos, atingindo também vários pontos do rio Carahá que em pouco tempo transbordou causando transtornos no trânsito em horário de pico e também alagando casas que ficam às margens. “Somente no meu número particular recebi mais de 200 ligações de pedido de socorro. Estamos registrando todas as ocorrências, que em breve serão divulgadas por meio de relatório completo. É importante alertar a população para não deixar de registrar os danos causados para que isso não afete a liberação do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), seguro de residência, entre outros benefícios que possam vir a ser solicitados devido à situação de emergência”, enfatiza o secretário da Defesa Civil, João Eduardo da Silva Pacheco (Sargento Pacheco).

A Defesa Civil presta atendimento 24h pelo telefone de plantão (49)99836-1702, pelo canal 199 e também pelos telefones (49) 3019-7477 e 3019-7479.

Leia também

Deixe um comentário

um × dois =