Semana ODS na Prática terá ações e engajamento de signatários na busca pela melhoria da qualidade de vida

Por Luiz Del Moura

De 25 a 30 de setembro cada um irá divulgar os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável nos seus espaços de convivência, reforçando boas atitudes e melhorando comportamentos. No sábado (30) um piquenique vai reunir todos os signatários

Neste ano a Prefeitura de Lages tornou-se signatária do movimento mundial Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). O movimento é uma rede que acredita no desenvolvimento sustentável. Um movimento social constituído por voluntários, de caráter suprapartidário, plural e ecumênico, com a finalidade de contribuir para a melhoria da qualidade de vida da sociedade.

Com o lema “Ninguém pode ficar de fora! Cada ação conta, cada passo importa”, irá enfatizar a importância das políticas públicas e o papel das empresas e organizações para o alcance dos ODS.

Além da prefeitura, outras instituições da iniciativa pública e privada juntaram-se a esta causa e tornaram-se signatárias do movimento: Sesc, CAV/Udesc, Banco da Família, Associação Tramatusa, Alam, Câmara de Vereadores de Lages, Colégio Santa Rosa, Polícia Militar Ambiental, as empresas Klabin, Sudat e Ambev e mais de 40 pessoas físicas que participam do comitê local.

Signatários organizam semana repleta de atividades e piquenique

De 25 a 30 de setembro todos os signatários e pessoas engajadas nesta causa realizam a “Semana ODS na Prática”. Durante este período cada um irá divulgar os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável nos seus espaços de convivência, reforçando boas atitudes, melhorando comportamentos através de palestras, oficinas integrativas, exposições, desenhos, entregas de alimentos, roupas, cultivo de hortas e jardins, compostagem, separação de recicláveis, cuidado com pessoas e animais, vacinação, exposições, entre outras iniciativas que irão demonstrar o que cada um está fazendo em prol de um mundo melhor.

No sábado dia 30, das 14h às 17h no Parque Jonas Ramos (Tanque), haverá o Piquenique ODS onde todos poderão se divertir, confraternizar e fazer sustentabilidade com os signatários do Comitê Lages que estarão com muita informação, oficinas, contação de história e surpresas para os participantes. “Temos como missão mobilizar pessoas e organizações para a realização de práticas alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Entende-se que nada se realiza globalmente sem o comprometimento individual e coletivo”, enfatiza a signatária e coordenadora geral do comitê local, Silvia Oliveira.

Todos atentos ao cumprimento da agenda 2030

Com foco no cumprimento dos compromissos da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, agenda aprovada pelos países membros da ONU durante sua 70ª Assembleia Geral realizada em setembro de 2015, em Nova York, busca-se a construção de uma sociedade melhor, socialmente inclusiva, ambientalmente sustentável e economicamente equilibrada.

É fundamental e urgente um maior engajamento para fortalecer as ações nos estados brasileiros. Desta forma, o Movimento Nacional ODS Santa Catarina, que integra voluntários de diversos segmentos da sociedade, tem agido localmente e contribuído para o atendimento das 169 metas dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Todos são convidados a integrar os comitês locais como signatários sejam pessoas físicas ou pessoas jurídicas fortalecendo o conhecimento e divulgação dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável que possibilitem a implementação de fato de ações que busquem fortalecer a paz universal, erradicar a pobreza em todas as suas formas e dimensões. “É uma proposta para as pessoas, o planeta e a prosperidade. A parceria é mais um dos pilares para a concretização. Juntos somamos esforços para transformar o que está mais próximo, começando pela nossa casa, nosso trabalho, nosso bairro, nossa cidade, nosso estado, reverberando para o mundo”, destaca Silvia Oliveira.

Quais são os 17 ODS?

De acordo com a descrição da Organização das Nações Unidas – ONU sobre o objetivo principal de cada ODS, eles são:

01 – Erradicação da pobreza: acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares.

02 – Fome zero e agricultura sustentável: acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável.

03 – Saúde e bem-estar: assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades.

04 – Educação de qualidade: assegurar a educação inclusiva, equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos.

05 – Igualdade de gênero: alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas.

06 – Água limpa e saneamento: garantir disponibilidade e manejo sustentável da água e saneamento para todos.

07 – Energia limpa e acessível: garantir acesso à energia barata, confiável, sustentável e renovável para todos.

08 – Trabalho decente e crescimento econômico: promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo, e trabalho decente para todos.

09 – Indústria, inovação e infraestrutura: construir infraestrutura resiliente, promover a industrialização inclusiva e sustentável, e fomentar a inovação.

10 – Redução das desigualdades: reduzir as desigualdades dentro dos países e entre eles.

11 – Cidades e comunidades sustentáveis: tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis.

12 – Consumo e produção responsáveis: assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis.

13 – Ação contra a mudança global do clima: tomar medidas urgentes para combater a mudança climática e seus impactos.

14 – Vida na água: conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares, e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável.

15 – Vida terrestre: proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da Terra e deter a perda da biodiversidade.

16 – Paz, justiça e instituições eficazes: promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis.

17 – Parcerias e meios de implementação: fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável.

Mais informações sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável são encontradas em www.movimentoodssc e as pessoas interessadas ainda podem se tornar mais um signatário atuante.

 

Texto: Aline Tives

Fotos: Divulgação

Leia também

Deixe um comentário

três × um =