Juiz mantém prisão de suspeito de cometer feminicídio em Lages

Por Luiz Del Moura

Um homem suspeito de ter matado a ex-namorada no centro de Lages, na Serra Catarinense, em 16 de junho de 2021, passou por audiência de custódia no final da tarde desta quinta-feira (25/8). Na oportunidade, o juiz Geraldo Corrêa Bastos, cooperador na 1ª vara Criminal da comarca local, ratificou a prisão preventiva, decretada em 17 de junho do ano passado. O feminicídio teria sido, supostamente, motivado por ciúmes e pelo término do relacionamento com a vítima, uma jovem de 19 anos.

O homem, em tese, teria entrado no apartamento da vítima, no Centro da cidade, discutido e desferido disparos de arma de fogo no rosto da ex-namorada. A jovem, que estava grávida, morreu no local.  Depois de cometer o delito, ele fugiu. O homem, de 35 anos, foi preso pela Polícia Civil na madrugada desta quinta, no litoral Sul do estado.

O custodiado está preso no Presídio Masculino de Lages, de onde participou da audiência de custódia e confirmou que a prisão ocorreu dentro da legalidade. A polícia tem até dez dias para concluir o inquérito que apura os fatos. O processo tramita em segredo de justiça.

NCI/TJSC – Serra e Meio-Oeste

Leia também

Deixe um comentário

um × cinco =