Projeto Turismo nas Escolas ganha adesão dos gestores de Educação

Por Luiz Del Moura

Numa iniciativa inédita na Serra Catarinense, o turismo deverá integrar em breve, a grade de ensino das unidades de ensino nos 18 municípios. A primeira reunião para tratar do assunto, aconteceu na manhã desta quinta-feira (09), no auditório do Mercado Público, em Lages. Foi formado um Grupo de Trabalho – GT, para dar andamento a ação.

Com presença de praticamente todos os gestores de Educação Municipal, da assessora de Turismo da Amures Ana Vieira e do coordenador do Programa Educação Municipal do Consórcio Intermunicipal Serra Catarinense – Cisama, Carlos Eduardo Moreira, se deflagrou o projeto Turismo nas Escolas.

A proposta compreenderá em parcerias público e privada, com formação de multiplicadores e qualificação de professores na perspectiva de disseminar o conhecimento voltado à formação das crianças para o turismo. “Estamos analisando inclusive uma pós-graduação em turismo para professores. Mas a formatação final do projeto sairá desse estudo a múltiplas mãos entre Turismo e Educação”, explicou Ana Vieira.

Experiências de ações isoladas de turismo nas escolas foram apresentadas por alguns gestores de educação. E segundo Carlos Moreira, essas experiências em curso serão importantes para um projeto de âmbito regional. “Incrementar a grade curricular com o turismo será um desafio importante para região. E não podemos esquecer que a iniciativa privada terá papel fundamental na construção dessa proposta”, comentou o coordenador do Programa Educação Municipal do Cisama.

Esse diálogo do turismo e educação passa também, pela proposta do Selo Serra Sustentável. Como há um novo aceno de recursos financeiros de emenda parlamentar de Carmen Zanotto para continuidade do programa Selo Serra Sustentável, os dois setores correm contra o tempo para implementar o que pode ser, a maior ação de formação educacional para o turismo já pensada para a Serra Catarinense.

Leia também

Deixe um comentário

três × 2 =