Sebrae atende demandas do Núcleo de Artesãs de São Joaquim

Por Luiz Del Moura

O atendimento às artesãs de São Joaquim se dará a partir de uma sequência de eventos organizados para atender a uma série de demandas apontadas durante reunião da classe com o Sebrae. Na ocasião foram identificadas as principais necessidades das artesãs, enquanto empreendedoras, que buscam compreensão em pelo menos três áreas: vendas e atendimento ao público; marketing digital e uso das redes sociais, e também maior domínio sobre a precificação dos produtos.

Diante do diagnóstico apresentado pelas artesãs de São Joaquim, o Sebrae irá atender às necessidades em três momentos, respeitando as áreas apontadas como sendo as de maior fraqueza do setor. No dia 14 de novembro, às 19 horas, no Sindicato Rural, acontece o primeiro encontro, com palestra abordando as vendas e o atendimento ao público, visando melhorar a relação junto ao cliente final.
Entre os dias 16 e 19/11, de forma individualizada, todas irão passar por orientação sobre as redes sociais, para saberem utilizar de forma adequada ferramentas como o Instagram, Facebook, WhatsApp Business. A ideia é passar informações claras de como utilizar estes canais, com relação à frequência de divulgação ou postagens, forma de escritas, e de como obter maior número de seguidores, e assim, alcançarem melhores resultados nas vendas.
O fechamento da sequência de eventos, ocorrerá no dia 29 de novembro, com a oficina de precificação, às 19 horas, também no Sindicato Rural, com apresentação de métodos a serem utilizados na formação adequada dos preços dos produtos. A proposta leva em conta o olhar não apenas aos valores de mercado, mas sim, com base nos custos operacionais fixos e variáveis na confecção dos materiais. Por fim, numa análise mais efetiva, concluir qual a melhor precificação de cada produto.

Assessoria de Imprensa

Leia também

Deixe um comentário

seis + 11 =