Sicredi oferece linhas de crédito para realizar seus sonhos

São diversas opções em linhas de crédito para você, sua empresa e seu agronegócio

Por Claudio Santos

O Sicredi, instituição financeira cooperativa com mais de 120 anos de história, possui as linhas de crédito ideais para os associados realizarem seus projetos pessoais, alavancarem seus negócios e fazer o agronegócio prosperar. Além do atendimento personalizado e próximo, oferece taxas justas e está comprometido com o desenvolvimento das regiões em que está presente. Tudo isso ocorre por meio de um ciclo virtuoso, em que o dinheiro captado na cooperativa permanece na região, fortalecendo o crescimento local.

São diversas opções em linhas de crédito, dependendo de cada necessidade, que apoiam os associados na realização dos seus sonhos, pagamento de contas ou antecipação de investimentos. Somente em 2022, a carteira de crédito da Sicredi Altos da Serra RS/SC cresceu 24,5% em relação à 2021, e atingiu a marca de R$ 2,1 bilhões, o que demonstra a capacidade da cooperativa em contribuir com o desenvolvimento econômico da região.

“O Sicredi é o parceiro ideal para atender a necessidades de seus associados, sempre com qualidade no atendimento, com linhas de crédito especificas para cada demanda, agilidade e praticidade. O associado pode contratar por todos os canais de atendimento, tudo isso com confiança e condições justas, que possibilitam girar a economia local, além de promover o desenvolvimento das pessoas”, afirma o Assessor de Negócios da Sicredi Altos da Serra RS/SC, Alan dos Santos.

Conheça as soluções de crédito disponíveis através do site www.sicredi.com.br/credito/ e faça a sua simulação. As linhas de crédito Sicredi podem ser solicitadas na agência Sicredi mais próxima ou pelo WhatsApp (51) 3358-4770.

Cooperativismo de Crédito

O Sicredi divulgou em 2020 o primeiro estudo da série “Benefícios do Cooperativismo de Crédito”, denominado “A Efetividade do Cooperativismo”. A pesquisa, realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), analisou dados econômicos de todas as cidades brasileiras com e sem cooperativas de crédito, entre 1994 e 2017, e cruzou informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O estudo concluiu que o cooperativismo de crédito incrementa o Produto Interno Bruto (PIB) per capita dos municípios em 5,6%, cria 6,2% mais vagas de trabalho formal e aumenta o número de estabelecimentos comerciais em 15,7%, estimulando, portanto, o empreendedorismo local.

O quarto estudo da série, divulgado em julho deste ano, analisou a relevância do atendimento físico para a inclusão financeira e constatou que a presença física segue importante para a inclusão financeira efetiva da população, mesmo no atual contexto de crescente digitalização.

O estudo também utilizou os dados do Sistema de Informações de Crédito, gerido pelo Banco Central, e verificou que a inclusão promovida pela atuação das cooperativas de crédito em municípios desassistidos permitiu o acesso a volumes maiores de crédito durante o tempo de associação.

Leia também

Deixe um comentário

18 − 15 =