Bocaina promove reunião sobre regularização imobiliária

Por rexpressivaADM
Com o objetivo de regularizar os terrenos rurais, o município de Bocaina do Sul, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, realizou na data de ontem (17/08), uma reunião para tratar sobre assuntos referentes ao tema: REGULARIZAÇÃO IMOBILIARIA RURAL.A reunião teve como objetivo: A apresentação do Projeto TERRA LEGAL, e na sequência foi elaborado o planejamento inicial para execução e implantação no município de Bocaina do Sul.
Dessa forma foi firmado a parceria entre o Governo do Estado e o Município de Bocaina do Sul, contemplando a regularização de aproximadamente 934 imóveis rural do nosso município.

O projeto pretende realizar o georreferenciamento e certificação de todos os imóveis rurais de até quatro módulos fiscais existentes no município.

O Prefeito da cidade está em Brasília-DF, cumprindo agenda pela busca de recursos para o município, mas não deixou de mesmo distante, juntamente com os seus Secretários e Assessores, participar das tratativas.

Segundo o Secretário Municipal de Agricultura, Edson José Sutil de Figueiredo “Edinho”, a reunião foi muita produtiva e importante, “temos como objetivo dar a oportunidade de regularização dos imóveis do município, facilitando assim a vida dos proprietários. Quem possui um imóvel regularizado tem muito mais oportunidades de possuírem linhas de créditos. Iremos juntamente com o conselho regularizador, agendar reuniões nas comunidades e veremos quem possui o interesse de regularizar seu imóvel. Deste já agradecemos a Secretaria de Agricultura do Estado pela importante parceria.”

Por vídeo conferência o Prefeito João Eduardo Della Justina enfatiza, “tal parceria é de extrema importância para  o nosso município, o levantamento topográfico, georreferenciamento e certificação dos imóveis será totalmente gratuito para os proprietários e pretendemos atender todas as comunidades. O município não medirá esforços no sentido de contribuir para a agilidade dos serviços e entrega de todas as certificações aos proprietários, onde a empresa responsável terá seis meses (a partir de 27/08), para entregar o certificado aos proprietários.”

Foi nomeada uma comissão para tratar desse assunto, assim como elaborar o planejamento e acompanhar a execução dos serviços.

A comissão se reunira em breve para ajuste dos detalhes do cronograma da execução e assim que definido será divulgado a toda população, para que seja oportunizado a todos a participação.

Estiveram presentes na reunião representantes do Executivo a Municipal, Câmara de Vereadores, Sindicatos Rurais, Epagri, CMDR, e demais entidades e conselhos do município.

Leia também

Deixe um comentário

quatro × 2 =