Programa Agro Fraterno entrega cestas básicas em Vargem

Por Luiz Del Moura

Mais uma etapa do Agro Fraterno foi realizada nessa semana, em Santa Catarina. Desta vez, o município de Vargem entregou as cestas básicas às famílias do meio rural que passam dificuldades, durante ato que reuniu autoridades locais e do Estado. A iniciativa foi do Sistema Federação da Agricultura e Pecuária do Estado (Faesc) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), em parceria com as entidades e organizações que fazem parte do Fórum Permanente do Agro Catarinense.

No evento, o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Campos Novos que atende o município de Vargem,Luis Sérgio Gris Filho,representou o presidente do Sistema Faesc/Senar-SC, José Zeferino Pedrozo,e destacou a importância da iniciativa para ajudar as famílias que passam por necessidades nesse momento. Também participaram o vice-prefeito Ivo dos Passos, a secretária de assistência social Andressa De Bortolli, a assistente social do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Katiuscia Santin Petri, o supervisor regional do Senar/SC Helder Jorge Barbosa, entre outros.

Segundo Pedrozo, vários municípios do Estado foram contemplados com cestas básicas de 15 kg cada para doação às famílias do meio rural em situação de vulnerabilidade social. Ele reforça que o agronegócio continuou crescendo e isso motivou a união de forças para ajudar a levar alimentação para a mesa de quem precisa. “Com o Agro Fraterno foi possível formar, juntamente com os nossos irmãos do agro, uma rede solidária para doação de alimentos, que vem contribuindo com os municípios para auxiliar as famílias que precisam desse apoio tão importante”.

O Agro Fraterno é voltado para a participação de produtores, empresas e entidades ligadas ao setor, que podem aderir de forma voluntária. O Sistema Faesc/Senar-SC aderiu ao movimento nacional juntamente com as demais entidades e órgãos que compõem o Fórum Permanente do Agro Catarinense: Organização das Cooperativas (Ocesc), Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetaesc), Federação das Cooperativas Agropecuárias (Fedoagro), Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados (Sindicarne), Associação Catarinense de Avicultura (Acav) e Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural. A Secretaria Municipal de Assistência Social apoiou com a logística de entrega e seleção dos beneficiários.

O Agro Fraterno foi criado pela Confederação Nacional da Agricultura (CNA), juntamente com o Senar, a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) e as entidades do Instituto Pensar Agro (IPA).

Leia também

Deixe um comentário

dezenove + 14 =