Secretaria da Educação de Lages reafirma parceria com o programa Proerd, da Polícia Militar

Por Luiz Del Moura

O público-alvo do programa, que atua com ações de prevenção ao uso de drogas e outras formas de violência, são estudantes do 5º ano regularmente matriculados no Sistema Público Municipal de Educação

A Secretaria Municipal da Educação de Lages renovou a parceria com o 6º Batalhão da Polícia Militar (6º BPM), para continuar levando às escolas públicas municipais o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd). A diretora de Ensino e as coordenadoras da Educação Infantil e do Ensino Fundamental e Médio da Secretaria, professoras Andressa Alano Alves, Marenilce Rodrigues Cardoso e Lúcia Helena Matteucci, representando a secretária Municipal da Educação, Ivana Michaltchuk, receberam policiais militares para discutir o assunto. Participaram da reunião o 2º sargento Paulo da Silva Ribeiro, responsável pelo Proerd na região do 6º BPM e o cabo Anderson Damasco, instrutor do programa.

Para as professoras, o Proerd é essencial na formação do cidadão, pois trabalha a conscientização do não uso de drogas e do combate à violência, fortalecendo ainda mais a integridade, a segurança e a educação das crianças, estudantes e, consequentemente, dos adultos. O programa é pedagogicamente estruturado e ministrado por policiais militares devidamente capacitados, com papel de educador social. Oferece, em linguagem acessível às faixas etárias direcionadas, uma variedade de atividades interativas e de cooperação.

Ao longo do trabalho, policiais se reúnem com as crianças em sala aula, trabalhando a filosofia do Programa, permeando assuntos como bullying, consequências das drogas e autoestima, entre outros. O público-alvo do Proerd são estudantes do 5º ano regularmente matriculados no Sistema Público Municipal de Educação.  Todo o trabalho é desenvolvido em parceria com os professores e professoras e famílias dos estudantes.

O Proerd teve origem nos Estados Unidos, tendo sido implantado no Brasil a partir de 1992 e em Santa Catarina em 1998. Lages é a cidade pioneira a adotar este programa educacional. Atualmente, o 6º BPM é comandado pelo tenente-coronel Fabiano da Silva.

 

Texto e fotos: Adecir Morais

Leia também

Deixe um comentário

um − 1 =