Servidora da Prefeitura de Lages, especializada em resgate de animais, atua nas cidades afetadas pelas enchentes no Estado

Por Luiz Del Moura

A servidora pública da Prefeitura de Lages, lotada na Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente, bióloga e médica veterinária, Aracelli Hammann, especializada em resgate de animais, atua no trabalho voluntário do Grupo de Resgate de Animais em Desastres (GRAD). Os serviços nos últimos dias estão concentrados em cidades catarinenses atingidas pelas fortes chuvas que causaram ou ainda podem causar danos, como deslizamentos e desmoronamentos de terra, entre outras situações de risco para as pessoas e animais.

Recentemente, Aracelli esteve com os demais voluntários do GRAD na localidade de Macaco Branco, município de Major Gercino – próximo à cidade de São João Batista, uma das áreas mais afetadas pelas chuvas da última semana. “Auxiliamos nos trabalhos de evacuação, por parte de pessoas e animais, das áreas de risco. Este é um trabalho realizado em conjunto com órgãos especializados, como Defesa Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e grupos de resgate de alto risco”, explica.

Nas próximas horas, o Grupo em que Aracelli atua estará em deslocamento para o município de Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis, local também bastante castigado pelas chuvas.

O Grupo de Resgate de Animais em Desastres (GRAD) é formado por 60 membros voluntários, entre médicos veterinários, biólogos, oceanógrafos, analistas de sistemas, administradores, zootecnistas, bombeiros civis, acadêmicos de medicina veterinária e auxiliares de várias partes do Brasil, com o objetivo de promover ajuda humanitária aos animais em circunstâncias de vulnerabilidade em desastres, com equipe técnica qualificada e capacitada para atuar em diferentes situações.

 

Informações e fotos: Aracelli Hammann

Leia também

Deixe um comentário

19 − dois =