Governo do Estado firma termo de cooperação técnica para ampliar gestão de resíduos sólidos

Por Luiz Del Moura

Nesta segunda-feira, 11, foi dado mais um importante passo para ampliar a gestão de resíduos sólidos no Estado. O Instituto do Meio Ambiente (IMA), a Secretaria de Estado da Agricultura (SAR), a Cidasc, a Epagri e a Ceasa/SC firmaram um termo de cooperação para o Programa Penso, Logo Destino (PLD). A adesão reforça o esforço conjunto de educação ambiental e destinação final de resíduos de forma ambientalmente adequada, especialmente nos espaços rurais e pesqueiros.

O PLD foi idealizado pelo IMA com o apoio do Governo do Estado e já conta com a adesão de 168 municípios catarinenses. Tem como foco o envolvimento e a conscientização das pessoas sobre a correta disposição dos resíduos sólidos, com o objetivo de tornar Santa Catarina o estado brasileiro que mais recicla, reutiliza e produz menos resíduos sólidos urbanos.

O Programa é dividido em três etapas: logística reversa (etapa atual), coleta seletiva e compostagem dos resíduos orgânicos. Na primeira etapa está sendo promovida a capacitação e mobilização de multiplicadores. A fase inclui a coleta das embalagens de agrotóxicos, pneus inservíveis, lâmpadas, pilhas e eletroeletrônicos.

“Nós queremos cooperar com mais esta ação de sustentabilidade no meio rural e assim aprimorar a gestão dos resíduos sólidos, principalmente em municípios com vocação agropecuária, que tem maiores dificuldades na logística reversa. A Secretaria de Estado da Agricultura junto com a Cidasc, Epagri e Ceasa estão em todo Estado e podem contribuir nesse processo”, destaca o secretário de Estado da Agricultura, Valdir Colatto.

“As cooperações são fundamentais para desenvolver o PLD no estado e consolidar a gestão ambiental urbana e rural focada na mudança de comportamentos e hábitos da população para o aumento da reutilização e da reciclagem, entre outras práticas que aliem a preservação ambiental ao progresso socioeconômico das cidades e estados”, reforça o coordenador estadual do PLD, Cícero Brasil.

O PLD tem a meta de conquistar até 2024 a adesão de 224 municípios com até 20 mil habitantes. Já em 2025, o cronograma do PLD prevê a inclusão dos municípios de médio porte, com população entre 20 mil e 50 mil habitantes, e em 2026, o objetivo é garantir a adesão das grandes cidades com mais de 50 mil habitantes.

Somente neste ano, as ações do Programa Penso, Logo Destino somaram o recolhimento e destinação correta de mais de 66 mil quilos de pilhas e eletroeletrônicos; quase 190 mil unidades de lâmpadas e mais de 39 mil pneus. O programa capacitou mais 1.400 agentes multiplicadores, incluindo mais de 300 professores do ensino fundamental.

Leia também

Deixe um comentário

5 × 3 =