Dr. Vicente é reeleito presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência

Por Luiz Del Moura

O deputado Dr. Vicente Caropreso (PSDB) foi reconduzido à presidência da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência da Assembleia Legislativa.  Ele foi reeleito por unanimidade durante o ato de instalação do colegiado nesta quarta-feira, 1º.

O parlamentar elencou três grandes temas como prioritários para a comissão: educação inclusiva na rede municipal e estadual de ensino; crescimento vertiginoso de diagnósticos de autismo; e o acolhimento das demandas do terceiro setor, como Apaes e AMAs.

Ele destacou o trabalho realizado pela comissão entre 2019 e 2022. No período, os seminários, palestras, debates e audiências públicas realizados pela comissão em todas as regiões do Estado tiveram a participação de mais de  70 mil pessoas, seja presencial ou virtualmente.

“Temos muito para fazer, além de propor e rever leis, que é levar conhecimento, informação de qualidade sobre as necessidades e direitos da pessoa com deficiência. Vamos continuar a fazer da comissão um dos mais importantes instrumentos de capacitação de profissionais, de construção de políticas públicas inclusivas e de fortalecimento da rede de apoio, que são as instituições voltadas ao atendimento da pessoa com deficiência”, afirmou Dr. Vicente.

Também vão compor a comissão José Milton Scheffer (PP), que foi eleito vice-presidente, e os deputados Camilo Martins (Podemos), Julio Garcia (PSD), Luciane Carminatti (PT), Nilso Berlanda (PL) e Oscar Gutz (PL).

Apaeano Raiz

Durante o ato de instalação da comissão, o parlamentar narrou sua história de envolvimento com a causa da inclusão.

Devido a uma meningite, seu irmão mais velho teve paralisia cerebral. E seus pais se tornaram fundadores da Apae de Blumenau. A instituição leva o nome da sua mãe, Estella Maria Caropreso.

“Sou neurologista. A escolha dessa especialidade médica teve muito a ver com essa história familiar. A inclusão é um tema muito especial, caro e importante para mim. Por  mais de 30 anos  fui médico voluntário na Apae de Jaraguá do Sul e região”, contou.

Leia também

Deixe um comentário

20 + 8 =