Sessão especial da Câmara trata da inclusão às pessoas com deficiência

Por Luiz Del Moura

O Poder Legislativo Lageano, por meio do requerimento 124/22, de autoria da vereadora Suzana Duarte (Cidadania), promoveu nesta quarta-feira (14/9) uma sessão especial sobre a inclusão e os direitos das pessoas com deficiências no município de Lages.
O propósito do expediente foi no sentido de colaborar na divulgação do 10º Seminário de Inclusão, do 9º Encontro de Lutas pelos Direitos das Pessoas com Deficiência, do 6º Seminário de Educação Física Adaptada, do 1º Desafio da Inclusão e da 1ª Mostra de Pesquisas em Educação Especial.
Os eventos terão inscrições gratuitas e iniciam no dia 18 de setembro, com a abertura oficial na noite de segunda-feira (19), em solenidade no Clube Caça e Tiro. Elas se estendem ao longo da semana nas dependências da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac) e na praça João Costa (Calçadão).
A sessão contou com o intérprete da Linguagem Brasileira de Sinais (Libras), Fabiano Raulino Chaves, e com presença de representantes de órgão e instituições que atuam em defesa da causa. Compuseram a mesa dos trabalhos: Elen Guedes, presidente da Associação dos Deficientes Visuais do Planalto Catarinense (Adevips); Rita Margarete Manfroi, presidente da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Lages (Apae); gerente de Acessibilidade da Secretaria Municipal de Planejamento, Volsiú Waltrick; Vivian Fátima de Oliveira, coordenadora do curso de Psicologia da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac); Eri Cristina dos Anjos, coordenadora da Educação Especial do município; Clair Ribeiro do Nascimento, presidente da Associação Serrana de Deficientes Físicos (Asdef); Elusa de Fátima Camargo, coordenadora do Centro Especializado em Reabilitação (CerII Uniplac); Andreia Munalli Pereira Borsatto, coordenadora do curso de Educação Física da Uniplac; Analéia Terezinha Levitte, conselheira do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Lages (Comped); Scheyla Cristina Moreira Chaves, professora da Associação de Pais e Amigos dos Surdos (Apas) e a vereadora proponente, que mediou a abordagem.
Os convidados tiveram a oportunidade de falar sobre as ações que serão desenvolvidas em conjunto entre as instituições, formalizar o convite à comunidade e também apontaram seus anseios, posicionamentos e demandas com relação ao tema.
Para Suzana, é necessário estabelecer este diálogo para trazer à tona as necessidades referentes às barreiras enfrentadas. “Precisamos sensibilizar a sociedade na luta contra a discriminação e temos que entender o protagonismo da pessoa com deficiência na família, na escola, no trabalho e no convívio social. Elas possuem os mesmos direitos que nós, na infraestrutura e nas oportunidades para garantir a plena e incondicional inclusão de todos”, argumentou ela.

Acompanhe a íntegra da sessão especial

Fotos: Bruno Heiderscheidt

Por Alex Branco – Jornalista

Leia também

Deixe um comentário

3 + cinco =