Palmeira receberá iluminação pública de Led

Por Claudio Santos

Por meio do Programa Eficiência Energética, promovido pela CELESC/ANEEL, quatro municípios da Serra Catarinense foram contemplados com iluminação pública de led, e Palmeira foi um deles. Tendo como objetivo estimular o uso consciente de energia elétrica na iluminação pública das cidades catarinenses, o programa de Eficiência Energética, tem proporcionado às prefeituras dos municípios, uma economia de R$ 5,7 milhões por ano, ou o equivalente a 7.654 MWh e o plantio de mais de 9 mil árvores.

Segundo o engenheiro eletricista do Consórcio Intermunicipal Serra Catarinense (CISAMA), Edson Pites de Liz, serão substituídas 186 luminárias na área urbana em Palmeira. “A Celesc irá custear basicamente tudo, as luminárias, braços (suporte) e mão-de-obra. O que ficará sob incumbência do município será apenas os conectores, ferragens (braçadeira, porcas, parafusos, arruelas. Em Palmeira serão utilizados 156 braços, pois 30 braços estão em boas condições e não serão retirados”, explica Edson de Liz.

Conforme explica a  prefeita, Fernanda Córdova, no dia 8 de abril a equipe do CISAMA foi até Palmeira para fazer o levantamento das luminárias e realizar o projeto para apresentar ao programa da Celesc/Aneel. Após concluído e apresentado, foi anunciado no dia 5 de outubro em Urubici na assembleia-geral dos prefeitos da Amures, que Palmeira havia sido um dos municípios que tiveram se contemplados  “Ficamos felizes por sermos contemplados, além de  melhor a iluminação, diminuir o consumo de energia elétrica, bem como a manutenção da iluminação pública de Palmeira, teremos  melhorias relacionadas ao meio ambiente”, ressalta Fernanda Córdova.

A próxima etapa para a concretização do projeto será realizada nos dias 23 e 24 de novembro, conforme Edson, a equipe da Celesc irá até o município para realizar a fiscalização. “Nós vamos até Palmeira com a equipe da Celesc para fazer uma conferência do projeto. A previsão é que a instalação das luminárias de led, seja feita no primeiro semestre do ano seguinte devido à demanda dos outros municípios que também foram contemplados”, afirma o engenheiro eletricista.

 

 O Programa  Eficiência Energética 

As hidroelétricas geram mais de 60% da Energia Elétrica consumida no Brasil. Então, quando ocorre o fenômeno da estiagem, se torna necessário acionar outras fontes de geração de energia que são mais caras e agridem o meio ambiente gerando poluição, como no caso das usinas que utilizam a queima de recursos naturais, como o petróleo, o carvão e o gás. Ou seja, quando aumenta o consumo ou diminui a geração de energia através das hidroelétricas, aumentam os investimentos, a poluição e os custos da energia para o consumidor final.

As ações relacionadas à eficiência energética visam diminuir esses impactos, pois o objetivo é a economia no consumo de energia.

Para contribuir nesta questão, a CELESC e ANEEL investem todos os anos em projetos com este objetivo, onde são contemplados projetos que comprovem a eficiência e a economia de energia em sistemas em funcionamento.

Em 2020, o CISAMA  apresentou projetos de Eficiência Energética em nome de 5 municípios (Bocaina do Sul, Painel, Rio Rufino, Urubici e Urupema) e estes foram contemplados em 2020. Sendo assim, a CELESC/ANEEL irão disponibilizar até o final de 2021, a quantia de R$1.211.297,58 para substituição de 1266 luminárias antigas e obsoletas destes municípios que consomem muita energia e menos iluminação  por luminárias mais modernas e eficientes de LED, que consomem menos energia e iluminam mais.

Novamente, em 2021, o CISAMA apresentou outros projetos de Eficiência Energética em nome de 4 municípios (Campo Belo, Capão Alto, Palmeira e Ponte Alta) e estes, também foram contemplados. Sendo assim, irão receber da CELESC/ANEEL em 2022, a quantia de R$1.707.444,05 para substituição de mais 1583 luminárias antigas e obsoletas destes municípios.

 

Benefícios da Iluminação Pública de Led

A iluminação pública tem um papel fundamental na segurança e na qualidade de vida nos centros urbanos, permitindo aos habitantes desfrutar do seu espaço público no período noturno.

Em virtude do crescimento da população urbana e dos problemas gerados por esse crescimento, a iluminação pública se torna um instrumento de cidadania, dando mais segurança e valorizando monumentos, prédios e paisagens.

A tecnologia da iluminação pública de LED ajudou a melhorar ainda mais o mercado de iluminação pública, além de permitir uma vida útil longa, e muito econômica. Nos últimos anos temos visto grandes mudanças no campo da iluminação pública por conta dos avanços realizados no desenvolvimento dos LEDS, principalmente nas possibilidades de aplicação de equipamentos para geração de luz.

Tanto a manutenção quanto a segurança já seriam itens bons o suficiente para troca das lâmpadas tradicionais da iluminação pública pelas lâmpadas de LED, mas o outro item que manda é o custo, uma redução significativa no consumo de energia elétrica e consequentemente na redução de gastos com a iluminação pública.

Por Assessoria de Imprensa de Palmeira  – Imagem: Divulgação

Leia também

Deixe um comentário

dois × cinco =