Ponte Alta encerra a fase de Conferências Municipais de Educação

Por Claudio Santos

Promover reflexões para o futuro Plano Municipal de Educação que será aplicado no decênio 2025-2035 e apontar um conjunto de perspectivas para a Educação a partir do conteúdo dos eixos e subeixos do Documento Referência da Conferência Nacional de Educação – CONAE/2022. São alguns dos objetivos da Conferência Municipal de Educação que se realizou nesta quarta-feira (24), em Ponte Alta.
A Conferência aconteceu no auditório do Centro de Eventos com representantes do Poder Público, segmentos educacionais, inclusive família e estudantes, setores e movimentos sociais, sindicatos, comissões de educação do Poder Legislativo, a Conferência de Ponte Alta foi a última, de uma série de eventos do gênero que debateu e extraiu propostas para as Conferências Regional, Estadual e Nacional.
O coordenador do Programa Educação Municipal do Consórcio Intermunicipal Serra Catarinense – CISAMA, Carlos Eduardo Moreira, fez uma explanação detalhada sobre o Movimento Conae 2021-2022 e as perspectivas para a educação no Brasil. Ele apresentou os três eixos do documento referência para o Plano Nacional de Educação.
“Nesses eixos avaliamos as diretrizes e metas e discutimos que escola queremos para o futuro dos nossos filhos. Como que tipo de tecnologia e conectividade poderemos dispor a serviço da educação e analisamos a criação do Sistema Nacional de Educação na perspectiva da legislação inerente e do modelo construído”, explicou o professor Carlos Moreira.
Para o prefeito de Ponte Alta Edson Júlio Wolinger, a Conferência Municipal de Educação serve de instrumento para traçar o futuro da educação. “Na perspectiva de todas as redes educacionais temos metas a serem cumpridas e sabemos que só pela educação será possível melhorar nosso país. Essa é uma prioridade incondicional”, comentou o prefeito.
Para a secretária municipal de Educação, Cristiane Fatima Oswald, a Conferência de Educação representa uma parada para análise, debates e sugestões sobre onde se quer chegar. “A Educação passa por profundas transformações neste momento de pandemia e discutir e tirar propostas é importante para definirmos nosso futuro”, comentou a secretária.
O evento em Ponte Alta iniciou com apresentações culturais, leitura do regimento da CONAE, discussão das plenárias dos três eixos do documento referência envolvendo toda rede de ensino, plenária final e aprovação do documento referência que fará parte da CONAE Regional que acontecerá dia 8 de dezembro na Uniplac, em Lages. Já a Conferência Estadual de Educação nos dias 26, 27 e 28 de abril de 2022.
Neste dia, todos os municípios da Serra Catarinense estarão mobilizados para indicar os delegados para o evento estadual e consequentemente para a CONAE nacional que reunirá em Brasília, cerca de 3 mil delegados nos dias 23, 24 e 25 de novembro de 2022.

fonte: Amures

Leia também

Deixe um comentário

3 × 2 =