Situação se repete e chuva volta a causar transtornos e prejuízos em Anita Garibaldi

Por Luiz Del Moura

A situação se repetiu após o município ter vivenciado alagamentos em diversos pontos da cidade e interior em 4 de outubro, quando a cidade acordou coberta de lama.

Anita Garibaldi e diversos municípios da região, foi atingida por alagamentos nesta quinta-feira (16), um mês após um evento semelhante que danificou estradas, bueiros e pontes, além da maioria das estradas municipais.

As chuvas intensas que atingiram boa parte do estado provocaram inundações e enxurradas, transformando as vias públicas em canais de água. A prefeitura está em processo de avaliar os danos causados pela chuva.

O fenômeno começou ainda na madrugada de quinta-feira com a chuva torrencial, onde por volta das 8h da manhã diversas localidades já apresentavam problemas com os alagamentos.

As imagens divulgadas em redes sociais mostraram os riachos transbordando e a água invadindo estradas e até algumas residências. A situação se repete após o município ter vivenciado alagamentos severos no início do mês de outubro, quando a cidade acordou coberta de lama e diversos imóveis foram afetados.

Este novo episódio causou a interdição de pontes e acessos na cidade e interior. As aulas foram suspensas em toda a rede municipal de ensino, na quinta e sexta-feira, levando em consideração a grande quantidade de chuvas das últimas horas.

Novamente os atendimentos em algumas repartições públicas foram afetados com os alagamentos e enxurradas, a exemplo da Unidade Básica de Saúde Dr. Clóvis Cechin e a Escola Municipal de Ensino Fundamental José Borges da Silva.

Os novos alagamentos ocorreram enquanto o município ainda se recuperava do último, principalmente na área rural. O Prefeito Municipal João Cidinei da Silva expressou preocupação, mencionando que a reconstrução ainda não estava totalmente concluída, porque o tempo e clima não colaboraram nas últimas semanas.

“Estávamos com todas as equipes de obras a campo, para auxiliar nos trabalhos de estradas, pontes e bueiros, e hoje estão novamente todas cobertas pelas águas. Virou tudo rio”, relatou o prefeito.

A Administração Municipal esteve auxiliando já nas primeiras horas da quinta-feira, visitando algumas famílias em áreas de risco com a Defesa Civil do município e Secretaria de Assistência Social.

“Estivemos em reunião no final do dia para saber a real situação do município com as ocorrências apuradas. Infelizmente a previsão indica ainda mais chuvas para a sexta-feira e seguimos em alerta máximo. Temos algumas famílias que tiveram que sair de suas casas, indo pra casa de parentes. Já as aulas na rede municipal permanecem suspensas também na sexta-feira, haja visto que será necessário muito trabalho da equipe para limpar e higienizar o ambiente escolar dos locais afetados”. Finalizou o Prefeito Municipal–

Leia também

Deixe um comentário

5 × três =