Klabin contribui para tornar a Marejada 2022 mais sustentável

Realizada ao longo do mês de outubro, a maior festa do pescado do Brasil utilizou, entre outros itens, pratos, guardanapos e coletores de resíduos feitos de papel e doados pela Companhia

Por Claudio Santos

Maior produtora e exportadora de papéis para embalagens e de soluções sustentáveis em embalagens de papel do Brasil, a Klabin apoiou a realização da 34ª Marejada 2022, a festa mais popular de Itajaí (SC) e maior festa do pescado do País. O evento, que ocorreu em outubro e recebeu mais de 300 mil visitantes, ofereceu música, gastronomia e outras atividades tradicionais aos presentes, com o diferencial de ter tido toda a sua programação orientada para a sustentabilidade. Desse modo, buscou mitigar eventuais impactos ao meio ambiente que poderiam decorrer da sua realização, atuando em frentes como a redução da geração de resíduos.

A Marejada é reconhecida como um evento sustentável, sendo premiada nacionalmente por seus esforços neste sentido. A cada edição, as premissas de responsabilidade socioambiental são fortalecidas, em alinhamento aos objetivos da Organização das Nações Unidas (ONU). Neste sentido, a Klabin apoiou o evento a ser tornar ainda mais sustentável, por meio de duas frentes distintas. A primeira, por meio da doação de mais 89 mil pratos (embalagens) e mil coletores de resíduos, ambos produzidos pela Companhia a partir de papelão ondulado. Já a segunda consistiu na doação de 53 mil potes para molhos e 45 mil talheres de amido de milho, adquiridos por meio de um parceiro da Klabin.

A Companhia também assinou a realização do Fórum Kids de Sustentabilidade, que teve como objetivo conversar com o público infantil e contribuir para uma mudança de atitude e comportamento, abordando os temas do descarte do lixo, reciclagem e a problemática do lixo nos oceanos. O fórum foi realizado nos dois últimos dias da Marejada 2022, alcançando cerca de 1.200 crianças de escolas públicas e privadas.

“A Klabin tem um compromisso histórico com a sustentabilidade e, para nós, é muito importante contribuir para que a Marejada, a festa mais tradicional da nossa região, se torne ainda mais amiga do meio ambiente. A utilização de itens feitos de papel, matéria-prima de origem renovável, melhora de forma significativa a pegada ecológica do evento, além de impactar positivamente na geração de resíduos, visto que o material é 100% reciclável”, explica Pedro Paulo Luz, gerente industrial da Klabin em Itajaí.

Presente em Santa Catarina desde 1969, a Klabin opera três unidades industriais no estado, localizadas nos municípios de Lages, Correia Pinto e Itajaí, além da Unidade Florestal Alto Vale do Itajaí. Ao todo, a área florestal da empresa na região se estende por 39 municípios, abrigando mais de 5 mil quilômetros de rios e mais de 9 mil nascentes protegidas pela empresa, que contribuem para o abastecimento hídrico da região. Cabe destacar, ainda, que todos os produtos da Klabin têm origem em florestas plantadas e certificadas, cultivadas por meio de manejo florestal em formato de mosaico, técnica que entremeia plantios de pínus e eucalipto, de diferentes idades, às áreas de florestas nativas, contribuindo para a preservação da biodiversidade.

Leia também

Deixe um comentário

dezenove + 18 =