Rotinas da grande Florianópolis são afetadas pela lentidão e congestionamento na BR-101

Por Claudio Santos

Para facilitar o dia a dia de quem depende da rodovia, propostas de melhorias envolvem obras emergenciais orçadas em mais de R$ 685 milhões.

O trecho da BR-101 entre Biguaçu e Palhoça é apontado pelo Grupo de Trabalho BR-101 do Futuro como um dos mais críticos da rodovia federal em território catarinense. São 23,7 quilômetros de extensão compartilhados pelo tráfego pesado e pelo trânsito urbano das cidades do entorno.

Uma das consequências é a realidade diária enfrentada por milhares de motoristas presos em engarrafamentos e na lentidão principalmente nos horários de picos. Engenheiros e técnicos do GT BR 101 do Futuro, coordenado pela FIESC (Federação das Indústrias de Santa Catarina), aplicaram no trecho de Biguaçu a Palhoça o Highway Capacity Manual (Manual de Capacidade Rodoviária) conhecido por HCM.

Na engenharia de tráfego esta é uma das mais modernas metodologias internacionais utilizadas para medir a fluidez do trânsito e o comprometimento dos serviços de uma rodovia. Para os cálculos são levados em conta variáveis como a velocidade, o tempo e atraso de uma viagem, a liberdade para manobras, as interrupções na via, a conveniência e o conforto dos usuários.

O HCM tem uma classificação de “A” (melhor) até “F” (pior). Egídio Antonio Martorano, gerente de logística e sustentabilidade da FIESC, acompanhou o levantamento que apontou o índice “E” em alguns dias e horários indicando a condição crítica do trecho. “Por exemplo, em horários de rush no final da tarde ou no início da manhã, chega haver paralisação e velocidade abaixo de 30 e até quilômetros por hora”, contextualiza.

Um percurso que se fazia em apenas vinte minutos, com o fluxo grande de veículos pode levar mais de uma hora.

Outro dilema no trecho da rodovia na Grande Florianópolis é a insegurança. Em 2020, foram registrados 1.270 acidentes na travessia entre Biguaçu e Palhoça. O trecho ocupa a segunda posição no ranking de ocorrências na BR-101 em Santa Catarina.

Fonte: NDTV – Foto: Marcelo Feble

Leia também

Deixe um comentário

dois × 5 =