Portal Expressiva

NAS BANCAS EDIÇÃO DE DEZEMBRO


EVENTOS

Blogs e sites Parceiros

Papai Noel deixa o Polo Norte e[...]

Boletim previsão do tempo

Papai Noel deixa o Polo Norte e aterrissa no bairro Caroba

  • 06-12-2018
  • O protagonista do Natal, presente no imaginário de crianças de idade e espírito, escapou do Oceano Glacial Ártico na noite desta quarta-feira (5 de dezembro) para enfrentar a mudança brusca de temperatura na Serra Catarinense, a estrela do Natal nos Bairros - Anunciação, organizado pela Fundação Cultural de Lages (FCL) e Secretaria de Política para a Mulher e Assuntos Comunitários. Aterrissou seu trenó em Lages vindo de temperaturas negativas e se deparou com os mais de 25ºC desta primavera. O Sol já tinha ido embora quando a personagem mais querido vovô de todos os continentes acenou para as famílias que o aguardavam ansiosamente em frente à Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) Izidoro Marin, bairro Caroba, parte alta da cidade, atraindo, aliás, pessoas do Santa Mônica e do Cidade Alta. As crianças não conseguiram segurar a empolgação, abraçaram, beijaram, fizeram pose para fotos ao lado da árvore gigante decorada e foram presenteadas com balas e pirulitos das mãos de luvas brancas, circulando pela casa improvisada, montada ao lado do palco de atrações e recebendo carinhos sem fim. E claro que música não faltou. A divertida Banda do Papai Noel se encarregou de embalar o público com um repertório natalino de roupagem moderna e dançante.

    Mais cedo, no comando do locutor Souza Filho, a criançada, mães e pais puderam aproveitar as apresentações de 13 integrantes do projeto Dançar Passarela, com interpretações de músicas natalinas e do estilo gospel. As canções da playlistsão Vem Chegando o Natal, Natal Todo Dia, Era uma Vez, Marcas do que se Foi, Quero Ver - Bom Natal, Não Aprendi Dizer Adeus e Ressuscita-me. No total, o Dançar Passarela é formado por 30 crianças e adolescentes dos bairros da região Sul da cidade: Centenário, São Luiz, Santo Antônio, Morro Grande e Santa Catarina, sob a direção de Eberson Sauceda (Giraia) e coreografias de Suellen de Moraes. “Nós apresentamos o teatro dançante. Divulgar nosso trabalho com estas crianças que tanto precisam do nosso apoio é maravilhoso”, desabafa Suellen de Moraes. O Dançar Passarela subirá ao palco do Natal Felicidade, no Largo da Catedral Diocesana, por três vezes.

    Nos intervalos, Souza Filho deu espaço às vontades dos pequeninos, que subiram ao palco e se esbaldaram, cantando e chamando o Papai Noel em voz alta. Em seguida, a Fanfarra da Escola Izidoro Marin. O regente, professor Gediel Kaleb Branco Gonçalves, cuida da garotada como se fossem seus filhos, com a dedicação, disciplina e respeito que os acordes merecem.

    Caracterizados com gorros de Papai Noel, os 14 instrumentistas de lira, caixa, quadritom, meia-lua, surdo, bumbo e pratos, levaram à plateia os sons de famosas canções desta época: O Natal Existe, Noite Feliz e Anoiteceu. “Ao todo nós somos em 30 componentes da Fanfarra, de 11 a 14 anos. As atividades foram retomadas em maio deste ano depois de dois anos paradas. O Natal nos Bairros é uma vitrine para mostramos o trabalho extracurricular realizado. É uma forma de retirar estas crianças das ruas e da ociosidade, trazendo para dentro da escola, onde passam mais tempo”, contabiliza o regente, que coordena, também, as Fanfarras das Emebs Santa Helena, no bairro de mesmo nome, esta com 40 pessoas, incluindo corpo coreográfico, e Fausta Rath, no Vila Mariza, com 30.

    O Natal nos Bairros ajuda na renda das famílias que utilizam a diversão alheia para encorpar o pé de meia de final de ano. Comerciantes vendiam doces, como churros, chocolates, balas, chicletes, além de pipoca, e brinquedinhos. A Diretoria de Trânsito (Diretran) monitorou os locais sinalizados para que não houvesse interferência no evento e para os motoristas, e a Polícia Militar (PM) esteve atenta à segurança pública. “Este é um projeto implantado em 2017. Evidentemente que, com a experiência do ano passado, esta edição está bem melhor. O que nos deixa mais felizes são as crianças contentes. Eu sou avô e já tive filhos pequenos, sei como é boa esta sensação. É o momento delas. Uma das obrigações da prefeitura é dar chance de isonomia de oportunidades”, salienta o prefeito Antonio Ceron, convidando os lageanos para a abertura oficial do Natal Felicidade, sexta (7 de dezembro), às 21h. “O Natal é hora de as pessoas mostrarem o seu lado bom, de solidariedade e altruísmo. Venham participar desta agenda fascinante.”

    Valorização e reconhecimento dos feitos da juventude mudam vidas, segundo o chefe do executivo. “Na sexta e sábado passados, mais de 500 crianças do programa Lages Melhor, da Escola de Artes da Fundação Cultural apresentaram seus talentos no Teatro Marajoara, grande parte nunca tinha sequer entrado no Teatro Municipal. Foram as estrelas da noite. Vimos a alegria das mães vendo suas filhas maquiadas e de sapatilhas no palco, as suas bailarinas. A alegria dos pais gratifica a gente.” O vice-prefeito, Juliano Polese, também esteve no Caroba. “Este contato de perto é fundamental para que a gente sinta a energia daqueles para quem este Natal é preparado com tanto carinho.” O Natal nos Bairros já passou pelo Habitação, Penha e Caroba, e voltará na segunda-feira (10), no bairro Guarujá, no campo de futebol, em frente à Associação de Moradores. Ao final, terá sido realizado em nove regiões de Lages.

    Roteiro:

    10/12, segunda-feira - Bairro Guarujá - Campo de futebol em frente à Associação de Moradores

    11/12 - terça-feira - Bairro Santa Catarina - Caic Nossa Senhora dos Prazeres

    12/12 - quarta-feira - Bairro Conta Dinheiro - Batalhão Ferroviário, Escola Maria Quitéria

    17/12 - segunda-feira - Bairro Petrópolis, Associação de Moradores

    18/12 - terça-feira - Santa Helena, Associação de Moradores

    19/12 - Sede da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae)

    Texto: Daniele Mendes de Melo

    Fotos: Nilton Wolff/Divulgação e Daniele Mendes de Melo

  • Comentários
  • Obras da nova ala do Hospital Tereza Ramos em processo de conclusão

  • 06-12-2018
  • A Comissão Especial composta na Câmara Municipal de Lages para inspecionar as obras do novo prédio do Hospital Tereza Ramos (HTR) fez uma visita à unidade de saúde na manhã desta quarta-feira (5). Os vereadores Lucas Neves (Progressistas), Amarildo Farias (PT) e Mauricio Batalha Machado (PPS) foram recebidos pela diretora-geral do HTR, Beatriz Montemezzo, o médico responsável técnico Jonas Coelho Lehmkuhl e o engenheiro-clínico do HTR, Doyon Paim.

    Neste primeiro ato da Comissão, os edis constataram que as obras estão avançadas, com 99% concluídas. No entanto, a empresa responsável pela execução do serviço pediu mais um mês de prazo para a entrega da estrutura. Já os equipamentos e móveis devem ser finalizados em torno de 45 a 60 dias. “Ficamos surpresos com a qualidade da obra e com a grande capacidade de atendimento que o hospital vai ter. Agora a nossa preocupação é que seja colocada logo em funcionamento”, comentou Lucas Neves.

     Em janeiro, a Comissão deve entrar em contato com os integrantes do novo governo estadual para conhecer os detalhes de como será feita a ocupação das funções do hospital, se as mais de 800 vagas necessárias para o funcionamento serão contratadas via empresa terceirizada ou através de concurso público estadual. “Além de verificarmos a estrutura que está sendo construída, os equipamentos que vão melhorar muito a qualidade da saúde em Lages, agora iremos aguardar assumir o novo secretário da Saúde do estado para acompanhar e reivindicar as contratações para iniciar as atividades o mais rápido possível”,  ressalta Amarildo Farias.

     “Vamos continuar com o acompanhamento, foi importante este primeiro contato. O município, através da Câmara de Vereadores, está acompanhando para que o mais breve possível isso seja concluído e que iniciem os atendimentos, que é o objetivo principal, o atendimento aos cidadãos”, destacou Maurício Batalha.

    Fotos: Gabinete Vereador Lucas Neves

  • Comentários
  • Marido alega embriaguez acidental após beber cerveja em caso de violência doméstica

  • 06-12-2018
  • A 1ª Câmara Criminal do TJ decidiu manter condenação imposta a um homem que agrediu fisicamente a esposa, com quem era casado há 23 anos. Em sua defesa, o apelante disse não ser capaz de responder pelos seus atos porque - na condição de dependente de álcool - entrou em estado mental mórbido, consequência de uma "embriaguez acidental". O caso aconteceu em Lages, em agosto de 2015. 

    Durante uma festa na residência do casal, por ciúme, o homem levou a esposa para um canto e deu um soco em sua cabeça, com o registro de lesões corporais. Além disso, disse que iria matá-la. A mulher ficou temerosa por sua segurança e integridade física. O juiz Ricardo Alexandre Fiuza condenou o agressor a três meses de detenção em regime aberto, mas substituiu a pena privativa de liberdade por restritiva de direito, com a obrigação de prestar serviços à comunidade por igual período, além de respeitar medidas protetivas impostas em favor da vítima. 

     Com base no artigo 26 do Código Penal, a defesa alegou embriaguez involuntária o que, segundo ela, caracterizaria uma excludente de culpabilidade. Defendeu ainda a aplicação do princípio da insignificância, por não ter sido grave a lesão ocasionada na vítima e pleiteou pela aplicação do benefício da atenuante de confissão espontânea. Porém, como expôs em seu voto a desembargadora Hildemar Meneguzzi de Carvalho, relatora do recurso, o TJ catarinense e o STJ têm o entendimento de que apenas a embriaguez completa, decorrente de caso fortuito ou força maior que reduza ou anule a capacidade de discernimento da pessoa, é causa dessa redução ou exclusão de responsabilidade. "A embriaguez voluntária, por sua vez, não autoriza a isenção ou redução da pena", anotou. 

    A embriaguez acidental ou fortuita - explicou a relatora - é quando o indivíduo não percebe ser atingido pelo álcool ou desconhece uma condição fisiológica que o torna submisso às consequências da ingestão dessa substância. Deu exemplos:  o sujeito mora ao lado de uma destilaria de aguardente e, aos poucos, fica embriagado pelos odores da bebida que inala sem perceber. Ou, ainda, quando faz tratamento com algum tipo de remédio, o qual potencializa os efeitos do álcool. Já na embriaguez motivada por força maior, acrescentou, o sujeito é obrigado a beber ou necessita, por questões profissionais, permanecer em recinto cercado pelo álcool ou substância de efeitos análogos. 

    É quando, por exemplo, a pessoa é amarrada e injetam em seu sangue elevada quantidade de álcool ou trabalha na manutenção de uma destilaria de aguardente e, em determinado dia, cai em um tonel cheio da bebida.  Em depoimento - e isso é o curioso da história - o homem disse que bebeu uma única cerveja. A sentença, em decisão unânime, foi mantida na íntegra.  (Apelação Criminal n. 0011485-12.2015.8.24.0039) 

    Assessoria de imprensa do TJSC 

  • Comentários
  • Amures e Caixa firmam parceria para agilizar projetos e convênios

  • 06-12-2018
  • O Assessor de Projetos da Amures Sergio Gomes de Souza definiu na manhã desta quarta-feira (05), com a equipe técnica da Superintendência Regional Sul da Caixa Econômica Federal de Criciúma, uma agenda de reuniões para atendimento das demandas dos municípios da Serra Catarinense em 2019.

    A reunião aconteceu na sede da Amures com o Superintende técnico da Regional de Governo, Cláudio Alexandre Pereira, a supervisora da filial da Regional de Governo Cristina Hörnke Ramson e o engenheiro civil daquela regional, Paulo Custódio Domingos Júnior.

    O planejamento permitirá que as demandas dos municípios sejam tratadas junto com os técnicos das prefeituras e as equipes da Amures e Caixa. Com isso, a expectativa é agilizar a tramitação de projetos e convênios, aparar arestas de comunicação técnica e eventuais inconsistências apontadas pelos técnicos da Caixa.

    Da reunião ficou pré-agendado também, para dia 19 de dezembro um encontro com os técnicos, engenheiros, arquitetos e gestores de convênios municipais e as equipes da Caixa e da Amures para tratar dos contratos vigentes nos municípios. Especialmente das mudanças ocorrida com a Portaria Interministerial nº 424/2016, que dispõe dentre outras questões, sobre as normas relativas às transferências de recursos da União mediante convênios e contratos de repasse aos municípios.

    Aproveitando a equipe da Regional de Governo da Caixa, o secretário de Habitação e Captação de Recursos da prefeitura de Otacílio Costa Marcos Claudinei Moreira e o vereador Anderson Amarante de Liz, trataram sobre os contratos em vigência daquele município e sanaram dúvidas e pendências de documentos. Na próxima semana, Otacílio Costa fará a entrega de todos os documentos pendentes na Caixa.


    Oneris Lopes 

  • Comentários
  • Em Lages, ação social quer chegar aos 5 mil brinquedos arrecadados

  • 06-12-2018
  • Dois sentimentos motivam a família de Lídia Ribeiro, servidora do judiciário na Comarca de Lages, a continuarem uma ação iniciada há 20 anos, amor e gratidão. A campanha de arrecadação e distribuição de brinquedos para crianças carentes começou quando a mãe, dona Ivonete, alcançou uma graça e decidiu confeccionar e consertar brinquedos para doar no Natal, em forma de agradecimento.  As pouquíssimas peças daquela época foram se multiplicando a cada ano. Agora, a ideia agora é chegar a 5 mil brinquedos. 

    No ano passado, foram entregues 4 mil, num esforço de cerca de 15 pessoas entre familiares e amigos. As colaborações vieram de muitos outros e de todas as formas. Uns doaram brinquedos novos, seminovos, alimentos e até dinheiro para a compra dos presentes. As atividades começam meses antes do Natal e nesses últimos dias que antecedem a data o trabalho intensifica. 

    Falta espaço na casa de Lídia para guardar os brinquedos. A da sobrinha também é usada. Para arrecadar as doações, espalha caixas em diversos lugares da cidade e conta com a solidariedade das pessoas. “ Não faço nada sozinha. O que mais me deixa feliz é saber que compartilhar com um irmão não é dividir, e sim multiplicar. Agradeço o apoio que tenho recebido porque assim consigo continuar um projeto iniciado pela minha mãe e que traz alegria pra tanta gente ”. 

    Muitos doadores buscam as redes sociais para doar. Desta forma, um horário é combinado e duendes passam para recolher. Grande parte dos colegas de trabalho ajuda na campanha. Eles deixam os brinquedos diretamente na 2ª Vara Cível. Existem caixas de coleta em outros pontos como: Posto Elefantinho, Coisarada Materiais Elétricos, Sorveteria Milk Mone, Paim Advogados, Shake Lages, Clinical Dente, Pam Monali, Pão do Pedro, Restaurante Dom Pedrini, Tata Arts e Salão de beleza Toda Linda. Quem quiser colaborar tem até o dia 19 de dezembro para deixar seu presente.

    Taina Borges - Assessoria do TJSC - Comarca de Lages

    Foto: Divulgação  

  • Comentários
  • Câmara aprova cirurgia reparadora em mulheres com câncer

  • 06-12-2018
  • O plenário da Câmara dos Deputados aprovou o projeto (PL 4.409/2016) que determina a reconstrução das duas mamas para garantir a simetria em mulheres que passaram por tratamento de câncer. O texto aprovado foi o substitutivo do Senado à proposta, que é de autoria do deputado Carlos Bezerra (MDB-MT). A deputada federal Carmen Zanotto (PPS-SC) foi a relatora de plenário da iniciativa.

    A proposta prevê que a cirurgia de reconstrução de ambas as mamas seja realizada, de preferência, no mesmo ato cirúrgico em que retirado o tumor maligno. Além do direito ao procedimento para tornar simétricas as mamas, a proposta pede sejam feitas a construção das auréolas mamárias.

    Ao encaminhar a aprovação do projeto, a parlamentar do PPS de Santa Catarina defendeu as inclusões que foram feitas ao texto pelo Senado Federal. “A reconstrução imediata das mamas contribui muito para as mulheres mastectomizadas recuperem a autoestima. É um grande auxílio na recuperação da autoimagem e na superação deixada pelo trauma do câncer”, afirmou.

    A Lei 9.797/1999 já determina que as mulheres que sofrerem mutilação total ou parcial de mama, decorrente de utilização de técnica de tratamento de câncer, têm direito a cirurgia plástica reconstrutiva no SUS (Sistema Único de Saúde).

    Apesar das exigências da lei, pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Mastologia mostra que apenas 20% das mulheres tiveram a mama reconstruída após o tratamento de câncer no SUS entre 2008 e 2015.

    Planos de Saúde

    A legislação estabelece ainda que, no caso de impossibilidade de reconstrução imediata, a paciente seja encaminhada para acompanhamento com a garantia da realização da cirurgia imediatamente após alcançar as condições clínicas requeridas.

    Com a aprovação do substitutivo, o direito à cirurgia simétrica das mamas e a reconstrução das auréolas serão também incluídos na lei dos planos de saúde (9.656/1998).

    Fotos: Robson Gonçalves/PPS

  • Comentários
  • Papai Noel e Banda animam comunidade do bairro Penha

  • 05-12-2018
  • A comunidade do bairro Penha e bairros vizinhos foram os contemplados, na noite de terça-feira (4 de dezembro), da programação Natal nos Bairros, uma iniciativa da Prefeitura de Lages.

    O evento iniciado às 19 horas e realizado na avenida Nossa Senhora da Penha, em frente à Escola Godolfin Nunes de Souza, reuniu centenas de pessoas, a grande maioria crianças e grupos de alunos. A animação foi do artista Paulinho Guazelli e Banda, com apresentações musicais, destacando-se canções natalinas. A criançada esteve sempre atenta e animada diante do anúncio de que logo chegaria ao local o Papai Noel e Banda, para animar a noite e distribuir balas e pirulitos.

    A chegada do Papai Noel, ocorrida às 21 horas, contou com a presença do prefeito Antonio Ceron e da primeira dama do Município, Salete Ceron, além do superintendente da Fundação Cultural de Lages, Gilberto Ronconi, da secretária de Política para as Mulheres e Assuntos Comunitários, Marli Nacif, e do Executivo de Turismo, Luiz Carlos Pinheiro.

    Fila de crianças se formou em frente da tenda do Papai Noel e o bom velhinho não distribuiu apenas doces, mas deixou também mensagem de esperança e fé, ao falar que o Natal era a comemoração do nascimento do Menino Jesus. 

    Programação para esta quarta-feira (5 de dezembro)

     O bairro Caroba será o próximo a receber a programação festiva do Natal nos Bairros. Será nesta quarta-feira (5 de dezembro), às 19 horas, em frente à Emeb Izidoro Marin. Esta festa prossegue até o dia 19 de dezembro, na sede da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

    O Natal nos Bairros faz parte do Natal Felicidade que terá abertura dia 7 de dezembro, no Largo da Catedral Diocesana de Lages.

    Fotos: Nilton Wolff

  • Comentários
  • Proerd forma mais 1.100 alunos no ano

  • 05-12-2018
  • O prefeito Antonio Ceron prestigiou a solenidade de formatura de 1.100 alunos do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), no final da tarde desta terça-feira (4 de dezembro) no Centro Serra. O curso do Proerd reuniu alunos de 23 escolas e entidades educacionais de Lages.

    Sendo o primeiro a deixar sua mensagem aos formandos, o prefeito disse que o Proerd é um programa exemplar, com filosofia voltada à pratica de boas atitudes, de respeito aos semelhantes, de busca de uma sociedade mais justa e feliz. “Santa Catarina, que é um Estado diferenciado, com certeza tem muito a ganhar com a formatura de 1,4 milhão de alunos nestes 20 anos de existência do Proerd. Deixo aqui os meus agradecimentos a Deus, em primeiro lugar, e a Polícia Militar pela iniciativa. A todos os alunos desejo um feliz Natal e um novo ano de saúde e prosperidade”, falou Ceron.

    O Proerd teve origem nos Estados Unidos, sendo implantado no Brasil em 1992. Em Santa Catarina, Lages foi a cidade pioneira a ter este programa, seguida da cidade de Chapecó.

    Os formandos assumiram, conjuntamente, o seguinte compromisso (juramento): “ao concluir o curso Proerd, prometo: evitar a violência, resistir às drogas, respeitar meus semelhantes, para um sociedade mais sadia, justa e feliz”.

    Fotos: Greik Pacheco e Ary Barbosa de Jesus Filho

  • Comentários