Portal Expressiva

EVENTOS

Blogs e sites Parceiros

Programa do Sebrae vai auxiliar na[...]

Previsão do Tempo - Epagri/Ciram

Programa do Sebrae vai auxiliar na gestão dos escritórios de advocacia

  • 18-09-2018
  • Além de saber sobre sua área de atuação, os profissionais que empreendem precisam compreender cada fase da gestão de um negócio para ter sucesso. Raras exceções, as academias não preparam os estudantes para essa realidade. Uma das demandas apontadas pelos advogados do estado era justamente essa. Por conta disso, uma parceria entre Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e a Caixa de Assistência dos Advogados de Santa Catarina (Caasc) oferece auxílio com o programa ADV Gestão, lançado em Lages nesta segunda (17).

    Os escritórios poderão participar de três encontros para discutir planejamento estratégico, finanças e custos e marketing jurídico. Também faz parte do cronograma de atividades consultorias especializadas em cada uma dessas áreas. Serão oito horas por tema. Gestor do programa, Paulo Teixeira explica que os consultores são especialistas com experiência em escritórios de advocacias. “Como em qualquer negócio, se não souber administrar o risco da falência é real”.

    Para o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Lages, Célio Adriano Spagnoli, esta é mais uma oportunidade de atualização e a parceria vem para suprir uma necessidade de adaptação ao mercado de trabalho. “É preciso se moldar com essa nova realidade. Inclusive, uma das tendências é de que haja um agrupamento de profissionais de várias especialidades para otimizar espaços e gestão”, aponta.

    Delegada do Caasc, Fernanda Furlan reforça que é fundamental que o advogado saiba gerir o seu negócio, especialmente por que o código de ética da profissão é muito minucioso e busca evitar problemas disciplinares na carreira jurídica. “Na área da publicidade, por exemplo, os limites precisam estar muito claros e seguidos à risca para que não configure a chamada mercantilização da profissão. Por isso, é importante essa orientação em marketing jurídico”, destaca.

    O ADV Gestão poderá acolher 15 escritórios com a participação de dois profissionais por inscrição. Para aderir ao programa basta entrar em contato com a unidade do Sebrae pelo telefone 3289 1300 ou pessoalmente na rua Frei Rogerio, número 415, no Centro. O Caasc irá subsidiar 10% do valor investido na capacitação.

  • Comentários
  • Sesc e Prefeitura realizam ação para Haitianos que residem em São Joaquim

  • 18-09-2018
  • Aconteceu no Domingo (16), no auditório do SESC em São Joaquim, uma ação social junto aos Haitianos que estão morando no município. O número de Haitianos em Santa Catarina não para de crescer. Apesar de não haver uma estatística oficial dos órgãos federais, os imigrantes que fogem da miséria do Haiti podem ser vistos com mais frequência na cidade, pois procuram no Brasil mais oportunidades de trabalho e qualidade de vida. 
    Segundo a assistente social da Prefeitura de São Joaquim, Lusiane Zandonadi Nunes, o executivo está de parceiro do SESC de São Joaquim, onde um trabalho de cadastro dos imigrantes foi realizado para que possa ser realizado ações de inclusão social junto a essas pessoas. “A ideia é conhecer e nos aproximar dessas pessoas, fortalecer esse vínculo, para que posteriormente sejam realizadas ações para incluir de fatos esses imigrantes na sociedade” explica Lusiane. 
    “Essa iniciativa tem também o caráter de divulgação e de informação aos imigrantes. O acesso aos programas sociais é um direito deles. Estamos fazendo uma ação de fortalecimento para essa população”, finaliza a assistente social Lusiane. 
    Na oportunidade, alguns imigrantes já foram encaminhados para serviços de saúde, assistência social e educação, bem como aos serviços bancários. A ação seguinte será a tabulação destes dados para elaborar estratégias voltadas a inclusão social, nas mais variadas formas. 
    Para Jenevil Juin, de 29 anos, que é um dos Haitianos que moram no Brasil, sem os cadastros e os trabalhos sociais, dificulta o acesso em vários benefícios e até trabalho. “É difícil conseguir uma ocupação no meu país. A pessoa estuda, mas não consegue entrar no mercado de trabalho, lá também não temos serviço social, por causa da dificuldade, nos saímos de lá, aqui é melhor, com esse trabalho feito aqui, conseguimos trabalhar e estudar”, conta o jovem haitiano. Ele pretende se inscrever no Minha Casa, Minha Vida, mas usará a inscrição para usufruir de benefícios como isenção na inscrição de concursos públicos. 
    Uma das pessoas responsáveis pela reunião no município, foi Andrey da Rosa, professor de Educação Física e Coordenador no SESC, define a importância dessa ação de inclusão junto aos Haitianos. “É de extrema importância esse projeto, porque estamos ajudando essas pessoas e consequentemente os problemas sociais que teríamos futuramente, se não ajudamos a acessar os benefícios, eles teriam alguns problemas” frisa Andrey.

  • Comentários
  • Previsão do Tempo - Epagri/Ciram

  • 18-09-2018
  • Quarta-feira (19/09): Tempo: sol com aumento de nuvens no decorrer do dia, em SC. Entre o fim da tarde e noite céu encoberto com pancadas rápidas e isoladas de chuva, típicas de primavera, no Oeste, Meio Oeste e Planalto Norte. Temperatura: em rápida elevação. Vento: nordeste e noroeste, passando a sudeste à noite, fraco a moderado com rajadas. Sistema: alta pressão no Sul do Brasil.Convecção devido ao calor a partir da tarde, no Oeste e Meio Oeste de SC.

    Quinta-feira (20/09): Tempo: céu encoberto em todas as regiões de SC. No decorrer do dia ocorre chuva isolada em todo o Estado, especialmente em áreas próximas ao Paraná. Temperatura: amena, com pouca variação devido à cobertura de nuvens.
    Vento: variável, de nordeste a sudeste, fraco a moderado.

    Sexta-feira (21/09): Tempo: sol com pancadas isoladas de chuva entre a tarde e noite, no Oeste e Meio Oeste. Do Planalto ao Litoral mais nebulosidade no início do dia, com presença de sol no restante do período. Temperatura: em elevação. Vento: nordeste do Oeste ao litoral Sul e de sudeste a leste na Grande Florianópolis e litoral norte, fraco a moderado.

    Sábado (22/09): a primavera no Hemisfério Sul começa às 22h54min começa! Tempo: sol e calor em SC. Mais nuvens a partir da tarde no Planalto Norte e com pancadas isoladas de chuva, típicas de primavera, no Oeste e Meio Oeste. Temperatura: alta. Vento: nordeste, fraco a moderado com rajadas no Litoral Sul.

    TENDÊNCIA de 23 de setembro à 02 de outubro de 2018

    Nos dias 23, 24 e 25/09 e de 29/09 a 02/10 mais nebulosidade e chuva isolada em SC, devido à passagem de frentes frias pelo Sul do Brasil. De No restante do período, tempo estável com presença de sol e temperatura mais elevada à tarde.

    Marilene de Lima – Meteorologista (Epagri/Ciram)

  • Comentários
  • Centenário do Centro Cívico Cruz e Souza será reverenciado nesta quarta na Câmara

  • 18-09-2018
  • Mais antigo clube social de Lages em atividade, o Centro Cívico Cruz e Souza completa cem anos de fundação neste ano de 2018. Como forma de celebrar a data, o Poder Legislativo Lageano promove uma sessão solene em homenagem nesta quarta-feira (19).

    Proposta em conjunto pelos Moisés Savian (PT) e David Moro (MDB) e aprovada por unanimidade, através do projeto de decreto legislativo 008/2018, a solenidade tem início a partir das 19h, no Plenário Nereu Ramos, sede da Câmara de Vereadores de Lages.

    Arte: Aline Coldebella Sommavilla (Câmara de Lages)

  • Comentários
  • Trabalho de educação ambiental feito pela PMSC torna-se referência para argentinos

  • 18-09-2018
  • O comandante da Polícia Militar Ambiental em Lages, major Adair Alexandre Pimentel, esteve em Oberá, província de Misiones, na Argentina, durante a Festa do Imigrante na última semana. A Polícia Militar de Santa Catarina foi uma das instituições representantes do Brasil no evento com a participação voluntária de policiais do Grupamento de Polícia de Choque e do Comando de Policiamento Militar Ambiental. 

    Por lá houve uma troca de experiências com a polícia local. O trabalho ambiental realizado aqui no estado, especialmente as atividades de educação, tornou-se referência para a criação de uma organização com a mesma função dentro da polícia argentina. A PMA levou alguns exemplares das cartilhas da série Nosso Ambiente para distribuição. “Fomos muito bem recebidos, tivemos atenção e sentimos grande admiração pelo nosso trabalho”, destaca Pimentel. 

    No espaço montado no Parque das Nações, as famílias de Oberá também conheceram um pouco das atividades da PMSC, alguns equipamentos e a doutrina de polícia.  O ato de prestar continência, que é feito de um militar para outro, para o cidadão ou símbolos da pátria, foi algo que chamou a atenção das crianças. “Os garotos ficaram felizes quando prestamos continência a eles. Outros usaram o quepe da polícia de Misiones. Foi muito bonito ver que a comunidade de bem quer estar perto da polícia”. 

    Além do major Pimentel, estiveram na missão o soldado Jorge Augusto Menegazzo Vieira, o sargento Davi Fernandes Fraga e os soldados Paulo Roberto Schneider de Oliveira e Kristoffer Luiz de Almeida, do Choque.

    Catarinas Comunicação

  • Comentários
  • Dificuldades na economia não esmorecem organizadores da Expolages 2018

  • 18-09-2018
  • A organização geral da Expolages deste ano, irá ter que fazer alguns malabarismos diante da crise, para não diminuir a qualidade do evento, previsto para acontecer entre os dias 9 e 14 de outubro de 2018, no Parque de Exposições Conta Dinheiro, em Lages. De parte da Associação Rural, o foco recai à recepção dos animais, que este ano deverá ser bem maior em termos de quantidade, em relação há 2017. Para se ter ideia, a Feira da Novilha e Gado Geral, e que se constitui no principal leilão do evento, terá mais de 800 animais, o dobro do ano passado. No geral, cerca de 1,5 animais, entre bovinos, equinos e ovinos, deverão compor o cenário do agronegócio durante a Expolages, com a garantia de financiamentos através de quatro agências: Sicredi, Sicoob, Banco do Brasil, e Santander.

    Além do inédito leilão dos cavalos da raça Manga Larga, outra novidade da Exposição este ano, vem da ovinocultura. Pela primeira vez irá ser realizada através de leilão, a comercialização de borregos rústicos, porém, de cruzamentos bem definidos, ou seja, padronizados a partir de determinada raça. Os quais serão avaliados em trios através de julgamentos. Nasce, dessa maneira, uma nova categoria que irá permitir maior participação de criadores, e, por outro lado, ampliando também o número de animais em exposição. No tocante aos equinos, irão também acontecer os tradicionais leilões das raças Crioula e Quarto de Milha.

    Para o presidente da Associação Rural Márcio Pamplona, apesar dos percalços econômicos, é boa a expectativa da realização da Feira. Os valores médios dos animais, embora represados, não devem significar prejuízo. Os negócios estão em forte movimentação. Nos últimos três leilões particulares realizados recentemente no Parque Conta Dinheiro, o movimento financeiro foi em torno de R$ 2 milhões, e isso, demonstra que há crença em bons negócios também durante a Expolages. “É isso que nós organizadores esperamos de um evento voltado para os negócios, o que não impede a recepção de muitos visitantes”, ressalta Pamplona.

    O evento torna-se atrativo, com pessoas circulando pelo Parque, seja pela curiosidade em ver o que Lages proporciona em sua economia, seja para comprar e vender. A cada ano a feira vem mostrando diferenciais que agregam valor, alta genética animal, e tecnologia. As exposições internas vão envolver inúmeras empresas comerciais e entidades. Já na parte externa, a força do setor do comércio e indústria, se mistura aos animais, avolumando as possibilidades de bons negócios em todas as frentes. “E, desde já convidamos a todos para que prestigiem o nosso esforço em propiciar mais um evento voltado para o engrandecimento da cidade”, conclui o dirigente da Associação Rural de Lages.

  • Comentários
  • Radar educativo monitora velocidade em 24 trechos na Semana Nacional do Trânsito

  • 18-09-2018
  • Para orientar, conscientizar e manter os condutores de veículos em alerta sobre o excesso de velocidade em avenidas de Lages, e suas consequências, como multas, descuidos, acidentes com feridos e óbitos devido à infração, a Diretoria de Trânsito (Diretran) selecionou 24 locais no perímetro urbano onde haverá o serviço do radar portátil educativo de fiscalização ao longo da Semana Nacional do Trânsito, de 18 a 25 de setembro, cujo lema é Nós Somos o Trânsito. A exceção será no final de semana - 22 e 23 de setembro.

    Por enquanto, o uso do radar portátil será de cunho educativo, posteriormente, a partir de data a ser divulgada, haverá a fiscalização propriamente dita. Aos motoristas são aconselhadas atenção e obediência aos limites estipulados nas placas de sinalização, conforme normas do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), como diária e habitualmente deve ser quanto à conduta das pessoas à frente do volante, responsáveis pela própria segurança e a dos passageiros e pedestres.

  • Comentários
  • Exposições no hall da Fundação Cultural de Lages exploram a Serra

  • 18-09-2018
  • Antônio Romeu Goulart, 45 anos, é uma daquelas pessoas que são notadas pela sua simplicidade e conversa calma. Mesmo com estes adjetivos, a exposição que ele traz para o hall da Fundação Cultural de Lages (FCL) - que iniciou na última semana e se estende até 28 de setembro - é um manifesto do poder que a natureza serrana tem em representar uma identidade cultural vasta e bonita. “Fauna Serrana em Madeira” é a primeira exposição da vida de Antônio. A estreia foi tão rápida que ao chegar na FCL para montá-la não havia um nome para a mostra. O título foi criado quando Antônio dava a entrevista junto da sua esposa, Angelita, que também auxilia na arte final das obras.

    O artista conta que toda ao material usado na produção dos seus trabalhos é madeira morta. “Uso pinus, MDF, restos de marcenaria, raízes soltas, madeira de árvores mortas. Tudo que posso utilizar que a natureza já nos forneceu um dia é matéria-prima para as minhas obras. A gente tem esta preocupação ecológica também”, conta.

    Antônio aprendeu a esculpir sozinho. Quando criança esculpiu uma caveira em madeira, que acabou virando um abajur. “Desde então passei a esculpir coisas que via no sítio, principalmente. Eu vejo uma raiz e dela faço uma serpente. Acredito que a natureza não nos dá somente a beleza e a proteção, aprendemos muito com ela. A exposição pode ser importante na educação, quem prestigiar também vai conhecer um pouco do que tem na nossa região”, acredita.

    Os trabalhos de Antônio não são somente esculturas, a exposição também apresenta uma série de quadros em pirografia que são finalizados pelo seu filho David. Aliás, o trabalho em família é uma das bases da produção de Antônio. “Tenho as ideias, compartilho com eles, esculpo e talho, e a Angelita e o David finalizam com as pinturas e a pirografia”, conta. As obras também estão à venda e podem ser adquiridas através do número 99812-2185.

  • Comentários