Sebrae abre inscrições para o novo ciclo do Programa Brasil Mais

Por Luiz Del Moura

Na sexta-feira (18), a equipe que faz parte do grupo de Agentes Locais de Inovação (ALI) da Serra Catarinense, participou de uma reunião na sede do Sebrae, em Lages, para avaliar o trabalho e fazer o compartilhamento dos resultados conclusivos das etapas anteriores. Além disso, prospectar as inscrições para o ciclo cinco do Programa Brasil Mais. O trabalho dos Agentes envolve também as visitações nas empresas participantes, ou através de indicações, e que poderão dar continuidade em uma fase avançada do atendimento, com subsídios de até 70%.

O Brasil Mais é o maior programa para aumento da produtividade das empresas brasileiras, e que está entrando agora no ciclo de atendimento cinco. As adesões já estão sendo feitas e as vagas são limitadas. O Programa busca desenvolver capacidades gerenciais com as melhores práticas mundiais de gestão, para transformar o seu negócio, seja ele qual for. E o melhor de tudo, totalmente gratuito. Portanto, conforme o consultor sênior Elisandro Vieira, se você tem uma Microempresa (ME) ou Empresa de Pequeno Porte (EPP), pode fazer parte desta próxima etapa.

Um dos exemplos práticos que o programa Brasil Mais dá certo, pode ser visto numa das empresas participantes, a Camaro Imobiliária, que teve grande destaque no protótipo “Teste Drive do Imóvel”, a partir do acompanhamento da agente Ana Paula. Nele, a aplicação de um caminho a ser trilhado pela empresa, onde um empreendedor acaba tendo em meio a tantos desafios do mercado, através da inovação, com ideias, e novos caminhos.

 Para a empresária Vinéia Köche, o programa foi fundamental, e mostrou que existem passos a serem seguidos, sem que se perca a linha deles. Conforme disse, é importante estar sempre estudando e se conectando com pessoas, inclusive, com outros participantes do projeto que lhe ajudaram a abrir a mente, lhe dando oportunidade de avançar no negócio. “E vamos sim dar continuidade através desse espaço que o Sebrae nos sede, e mostrar que é possível criar um protótipo, colocar em prática, e ver que dá certo”, salientou Vinéia.

Assessoria de Imprensa Sebrae Serra

Leia também

Deixe um comentário

oito + treze =