Legado de autor lageano é reverenciado em escolas públicas da cidade

Por Luiz Del Moura

Guido Wilmar Sassi foi um importante nome da literatura brasileira. Nascido em Lages, em setembro de 1922, conquistou espaço, admiração e respeito entre estudiosos, escritores e leitores com obras regionalistas que lhe renderam diversos prêmios. No centenário do seu nascimento, em 2022, recebeu homenagens e foi tema de eventos em grupos de pesquisadores, associações culturais e universidades.

Agora, é a vez de escolas públicas da sua terra natal prestarem a devida reverência ao autor que imprimiu o nome de Lages em livros que foram traduzidos para vários idiomas e caíram no gosto dos mais exigentes consumidores em todo o mundo.

Contemplado na Lei Paulo Gustavo, o espetáculo “Da beira ao centro” é uma realização da MC Produções Artísticas com apresentação da Matakiterani Associação Cultural e Grilo Brincante. A proposta é instigar o público, no caso os alunos de quatro escolas públicas de Lages, a pensar a literatura regional, os aspectos culturais voltados ao caboclo, a exploração da madeira a partir da década de 1950, as disparidades sociais geradas por esta atividade e a reflexão sobre questões históricas e econômicas da Serra Catarinense.

A performance trabalha a técnica do boneco híbrido, que narra momentos da literatura de Guido Sassi. A estética do trabalho é voltada ao teatro de animação, com bonecos de diferentes formas de manipulação, todos construídos com serragem, elemento excedente da exploração da madeira, fazendo disso um discurso estético-político de reflexão.

O protagonista é o boneco Amigo Velho, título do primeiro conto do autor lageano, publicado em 1949 e cujo personagem principal é um pinheiro. A partir da interação com a plateia, Amigo Velho vai criar e mostrar três microuniversos da obra de Guido Sassi. Após a apresentação, ocorrerá um bate-papo sobre a obra, o autor e as técnicas multilinguagem utilizadas no espetáculo.

CONTRIBUIÇÃO EDUCACIONAL

Cada escola contemplada com o projeto receberá dois exemplares do autor, reforçando o aproveitamento educacional do espetáculo, uma vez que houve um diálogo prévio com os professores de História e Geografia, que poderão trabalhar os conteúdos da encenação teatral junto com os alunos.

“O espetáculo está orientado para pensar a questão de um guia de leitura a partir da performance teatral. Em 2022, seria o centenário do autor Guido Wilmar Sassi, um dos principais autores regionalistas de Lages e da Serra. Essa data acaba passando em branco, então, um autor tão importante para a nossa região é desconhecido. Um dos objetivos com esse diálogo junto dos professores é fazer que a obra chegue nesses espaços públicos e seja conhecida na cidade e na região”, destaca o produtor de “Da beira ao centro”, Adilson Oliveira.

AGENDA

QUA 03 ABR
20h
Escola Municipal de Educação Básica Pedro Candido
Bairro Boqueirão

QUI 04 ABR
14h
Caic Nossa Senhora dos Prazeres
Bairro Santa Catarina

SEX 05 ABR
8h30min
Escola de Educação Básica Frei Nicodemos
Bairro Petrópolis

Texto Taina Borges – Foto: Vitória Fernandes

Leia também

Deixe um comentário

2 × 2 =