ORION PARQUE TECNOLÓGICO VENCE MAIOR PRÊMIO DE EMPREENDEDORISMO UNIVERSITÁRIO DO BRASIL

CIDADES DIGITAIS: ORION PARQUE É RECONHECIDO NACIONALMENTE

Por Claudio Santos

Instituto Orion e REUNI Challenge venceram duas categorias do Prêmio Vortex 2022, maior prêmio de empreendedorismo Universitário do Brasil. A premiação foi concedida para as categorias Articulador do Ecossistema para Universidade e Ecossistema para Universidades

A Vortex, rede nacional de ligas de empreendedorismo, anunciou no dia 5 de novembro, em São Paulo, os vencedores do Prêmio Vortex 2022. O Orion Parque Tecnológico trouxe para casa o título de vencedor nas categorias Articulador do Ecossistema para Universidade, concedido ao Instituto Órion e Ecossistema para Universidades conferido ao REUNI Challenge. O evento, definiu em outubro de 2022, a Unoesc de Criciúma, localizada no Sul do Estado, como a universidade mais empreendedora de Santa Catarina.

Primeiro Parque Tecnológico da Serra Catarinense, Orion está localizado em Lages, e possui o primeiro Centro de Inovação da rede de Santa Catarina. Esta é a primeira vez que a entidade é indicada ao prêmio. “Essa conquista dupla nos dá orgulho. É um reconhecimento do trabalho que viemos fazendo para fomentar a inovação e o empreendedorismo não só na Serra Catarinense, mas com o foco de ser referência no assunto de forma estadual e agora nacional”, comemora o diretor-executivo do Orion Parque, Claiton Camargo.

A Serra Catarinense conta com 2,7% do total de empresas e 3,1% do faturamento do setor de tecnologia. Segundo dados do Observatório ACATE, isso representa 333 empresas, que geram mais de 3 mil empregos e um faturamento anual estimado em R$ 500 milhões. Sede do primeiro Centro de Inovação inaugurado pelo governo do estado, a cidade de Lages concentra diversas empresas de tecnologia na Serra Catarinense e o trabalho de entidades como o premiado Instituto Orion.

O Instituto tem como diferencial o planejamento estratégico regional, focado na interação, a cooperação e a sinergia entre universidades, empresas, organizações governamentais e não governamentais, agências de fomento nacionais e internacionais, de forma a estimular a inovação, o desenvolvimento tecnológico, econômico, sustentável e a melhor qualidade de vida para a sociedade em geral. Além disso, também organiza demandas, agendas e todo o funcionamento da estrutura que apoia empresas, entidades e serviços disponibilizados pelo Orion Parque Tecnológico.

Premiado na categoria Ecossistema para Universidades, o REUNI Challenge, foi criado em 2016 para fornecer suporte ao empreendedorismo universitário. Em 2022, foram três dias de muito conhecimento, empreendedorismo e network. Aproximadamente 500 pessoas participaram do Reuni entre competidores, organizadores e apoiadores. Mais de 375 estudantes de 35 universidades do estado formaram 40 equipes para disputarem o título de Universidade mais Empreendedora de Santa Catarina.

Quem levou o título foi a equipe Filhos de Hermes da Unesc de Criciúma, no Sul do estado. Os universitários receberam a premiação de R$10mil. O valor vai viabilizar colocar em prática a ideia de desenvolver uma plataforma para resolver problemas de fila de espera de cirurgias eletivas do SUS. “A conquista do prêmio Vortex nos dá a certeza de que estamos no caminho certo. Ainda temos muito trabalho pela frente para impactar a vida de muitos universitários”, comemora o organizador do REUNI Challenge, Salomão Eineck Júnior.

Criada em 2020, a Vortex é uma rede de ligas de empreendedorismo brasileira que tem como objetivo fomentar o ecossistema e o empreendedorismo Universitário. Atualmente, reúne cerca de mil jovens de instituições públicas e privadas em 18 estados e mais de 70 cidades brasileiras.

O Prêmio Vortex 2022 também premiou atuantes do ecossistema empreendedor universitário nas seguintes categorias: Ligas de Empreendedorismo, Projetos de Ligas de Empreendedorismo, Startups Universitárias, Startups fundadas a partir de membros de ligas ou projetos de ligas, Empreendedores, Empreendedores de Ligas de Empreendedorismo, Professores, Reitores, Academia, Universidades, Projetos da Academia, Trabalhos de Conclusão Acadêmicos, Atores do Ecossistema Empreendedor Universitário (Venture Capitals, Aceleradoras, Hubs de Inovação e ONGs).

Por Catarinas Comunicação || Texto Lizzi Borges com informações Natasha Monteiro Fotos: Divulgação

Leia também

Deixe um comentário

9 − um =