Cavalgada do Pinhão fortalece tradição da Serra Catarinense

Por Claudio Santos

No domingo (4) foram percorridos 20 km em quatro horas e meia de cavalgada. Antes da partida foi servido um café da manhã e na chegada um almoço campeiro. Cerca de 300 pessoas participaram do evento. A programação da 33ª Festa Nacional do Pinhão segue até 11 de junho, no Parque de Exposições Conta Dinheiro.

A cultura serrana ainda respira a rotina tropeira. Com intuito de manter viva a memória dos condutores de tropas de animais, grupos da região da Amures e de outras partes do Estado se reuniram para cruzar os campos de Lages na 7° edição da Cavalgada do Pinhão.

O deputado Lucas Neves (Podemos), forte defensora do tradicionalismo, esteve presente e levou a bandeira de Santa Catarina. “Na semana passada participei em São Joaquim e hoje aqui. Valorizo demais as Cavalgadas, pois além de resgatar a nossa cultura e fortalecer os nossos laços com a nossa tradição, o evento traz turistas para conhecer as nossas belezas, a nossa gastronomia e confirmar a nossa fama de povo hospitaleiro”, disse.

A organizadora do evento também ressaltou o valor da Cavalgada. “Sabemos que Lages é polo do Tropeirismo e é fundamental mantermos essa tradição, não deixar a história de nossos antepassados ser esquecida. Esse é o nosso objetivo”, falou Bia Melo.

Bia Melo e o deputado Lucas Neves

Leia também

Deixe um comentário

6 + 16 =