Igreja Presbiteriana e Pracinha da Cultura (Praça do CEU) com recital de cantos e piano e teatro infantil

Por Luiz Del Moura

Tendo como palco a Igreja Presbiteriana de Lages, no próximo domingo (23), às 20h30, o Recital de Canto e Piano “Os Quatro Cantos de Santa Catarina” será apresentado pelo Barítono Douglas Hahn e o Pianista Alexandre Dietrich, artistas atuantes no cenário catarinense, brasileiro e internacional.

No repertório interpretado pelo Duo de canto e piano, estão presentes peças nos idiomas: português, alemão, italiano e indígena, compondo assim as quatro principais etnias colonizadoras predominantes no estado de Santa Catarina: Etnias portuguesa, alemã, italiana e indígena.

Veja o programa da apresentação:

Canções em Português

Azulão (Jaime Ovalle)

Uirapuru (Waldemar Henrique)

Eu não existo sem você (Tom Jobim e Vinicius de Moraes)

Fascinação (Carlos Galhardo)

Vento Negro (José Fogaça)

Canções em Alemão

Ständchen (Franz Schubert)

Widmung (Robert Schumann)

Ichgrollenicht ((Robert Schumann)

An die Musik (Franz Schubert)

Edelweiss (Richard Rodgers)

Canções em idioma Indígena*

Ualalocê (H. Villa Lobos)

Teiru(H. Villa Lobos)

CanideIoune-Sabath (H. Villa Lobos)

*O compositor Heitor Villa-Lobos fez transcrição para piano e canto da melodia original indígena.

Canções em Italiano

Ideale (F. Paolo Tosti)

L’alba separa dallalucel’ombra (F. Paolo Tosti)

L’ultimaCanzone (Tosti)

VorreiMorire (F. Paolo Tosti)

Marecchiare (F. Paolo Tosti)

O projeto “Os Quatro Cantos de Santa Catarina” foi viabilizado pela Lei de Incentivo à Cultura do Estado de Santa Catarina com o patrocínio da Tigre e ICRH.

Pracinha da Cultura em Lages recebe Palhaça Barrica com o espetáculo “Poráguabaixo”

No dia 24 de outubro, segunda-feira, às 14h30 o Cine Teatro da Pracinha da Cultura (Praça do CEU) será palco do espetáculo “Poráguabaixo”, com a Palhaça Barrica. A peça faz parte do Programa de Integração e Descentralização da Cultura do Governo do Estado de Santa Catarina e Fundação Catarinense de Cultura.

A Palhaça Barrica tem um sonho: ir à praia! E essa missão é motivo para uma série de “atrapalhações”. Num lugar de proximidade com o público, a palhaça lança mão de sua graça e sensibilidade para realizar seu objetivo vencendo limites e padrões impostos a ela, e alcançando o prazer e a alegria em momentos de brincadeiras consigo mesma e com a plateia.

A classificação é a partir de 8 anos de idade com ingresso gratuito e contará com interpretação em Libras.

A Pracinha da Cultura (Praça do CEU) fica entre o SENAI Lages e o Ginásio Jones Minosso.

Texto: Fabrício Furtado

Fotos: imagem divulgação “Os Quatro Cantos de Santa Catarina – Recital de Canto e Piano” e Renato Teixeira.

Leia também

Deixe um comentário

treze + 19 =