Casas populares para a Serra Catarinense

Por Claudio Santos

Dezessete municípios da macroregião estão sendo contemplados pelo SC Mais Moradia. O programa foi lançado pelo governador Carlos Moisés nesta terça-feira, em Florianópolis, para reduzir o déficit habitacional nos 61 municípios catarinenses com IDH abaixo da média.

O assessor do governo na Serra Catarinense, Lucas Neves, participou do evento, juntamente com os prefeitos contemplados.

São Joaquim, Painel, Urupema, Urubici, Capão Alto, Campo Belo do Sul, Cerro Negro, Anita Garibaldi, Bocaina do Sul, Palmeira, Ponte Alta, São José do Cerrito, Bom Retiro, Bom Jardim da Serra, Rio Rufino, Abdon Batista e Vargem receberão R$ 1 milhão cada para construir 15 casas populares para famílias de baixa renda.

“Santa Catarina não realizava um programa habitacional há onze anos. Nosso Governo é municipalista, e olha para as reais necessidades da sociedade”, disse o governador Moisés.

O assessor do governo na Serra Catarinense, Lucas Neves, participou da articulação que resultou no aumento do número de municípios contemplados, e ajudou os prefeitos a identificarem as áreas que receberão as moradias. “Esse programa mudará a vida de muitas famílias. Uma moradia digna melhora a autoestima e inspira a sonhar”, diz Lucas Neves.

Leia também

Deixe um comentário

3 × 3 =