Com ação do Governo do Estado, Hospital de Otacílio Costa realiza cirurgias gerais do aparelho digestivo

Por Luiz Del Moura

O compromisso do Governo de Santa Catarina em melhorar o acesso à saúde é constante. Após articulação da Secretaria de Estado da Saúde (SES) com os municípios da Serra catarinense, foi possível diminuir as filas de cirurgias eletivas gerais do aparelho digestivo. O Hospital Santa Clara, em Otacílio Costa, foi uma das instituições que iniciaram a realização das cirurgias eletivas. A ação teve a parceria do Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, de Lages, que disponibilizou profissionais para realizar os procedimentos.

O Hospital Santa Clara realizou 267 cirurgias gerais do aparelho digestivo para retirar a vesícula biliar (colecistectomia) e para o tratamento da hérnia na parede abdominal (hernioplastia), esta minimamente invasiva que visa preservar a anatomia do paciente com o mínimo de agressão ao organismo. Os pacientes aguardavam há mais de um ano na fila de espera.

“Diminuir a fila de espera das cirurgias é de extrema importância para os pacientes, pois significa redução do sofrimento. Queremos continuar com uma gestão eficiente e ampliar o número de procedimentos realizados para que os nossos pacientes não precisem se deslocar para outras cidades fora da nossa região”, afirma Célio Erthal, interventor do Hospital Santa Clara.

Além disso, desde julho de 2023, após convênio com a SES para realização de vasectomias, foram feitas 263 cirurgias em pacientes de diversas regiões do Estado. A vasectomia é um procedimento cirúrgico que impede o homem de ter filhos, interrompendo a circulação dos espermatozóides produzidos pelos testículos e conduzidos para os canais que desembocam na uretra, impedindo a gravidez. O procedimento leva de 15 a 20 minutos e não há necessidade de internação hospitalar.

Josiane Ribeiro – Assessoria de Comunicação Secretaria de Estado da Saúde

Leia também

Deixe um comentário

oito + nove =