Câmara aprova projeto que institui julho como mês nacional de combate ao câncer de cabeça e pescoço

Por Luiz Del Moura

A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que institui julho como Mês Nacional de Combate ao Câncer de Cabeça e Pescoço. Na semana passada o plenário já havia aprovado requerimento de urgência da deputada Carmen Zanotto (Cidadania/SC) para a votação da proposta (PL 400/2019).  A matéria será enviada à sanção presidencial.

O Dia Mundial de Prevenção ao Câncer de Cabeça e Pescoço é celebrado no dia 27 de julho em campanha desenvolvida pela Associação Brasileira de Câncer de Cabeça e Pescoço (ACBG)

“A ampliação da campanha para todo o mês de julho é uma grande conquista porque vamos ter mais tempo para alertar e conscientizar a população sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce”, destaca a deputada Carmen.  “Infelizmente, o diagnóstico ainda continua tardio, quando as chances de cura são menores”, lembra a parlamentar.

Atualmente, o Instituto Nacional do Câncer (Inca) registra cerca de 40 mil novos casos da doença a cada ano.

“A ACBG Brasil, está muito feliz com a aprovação do projeto, pois, acreditamos que com a inclusão da campanha no calendário nacional, o Governo, como também as Secretarias  de Saúde, bem como os setores da iniciativa privada, e sociedades civis organizadas e organizações não governamentais legalmente constituídas poderão realizar ações, com objetivo de informar e conscientizar a sociedade, bem como, contribuir, para que os pacientes tenham acesso a um tratamento integral e de qualidade, sendo reabilitados, incluídos e tendo plena noção dos seus direitos básicos”, enfatiza a presidente da ACBG, Melissa Amaral Ribeiro de Medeiros.

Gabinete Carmen Zanotto

Silviane Mannrich

Leia também

Deixe um comentário

onze + três =