Carmen Zanotto destaca aprovação de debates sobre o enfrentamento do câncer de mama

As audiências fazem parte das ações do Outubro Rosa que serão promovidas pelo Congresso Nacional

Por Luiz Del Moura

A deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC) destacou nesta quinta-feira (23) a aprovação pela da Comissão em Defesa dos Direitos da Mulher de requerimentos para realização de audiências públicas para discutir ações que visem à melhoria de atendimento no sistema público de saúde dos pacientes e o combate ao câncer de mama. A parlamentar  é coautora de todas as proposições.

Os debates farão parte do conjunto de atividades que serão realizadas pelo Congresso Nacional durante o Outubro Rosa, que tem como objetivo compartilhar informações e promover a conscientização sobre a doença e a importância do diagnóstico precoce.

De acordo com a parlamentar, o isolamento imposto pela pandemia de Covid-19 agravou a notificação dos casos de câncer de mama e consequentemente o atendimento. A doença é a primeira causa de morte por câncer em mulheres em todas as regiões do Brasil.

“Neste período em que o SUS teve que se dedicar ao atendimento dos pacientes de Covid-19, houve uma redução expressiva no número de mamografias de rastreamento, de biópsias e de procedimentos cirúrgicos. É preciso fazer um esforço para retomar o atendimento”, afirmou.

Lei dos 60 Dias

Carmen Zanotto é autora de duas leis importantes que beneficiam os pacientes na rede pública de saúde: Lei 12.732/2012  garante aos pacientes com neoplasia maligna início ao tratamento em até 60 dias. A outra (13.896/2019) determina que o SUS ofereça, em 30 dias, os exames que confirmem diagnóstico da doença.

Foto: Gustavo Sales/ Câmara do Deputados

Leia também

Deixe um comentário

três × dois =